Réplica a Paulo Guinote: “Balanço Da Mini-Entrevista De Bloggers Com Fernando Nobre”

Vídeos do Encontro AQUI

Respondo por três segmentos:
“Estrutura amadora, eventualmente voluntarista, mas sem traquejo para estas andanças.”
> E ainda bem. Ou é preferível pagarmos – com os nossos impostos – os exércitos de mercenários que hoje constituem o essencial das candidaturas partidárias que se apresentarão a votos em janeiro? Se existem voluntários nesta campanha (onde estão os voluntários das outras campanhas?), é porque acreditam na importância da Candidatura e não porque esperam qualquer tipo de benefício palpável desse voluntarismo cidadão e espontâneo. Esta é aliás a grande força desta Candidatura e a maior fraqueza das demais…

“O cenário que envolve o auditório não pode continuar a ter, por exemplo, um endereço na net que já não corresponde ao site oficial da candidatura.”
> Trata-se do URL www.fernandonobre.org. Aceda ao dito e verifique que será feito um redireccionamento automático para o endereço actual http://www.fernandonobre2011.com. O novo site está online apenas desde 26 de setembro. O URL ainda no vidro exterior da sede nacional será brevemente actualizado, ao que me disseram.

“Candidato empático, simpático e excelente conversador, mas claramente uma boa pessoa metida numa grande alhada ou, como o próprio disse com a gravação a correr, alguém que lançou um pequeno barco ao oceano e que agora ou se afoga ou nada até atingir uma ilha.”
> É verdade. O Candidato esteve particularmente inspirado nesta entrevista com vários bloggers. O desafio – e a escala aparentemente esmagadora do mesmo – dissuadiriam muitos a enfrentá-la, mas não dissuadiu Fernando Nobre a atirar-se ao Mar Tenebroso em que se tornou a nossa Política e a desafiar o único cargo uninominal a que um cidadão português ainda pode concorrer sem ter que seguir lógicas feudais para qualquer partidocracia.

Fonte:
http://educar.wordpress.com/2010/10/04/balanco-da-mini-entrevista-de-bloggers-com-fernando-nobre/

Categories: Fernando Nobre, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: