Quids S21: Que cidade é esta?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S21 | 14 comentários

Navegação de artigos

14 thoughts on “Quids S21: Que cidade é esta?

  1. Otus scops

    São Salvador da Baía, Brasil.

  2. …por mim pode ser
    😉

    • Otus scops

      acho que é a Rua Direita de Santo António, ao fundo é a Igreja do Boqueirão.
      é impressionante as semelhanças com Portugal, tirando o estilo marcadamente colonial, dir-se-ía que estávamos cá!

      obrigado pela tua concordância!
      🙂

  3. é Salvador, sim, e era para ser uma ratoeira! argh!

    • Carlos Portugal

      Tem razão, Clavis. Não tinha ampliado a fotografia, e a igreja do fundo confundiu-me…

    • Otus scops

      ao menos diz lá se a morada está certa…

      óh, já tiraste o «QUIDS S20 (OTUS SCOPS!!!)». ficava tão bonito… 😀

  4. Carlos Portugal

    Não será Ouro Preto?

  5. Brasileira Sim

    É Salvador na Bahia, parece o Largo do Cruzeiro de São Francisco, Otus visitei uma exposição fotográfica no Rio em que a semelhança arquitetônica colonial era o tema e os visitantes tinham q advinhar onde era, ninguem acertava os paises, rs
    Difícil saber se Brasil ou Portugal!

    • Otus scops

      Brasileira Sim

      desculpe mas não entendi, as semelhanças arquitectónicas da exposição eram entre Portugal e Brasil ou entre o Brasil e outros países ex-colónias???

      gosto muito do legado françês na arquitectura colonial. acho muito elegante.

      • Brasileira Sim

        Eram entre Portugal e Brasil, sem dúvida o legado francês refinou os estilos da época. Já nos tempos do Reino Unido, D. João VI embelezou o Rio, trazendo a missão artística francesa chefiada por Debret e Montigny.

  6. Otus scops

    Brasileira Sim

    quando li Reino Unido bloqueei e não me saía o United Kingdom of Great Britain and North Ireland da cabeça… confesso que demorei alguns momentos para entender! 🙂

    não sabia nada sobre esses personagens nem que tinha havido uma Missão Artística:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Jean-Baptiste_Debret
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Grandjean_de_Montigny
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Jean-Baptiste_Debret

    • Otus scops

      faltou esta link, digno de visita também:
      http://istoevip.terra.com.br/reportagens/3103_PINTURA+A+LUZ+DO+SOL

      outro “franciú” que pôs a ridículo a corte:
      “Além de grande paisagista, Taunay fazia retratos de forma magistral, “todos tocantes”, conforme a curadora da exposição. Muitas vezes, pendia para a caricatura, como no retrato de Carlota Joaquina (cognominada A Megera de Queluz), no qual ressalta-se a papada sob o queixo e os olhos saltando das órbitas – tudo sublinhado por uma expressão aparvalhada que provoca o riso.”
      as “fuças” dele também davam vontade rir:
      http://pt.wikipedia.org/wiki/Nicolas-Antoine_Taunay
      🙂

      • Brasileira Sim

        Realmente em matéria de feiúra em nada devia a Carlota Joaquina, não sei se é de seu conhecimento, porém aqui no Brasil, principalmente no Rio de janeiro, D. João está presente em cada cantinho da cidade, pois foram inúmeras realizações. Quanto a Carlota serve de “chacota” até hj. Desculpe=me pela expressão “Reino Unido” é q aqui ligamos mais o termo a nossa história em comum; eu é q nem lembrei da Inglaterra, rs

      • Otus scops

        “Realmente em matéria de feiúra em nada devia a Carlota Joaquina” 😀
        só o nome dela diz tudo, Carlota Joaquina…

        “porém aqui no Brasil, principalmente no Rio de janeiro, D. João está presente em cada cantinho da cidade,”
        desconhecia em absoluto. então como é que isso é “A Cidade Maravilhosa” com semelhante personagem? é que ele também era feio “pá caramba”… 😉
        “Desculpe=me pela expressão “Reino Unido” desculpar de quê??? de nada… 🙂
        realmente há períodos da nossa história que nos são mal contados e este é um deles… os portugueses não gostam de saber que foram governados de fora e para mais significou perder o Brasil, é um período negro… 🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: