Daily Archives: 2010/09/05

O regresso a Vénus que a NASA está a preparar: Robot, um aeroplano e… astronautas em órbita

O avião marciano da NASA (http://www.epower-propulsion.com)

O avião marciano da NASA (http://www.epower-propulsion.com)

Já há muito tempo que não se enviam missões para a superfície do planeta Vénus, ou seja, a perigosa superfície venusiana não é visitada desde que as sondas soviéticas da série Venera o visitaram na década de 70 e 80. Mas agora a NASA está a avaliar o envio de uma ambiciosa missão composta por uma autêntica frota de sondas, com um robot, um aeroplano e um Orbiter.

Um dos grandes impulsos para este regresso a Vénus é a semelhança da sua atmosfera com aquilo em que a atmosfera terrestre se pode transformar nas próximas décadas. Estudando Vénus hoje, podemos compreender mais facilmente aquilo que será a Terra no futuro. Infelizmente…

Se na década de 60, as Venera apenas conseguiam sobreviver alguns minutos no solo, antes de serem destruídas pela atmosfera corrosiva e pelas temperaturas extremas, agora já existe tecnologia para fazer sondas mais resistentes, em teoria, um robot poderá manter-se operacional durante pelo menos duas horas, quase o dobro da recordista Venera 14 com os seus impressionantes 57 minutos (o dobro do previsto).

As condições na superfície venusiana são efetivamente muito duras: 465 graus Celsius e pressões atmosféricas de 90 atmosferas, isto é, 90 vezes superiores à pressão atmosférica terrestre.

A frota que a NASA está a avaliar seria comandada por astronautas em órbita.

Está também a ser avaliada a possibilidade anexar a esta frota um aeroplano alimentado a painéis solares que fosse capaz de atravessar a espessa atmosfera venusiana, recolhendo assim dados e cobrindo uma área impossível de outra forma. O aeroplano foi inicialmente concebido para operar em Marte, mas o projeto seria abandonado. Agora, seria possível recuperar todo o trabalho de desenvolvimento, mas reforçando a sua resistência já que se sabe que na atmosfera venusiana os ventos de 400 km/h são comuns..

Fonte:
http://www.space.com/scienceastronomy/venus-mission-astronauts-robots-planes-100730.html

Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: | Deixe um comentário

As bases lunares serão… subterrâneas?

Um "tubo de lava" fotografado pela LRO (http://blogs.discovery.com)

Um "tubo de lava" fotografado pela LRO (http://blogs.discovery.com)

Ainda que os EUA tenham recuado nos seus planos para estabelecerem uma base lunar permanente na Lua, a China não o fez e quando a sua base estiver a ser construída (depois de 2025) é improvável que as outras potencias espaciais como a Europa, a Índia e os próprios EUA fiquem parados. E então, todos estarão a construir bases não na superfície lunar mas… sob ela. Com efeito, a sonda “Lunar Reconnaissance Orbiter” (LRO) já identificou vários poços lunares com várias dezenas de metros de profundidade que devem ser o produto do colapso do teto de “tubos de lava” como aqueles que existem em várias regiões vulcânicas na Terra (como os Açores ou as Canárias). Estas estruturas subterrâneas poderão assim constituir um abrigo precioso para os primeiros colonos terrestres do nosso satélite natural e servirem de local de habitação e de estabelecimento de quintas hidropónicas.

Graças às suas paredes e tetos de lava, os túneis protegerão os colonos dos meteoritos e da radiação que a falta de atmosfera lunar deixa passar e tudo isto a uma temperatura relativamente amena e constante ao contrário das tremendas amplitudes térmicas que se registam na superfície.

As naves espaciais vindas da Terra serão capazes de realizarem aterragens automáticas diretamente nas aberturas nos tubos de lava descobertas pela LRO (e já em número de dez) e encontradas pela primeira vez pela sonda japonesa Kaguya.

Fonte:
http://news.discovery.com/space/subterranean-living-may-await-moon-and-mars-colonists.html#mkcpgn=rssnws1

Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: | 15 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade