Daily Archives: 2010/10/27

Quids S21: Onde foi tirada essa fotografia?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S21 | 41 comentários

As entregas dos NPO2000 vão finalmente começar

NPO2000

NPO2000

Segundo notícias recentes, os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) vão (finalmente) entregar o primeiro dos seis navios de patrulha oceânica (NPO) à Marinha portuguesa. O navio já deveria ter sido entregue em janeiro, mas continua em estaleiro apesar de estar pronto para ser entregue, faltando – segundo António Barbosa, da Comissão de Trabalhadores dos ENVC – apenas realizar “acertos do ponto de vista da automação, que é mais rigorosa por ser um navio militar, para trabalhar e operar em tempo de guerra. Tem requisitos que um navio comercial não terá”. Segundo parece, esses “acertos finais” estarao terminados até dezembro deste ano. Os restantes NPO estão em bom andamento, esperando-se que o segundo venha a ser entregue no primeiro trimestre de 2011.

Os cinco NPO custarão 500 milhões de euros ao Estado português devendo dois deles serem navios de combate à poluição e cinco lanchas de fiscalização costeira, havendo igualmente a opção por mais três navios.

É vital para Portugal que os ENVC continuem a laborar e a fabricar navios. Como o derradeiro grande estaleiro naval português, Portugal não pode deixar desaparecer esta empresa que tão crucial é para um país marítimo e com a quarta mais extensa plataforma continental do globo. Se perdermos este estaleiro, deixaremos vazios os nossos mares para quem os quiser preencher… deixaram que perdêssemos a frota mercante, primeiro, a de pesca, depois. Perderemos também a capacidade para construir navios de grande porte se o Estado não souber ir compensando as quebras de encomendas que decorrem do abrandamento económico mundial, com encomendas militares como as dos NPOs ou não comece brevemente novos projetos (como uma corveta rápida ou um navio de desembarque) que os mantenha viáveis durante os próximos anos.

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/estaleiros-navais-fornecem-marinha-e-podem-vender-para-venezuela=f606673

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Portugal | 15 comentários

180 Sukhoi SU-30 para a Indonésia?

A Indonésia pretende comprar 180 aviões Sukhoi SU-30, tornando-se assim num dos maiores operadores mundiais deste excelente aparelho russo.

Este grande incremento da capacidade aérea indonésia deverá terminar com as hesitações australianas quanto à aquisição de 100 Lockheed Martin F-35s. Mas até agora, a Indonésia não se tem revelado capaz de operar de forma eficiente os Sukhoi (27 e 30) que já tem, revelando estes baixa disponibilidade e elevados problemas de manutenção. Os mesmos problemas aliás, são reportados em relação ao resto da frota militar indonésia (F-5s e F-16s), mas talvez agora que a Indonésia se tornou num dos maiores fornecedores de minerais à China, o país obtenha as verbas necessárias para manter em bom estado a sua força aérea… algo que se conseguir, vai conduzir a uma corrida armamentista na região, com tradicionais rivais indonésios, como a Malásia e Singapura a serem forçados também a reforçar os seus meios aéreos a curto prazo.

Fonte:
http://www.aviationweek.com/aw/generic/story_channel.jsp?channel=defense&id=news/asd/2010/09/30/03.xml

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: , , | 32 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade