Daily Archives: 2010/11/03

Quids S21: Quem era este homem?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Anúncios
Categories: Quids S21 | 18 comentários

Emiratos e Koweit: Dois possíveis clientes do Rafale?

Dassault Rafale (http://www.aerospaceweb.org)

Dassault Rafale (http://www.aerospaceweb.org)

Com a suspensão da decisão brasileira no concurso F-X2 onde o caça Dassault Rafale é favorito, os franceses estão a aumentar os seus esforços para conseguirem a primeira encomenda externa do seu avião. Com a decisão brasileira em suspenso, a Dassault está empenhada em garantir encomendas nos Emiratos Árabes Unidos e no Kuwait que possam permitir que a linha de produção do seu caça não seja encerrada. Os Emiratos têm sido um operador tradicional de aviões franceses e poderão agora comprar até 60 Rafale. Já o Kuwait poderá ser um cliente mais difícil, uma vez que desde a Primeira Guerra do Golfo que compra apenas material dos EUA… De qualquer modo, compraria também menos aparelhos, menos de 20, possivelmente. Recentemente, no Kuwait, aviões Rafale passaram uma bateria de testes, mas a compra (no valor de 4 biliões de euros) está longe de ser garantida, havendo a ferrenha competição do Gripen e do F/A-18. Os mesmos concorrentes desafiam o Rafale nos Emiratos…

Se estes dois clientes não se materializarem (como sucedeu no passado com Marrocos e Singapura) o Estado francês poderá ser obrigado a comprar mais aparelhos se quiser manter a linha de produção aberta… repetindo aliás algo que já decidiu recentemente ao comprar mais 11 aparelhos apenas para esse fim e dando assim sinais claros do desespero francês quanto à – ainda – crónica incapacidade em exportar este excelente, mas dispendioso, caça.

Fonte:

http://www.spacewar.com/reports/France_desperate_for_Rafale_sales_in_gulf_999.html

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 4 comentários

A Arábia Saudita vai renovar a sua frota aérea com… aviões F-15

F-15 Strike Eagle (http://cavok.com.br)

F-15 Strike Eagle (http://cavok.com.br)

A ameaça do rearmamento iraniano está a espalhar nervosismo entre todos os Estados do Golfo. Entre todos, o mais nervoso é, de longe, também o mais rico: a Arábia Saudita.

E quem está a lucrar mais com este nervosismo são os EUA que em finais de outubro conseguiram realizar uma grande venda de armamento ao Reino Saudita. No total, trata-se de um pacote de mais de 60 mi milhões de dólares, e em que mais metade se refere à modernização de 150 aviões F-15S/SA e à compra de novos 84 aviões F-15SA. Estes aparelhos irão substituir os 70 F-15C/D ainda hoje em funções. E os remanescentes 70 F-15S serão atualizados para o padrão F-15SA.

Desta forma a Boeing consegue assegurar a linha de produção do Strike Eagle aberta e a bom ritmo, os EUA conseguem uma importante fonte de receitas – crucial neste momento – e a Arábia Saudita consegue uma importante atualização do seu poder de dissuasão contra qualquer aventura de Teerão.

Fonte:
http://defense-update.com/wp/20101021_f-15s.html

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 4 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade