Aproximação entre Portugal e o Brasil em Alexandre Herculano

Alexandre Herculano (http://www.alcacova.com)
Alexandre Herculano (http://www.alcacova.com)

“O nosso povo não conhece isto inteiramente (as vantagens da aproximação entre Portugal e o Brasil); ainda não percebe até que ponto a fraternidade com os seus irmãos de além-mar lhe pode ser vantajosa. Afiguram muitas pessoas o Brasil como um país ainda inculto e bárbaro; crêem que a civilização, as artes e os cómodos da vida são apanágio só dos europeus. Erro miserável que cumpre derrubar pelo pé.”
Alexandre Herculano
citado em Revista Nova Águia
Número 6

Alexandre Herculano tem aqui uma das suas muitas frases sobre a relação especial entre Portugal e o Brasil. Herculano escrevia estas linhas na primeira metade do século XIX mas estas nem por isso perderam atualidade.

Então, como hoje, muito teriam Portugal e o Brasil a ganharem com uma aproximação cultural, política e económica. O Brasil teria tudo a ganhar se usasse os portos portugueses como pivot de distribuição dos seus produtos na Europa, servindo-se assim da maior proximidade destes e usando as excelentes ligações viárias de Portugal ao resto da Europa. O conhecimento comum que advém do uso da mesma língua e da grande proximidade cultural e de temperamentos, permite o estabelecimento de laços económicos fiáveis e duradouros.

Este é o eixo estratégico que falta descobrir para Portugal. Levar ao termo os preconceitos mútuos entre portugueses e brasileiros que – assim se constata – eram fundamentalmente os mesmos na época de Herculano e pela via da intensificação do conhecimento mútuo

Categories: Brasil, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Nova Águia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Aproximação entre Portugal e o Brasil em Alexandre Herculano

  1. Estimado Clavis,

    O problema reside exatamente no condicionamento, digamos, cultural, que induz a que um número considerável de portugueses ainda acreditem na crença idiota de que abaixo do Equador, só existe a ignorância, a barbárie, aliado ao ressentimento ainda não superado, não assimilado das transformações históricas, ainda que antigas, que retiraram de Portugal o papel de um dos protagonistas no concerto das nações, tornando-o um coadjuvante.

    É preciso a ultrapassagem deste estado de espírito para que haja a compreensão de que Portugal e Brasil, podem ter um belo futuro se caminharem para uma convergência de interesses, de objetivos.

    • Otus scops

      Xico Lopes

      essa conversa de que “um número considerável de portugueses” são crentes idiotas e que sofrem de complexos não superados e que os brasileiros não tem ignorantes e bárbaros, como o Rio de Janeiro tem mostrado ao mundo os últimos dias (lastimavelmente) é uma ideia em si preconceituosa e carregada de ressentimento do famoso complexo de colonizado que “um certo número” de brasileiros ainda transportam. (não conheço o suficiente do povo brasileiro para ousar dizer se são em número considerável)

      quanto a “… que Portugal e Brasil, podem ter um belo futuro se caminharem para uma convergência de interesses, de objetivos.” totalmente de acordo! venham de lá esses acordos-

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: