Fernando Nobre: “o Brasil e a Índia deveriam ter direito a um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas”

Fernando Nobre (http://ma-schamba.com)

Fernando Nobre (http://ma-schamba.com)

“Ouse-se fazer a reforma que se impõe nas Nações Unidas e nas instituições de Bretton Woods (FMI, Banco Mundial), no sentido da sua mais ampla democraticidade e representatividade, exigidas com razão pelos países emergentes: no grupo dos BRIC, o Brasil e a Índia deveriam ter direito a um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas (a Rússia e a China já têm), mas também assim deveria ser para a Alemanha, o Canadá, o México, a Nigéria, o Egipto, a África do Sul, o Japão, o Paquistão e a Indonésia”
Fernando Nobre, Humanidade

A presente composição do Conselho de Segurança é obsoleta. Saída diretamente do fim da Segunda Grande Guerra, refletia a preocupação em conceder aos vencedores desse conflito mundial um lugar preponderante, a partir do qual pudessem fazer aplicar a sua influência.

Urge reestruturar a composição do Conselho de Segurança, adequando-o ao papel económico crescente das potenciais emergentes e fazendo representar nesta mesa os países de maior peso demográfico no globo. Não faz sentido, nem credibiliza a instituição, manter como membros permanentes no Conselho de Segurança unicamente os vencedores de uma “Guerra Mundial” que já terminou há bem mais do que meio século e excluir deste países tão influentes e representativos como a Índia (que pagou o “pecado” de não existir em 1945) ou o Brasil, apenas para citar os dois exemplos mais chocantes.

Categories: Fernando Nobre, Política Nacional, Portugal | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “Fernando Nobre: “o Brasil e a Índia deveriam ter direito a um assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas”

  1. Pingback: Fernando Nobre: “o Brasil e a Índia deveriam ter direito a um … | Info Brasil

  2. Temos de agradecer a posição de Portugal, é leal, + acredito q deveriamos nos abster deste encargo.Só vai trazer + problemas ao BRASIL. Sds.

  3. Otus scops

    “A presente composição do Conselho de Segurança é obsoleta.”
    concordo totalmente!

    “e excluir deste países tão influentes e representativos”
    podemos ter problemas do género com o Irão, Paquistão e Arábia Saudita a reclamarem um lugar. e não são nada recomendáveis! Indonésia, Japão, Nigéria, Bangladesh, Filipinas, Alemanha ou mesmo o México poderiam reclamar por um lugar pelos motivos indicados (económicos e demográficos).
    e se extinguissem o Conselho de Segurança??? ninguém lhes dá ouvidos??? o que adiantou na infame guerra EUA-Iraque???

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: