Portugal: “Cerca de metade dos homens e um terço das mulheres portuguesas com idades entre os 25 e os 34 anos vive em casa dos pais”

“Cerca de metade dos homens e um terço das mulheres portuguesas com idades entre os 25 e os 34 anos vive em casa dos pais” (…) Em ambos os casos este é um recorde nacional entre os Estados membros da União Europeia”
Diário de Notícias
9 de outubro de 2010

E porque será assim, senhores? Haverá relação com o facto de Portugal ser também o campeão europeu da precariedade laboral entre os jovens? E como se espera que os jovens consigam sair de casa dos pais com os ordenados de 600 e 700 euros que se paga hoje a um jovem licenciado? Sejamos claros: a vida de um jovem em Portugal apenas é possível porque os seus pais o permitem, quer comparticipando nas despesas (naqueles que se atrevem a deixar o lar paternal) quer porque vivem ainda na casa dos seus progenitores. Mas existe cada vez mais desemprego de longa duração na população portuguesa com mais de 45 anos, por culpa de empregadores obtusos e de uma sociedade em que o setor primário e secundário foram destruídos em favor de uma tercialização traçada consoante os desejos da “Europa”. Dentro de algum tempo, nem os pais nem os filhos terão condições para viver condignamente e a almofada familiar que tem absorvido tanto deste desemprego e precariedade juvenil vai desaparecer e então estaremos perante um cataclismo social de proporções difíceis de imaginar.

Categories: Política Nacional, Portugal | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “Portugal: “Cerca de metade dos homens e um terço das mulheres portuguesas com idades entre os 25 e os 34 anos vive em casa dos pais”

  1. Lusitan

    Se eu soubesse o que sei hoje, era mais um a engordar as estatísticas. estava bem melhor a viver em casa dos meus pais! 😀

  2. HSMW

    E por isso mesmo é que por cá me mantenho! 🙂

  3. a questão é…
    ainda dá para fazer isto por uma geração.
    mas e como será com a geração seguinte?
    em que casa vai viver?… 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: