O “Código Secreto” de Platão

Um historiador da Ciência da Universidade de Manchester, no Reino Unido, Jay Kennedy, encontrou aquilo que acredita ser um “código secreto” oculto em algumas obras de Platão. A descoberta resultou da análise da contagem das linhas dos textos originais em grego das obras do mais famoso filósofo grego da Antiguidade Clássicas.

Na Antiguidade, a contagem de linhas era um método muito utilizado porque os escribas eram pagos à linha e os manuscritos eram classificados em função do número de linhas e não do de páginas, como hoje é usual fazer. Uma das formas de conferir se a cópia estava idêntica ao original era também através da contagem de linhas. Tudo isto aponta para que a distribuição dos textos platónicos pelas linhas do manuscrito hoje conhecida seja idêntica à conhecida na Antiguidade Clássica.

O trabalho de Jay Kennedy consistiu no registo digital das ocorrências de palavras e linhas dos textos de Platão, procurando por padrões que não pudessem ter origens aleatórias.

O investigador descobriu que os Diálogos estão organizados em múltiplos de doze (o que já se sabia): a Apologia com 1200 linhas,Protágoras, Crátilo, Filebo e Simpósio com 2400, Górgias 3600 e a República com 12000. Descobriu também que as passagens mais importantes se concentravam sempre entre o oitavo e o décimo doze avos de cada uma destas obras. Identificou ainda que os temas se distribuem pelas obras platónicas numa escala que se assemelha a uma escala musical, de 12 notas de uma oitava em que os temas “virtuosos” ocorrem nas posições das notas harmónicas e os negativos nas posições das notas que correspondem a dissonâncias.

É sabido que muitos textos da Antiguidade têm uma densidade simbólica insuspeita: o Antigo Testamento, as Centúrias e os Lusíadas são apenas alguns exemplos onde a distribuição e ocorrência de certas palavras foram imbuídas de uma dimensão transversal de significantes que atravessam e enriquecem o próprio texto aparente e literal. É portanto perfeitamente plausível que tal densidade geométrica exista também na obra daquele que era à sua época um dos homens mais cultos do mundo: Platão.

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/o-codigo-numerico-de-platao=f599502

Categories: Educação, História, Mitos e Mistérios | Etiquetas: , | 7 comentários

Navegação de artigos

7 thoughts on “O “Código Secreto” de Platão

  1. Bom ver que continua a sabendo explorar mitos e lendas urbanas são bons temas para a pesquisa, devo dizer, que aqui fez um bom trabalho não se deixando levar pelos erros mais comuns tais como o ceticismo extremo ou a tolice de que o que é apresentado é uma verdade e não apenas uma possibilidade.

  2. e eu que suspeito que o mesmo tipo de código anda também imerso nos Lusíadas…
    um dia ainda hei de pegar nisso…

  3. espero que consiga Clavis, boa sorte!

  4. quando me reformar… 😉

    • Otus scops

      mistério, misticismo, criptografia…
      tipicamente Prophetariano!
      😉

  5. Afinal Clavis, qual o segredo de Platão e dos Lusiádas,vc julga q fla do quê ?Sds.

  6. Ambrosio

    Estudo sobre a vida de platão que nasceu em 437 a.c e faleceu a 399 a.c e que ele foi um seguidor de Socrates ate seus 18 anos, e gosto de estudar sobre platão ele foi o pai da pedagogia as obras dele nos revivemos ate hj…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: