Quids S20: Em que rua lisboeta estava esta fonte?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S20 | 8 comentários

Navegação de artigos

8 thoughts on “Quids S20: Em que rua lisboeta estava esta fonte?

  1. peskito600

    Rua de Xabregas

  2. certo!
    mas onde é que ficou assim tão fácil!?

  3. Otus scops

    agora vou armar a confusão!
    😀

    com todo o respeito pelo meu opositor, Peskito600 e pelo Pontifex Maximus do Quintus, a Fonte de Samaritana ( http://www.museudacidade.pt/Coleccoes/Escultura/Paginas/Fonte-da-Samaritana.aspx ) estava na Rua da Madre de Deus onde se situava o antigo Convento de Nossa Senhora da Madre de Deus onde está actualmente o Museu do Azulejo ( http://mnazulejo.imc-ip.pt/ ).
    a Rua de Xabregas começa no fim da Rua da Madre de Deus, morada do antigo convento.

    quero o S20!
    😉

  4. peskito600

    …não sei se “na cerca do Convento” quer dizer isso mesmo, mas por todos os santinhos, acabe-se a agonia do S20 😆
    é justo que se mate hoje o borrego. e – não querendo ser consumista – venha o próximo 😉

    • Otus scops

      Peskito600

      saúdo o desportivismo, atitude rara hoje em dia, onde ganhar é o que conta e não competir.
      e a boa disposição também! 😉

      devo dizer que esta não apanhava, foste tu que me conduziste ao local. onde é que viste que era na Rua de Xabreges???

      apesar de o Quids não obrigar gostava que pusesses (e os outros) as fontes.

      portanto devo reconhecer que o S20 terminou com a tua (precisos) ajuda.

      tu e o PNM são os adversários mais perigosos.
      agora temos um novato no Quintus (como eu), o HSMW que é um perigo também, começou muito tarde e conseguiu 11, está a apurar a técnica.
      só falta o Biriades Cartagúlio regressar para isto ficar infernal!
      🙂

      para toda a ciberfamília do Quintus um grande abraço e o meu agradecimento ao Clavis Prophetarum pelos momentos de prazer que o seu site me proporciona!

      • Otus scops

        “agora temos um novato no Quintus (como eu), o HSMW…”
        afinal o HSMW já cá anda à muito mais tempo que eu.
        realmente sou o mais maçarico do Quids, peço desculpa … 🙂

  5. ah, pois… o Museu da Cidade, deve ser uma fonte fiável, ainda que eu tivesse outra que a colocava na rua de Xabregas…

    Mas sim, parece que a fonte estava errada…
    sendo assim:

    Ponto para o Otus e

    fim do S20 !

    Parabéns a todos (que nesta reta final quase bateram o mocho…) e ao dito cujo, pelo seu brilhante desempenho!

    • Otus scops

      deste-me o ponto só para não teres que aturar os meus protestos, não foi??? (“ganda” chato que o gajo é)
      😀

      também gostava que pusesses os links e sobretudo as respostas dos QuidExtra todas bem explicadinhas (ainda hoje estou interessado em saber aquelas da Guerra Colonial).

      essa do mocho é gira…
      hú,hú!
      🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: