Fernando Nobre: “A implementação dogmática do “quanto menos Estado melhor Estado” e do “mercado auto-regulador por excelência” levou à derrocada do sistema ultraliberal tóxico”

Fernando Nobre

Fernando Nobre

“A implementação dogmática do “quanto menos Estado melhor Estado” e do “mercado auto-regulador por excelência” levou à derrocada do sistema ultraliberal tóxico. (…) os estados, tão vilipendiados e sob permanente suspeita (…) socializaram as colossais perdas, injectando doses maciças de dinheiro tanto em avales como a fundo perdido.”
Fernando Nobre, Humanidade

Paradoxalmente, são os mesmos especuladores e Bancos que agora por via da sua reação emotiva e irracional arrastaram até à beira da bancarrota muitos Estados europeus. Em 2008 foram os traseiros destes mesmos banqueiros e especuladores que foram salvos pela injeção massiva de dinheiro dos contribuintes. Agora, ingratos e irracionais são novamente estas aventesmas a serem responsáveis por mais uma machadada (decisiva?) no Estado Social e por medidas draconianas de contenção de custos que trarão de volta a recessão que agora – apenas debilmente – se começava a atenuar.

Esta movimentação pendular em que o pêndulo são os Estados e os extremos são os ávidos e insaciáveis banqueiros e especuladores é impossível de sustentar a prazo. Simplesmente é impossível continuar a imprimir mais papel moeda para lhes atafulhar os bolsos enquanto tudo em torno deles se desmorona, sob o peso de um Estado Social cada vez mais anémico, de uma democracia cada vez mais formal e abstencionista diminuída sob doses massivas de ópio (Desporto de Massas e Televisão) e manietada por poderosos lobbies financeiros que fazem eleger os “seus” mandados e lacaios.

A Prazo tudo vai estourar. A menos que os cidadãos despertem da sua marcha lenta, cega e escrava, recuperem para si a expressão da sua vontade cidadã e a capacidade para saírem deste torpor e participarem na democracia através de formas renovadas de auto-governo e de democracia direta, ponteadas por ações cívicas em várias vertentes e por uma conduta moral e socialmente exemplar com um poder contagiante e renovador.

Comecemos esta era de renovação social e cívica, recuperando para nós as rédeas perdias do nosso destino, rejeitemos esta partidocracia de lacaios do poder económico que nos rege e aceitemos dar o primeiro passo para a renovação da nossa moribunda democracia: elegendo Presidente da República um candidato realmente independente e sem as mãos sujas por erros governativos passados, nem por servilismos ou cobardias constantes.

Elegendo em janeiro de 2011 o Dr. Fernando Nobre.

Categories: Fernando Nobre, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: