Confirmado: Os T-72 do MV Faina íam mesmo para os rebeldes do sul do Sudão

Cargueiro MV Faina (http://i.telegraph.co.uk)

Cargueiro MV Faina (http://i.telegraph.co.uk)

Talvez ainda se recordem daquela estranha mas verídica história de um bando de piratas somalis que atacou e capturou o cargueiro ucraniano MV Faina com a sua preciosa carga de tanques 32 MBTs T-72 além de outro armamento. Na altura (2008) não se sabia bem a quem se destinaria esta impressionante lista de armamento. Mas agora, graças ao… Wikileaks. Segundo um telegrama diplomático norte-americano, este armamento de origem ucraniana teria como destino os rebeldes do sul do Sudão e seria apenas a última de várias entregas de material patrocinadas pela Administração Bush: quando o cargueiro foi sequestrado já haviam sido entregues 67 tanques T-72 aos rebeldes do sul do Sudão.

A compra deste armamento não foi realizada diretamente sob instruções dos EUA, mas este documento da Wikileaks revela que estavam a par de tudo e que tinham vendido também equipamento de comunicações, “armas não letais” e treinamento às forças do sul.

Os documentos revelam também que com a chegada de Obama a atitude “tolerância ativa” quanto a esta transacção mudou e o Quénia (que armazenava os tanques entretanto recuperados) foi ameaçado com sanções para não entregar os tanques aos sudaneses.

Fonte:
http://defensetech.org/2010/12/09/t-72s-were-indeed-being-sent-to-sudan-rebel-army/

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Confirmado: Os T-72 do MV Faina íam mesmo para os rebeldes do sul do Sudão

  1. Muito interessante bem isso realmente me surpreendeu, o que mais me surpreende é não ver nada disso nas redes de TV aberta.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: