Daily Archives: 2010/10/22

Gliese 581g: O primeiro planeta habitável e… habitado, jamais encontrado?

 

 

Recentemente, foi descoberto o primeiro planeta que orbita a uma distância tal da sua estrela, Gliese 581g, que poderá albergar água no estado líquido e, logo, ter vida tal como a conhecemos na Terra.

Mas há algo mais a propósito de Gliese 581g… O astrónomo Ragbir Bhatal, da Universidade de Sidney Ocidental (Austrália) declarou ter detetado uma emissão pulsante de luz vinda da estrela (ou das suas imediações) em 2008. Segundo o astrónomo seria “um sinal muito nítido, quase como se fosse um laser”. A informação foi, contudo, acolhida com muito cepticismo entre a comunidade científica que questiona a relutância por parte do cientista australiano em ceder os dados da observação.

O sinal de Bhatal teria sido detetado em dezembro de 2008, ou seja dois anos antes de existirem indícios de que poderia haver planetas com água líquida em Gliese 581g mas a ciosidade do astrónomo em revelar mais dados sobre a sua observação é suspeita, não tanto pela sua veracidade, mais mais quanto à proximidade de Gliese 581g…

O exoplaneta Gliese 581g é um dos seis planetas conhecidos que orbitam em torno da  estrela anã vermelha Gliese que se situa a cerca de 20 anos-luz da Terra. Mas Gliese 581g é o único que tem uma órbita na chamada “zona habitável” da estrela, o que significa que tem condições em termos de temperaturas para manter água no estado líquido. O planeta tem entre 3 a 4 vezes a massa da Terra, mas apenas 1.3 o raio do nosso planeta.

Fonte:
http://www.space.com/scienceastronomy/gliese581g-mysterious-light-pulse-101008.html

Categories: SpaceNewsPt | 13 comentários

Quids S21: A que filme pertence esta imagem?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S21 | 27 comentários

A China em guerra monetária com o resto do mundo ou O Dumping Monetário Chinês

 

 

Recentemente o Comité da Câmara dos Representantes aprovou legislação que permite que os Estados Unidos possam fazer retaliações contra os países que – na cena comercial internacional – mantêm a sua moeda em níveis artificialmente baixos. O alvo desta medida é claro: a China, país que ao longo dos anos tem mantido o Yuan em níveis escandalosamente baixos para aumentar a competitividade das suas exportações enquanto que os monetaristas dogmáticos do BCE destroem a economia europeia à custa de um Euro caro.

O regime de Pequim, contudo, já fez saber que não tem “na agenda qualquer descida do Yuan”. Não se sabe quantos empregos destrói assim a China nas economias europeias, mas a congressista norte-americana, Nancy Pelosi, estima que só nos EUA “Se a China permitisse que a sua moeda flutuasse ao sabor das condições dos mercados, seria possível criar um milhão de postos de trabalho nos Estados Unidos e reduzir o défice comercial em 100 mil milhões de dólares.”

Perante tal assalto monetário (que está na base da resiliência da China à Recessão global e da continuação da crise no Ocidente) só restam duas formas de repor a Justiça comercial: ou os países ocidentais têm a coragem de responder à letra à arrogância chinesa e entrarem numa guerra de cotações ou repõem as barreiras alfandegárias que derrubaram para que a China conseguisse invadir o mundo com os seus produtos.

Fonte:
http://economia.publico.pt/Noticia/congresso-dos-eua-abre-caminho-a-sancoes-economicas-a-china_1457878

Categories: China, Economia, Política Internacional | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade