Sobre as perdidas rochas lunares das missões Apollo

Uma amosta de rocha lunar da Apollo 15 (http://www.lpi.usra.edu)

Uma amosta de rocha lunar da Apollo 15 (http://www.lpi.usra.edu)

O programa lunar Apollo trouxe da Lua várias amostras de rochas lunares, na década de 60 e 70. Eu próprio recordo-me ainda de ver uma dessas amostras no Aquário Vasco da Gama, amostra esta que infelizmente seria depois furtada para nunca mais voltar a ser recuperada. O Portugal de Salazar foi então um dos 50 países contemplados com amostras lunares para fins propangadísticos.

A maioria destas amostras simplesmente desapareceu… roubadas, como a amostra do Vasco da Gama, ou desviadas por políticos para suas casas ou para o mercado negro.

Recentemente, uma destas amostras apareceu num leilão e foi possível determinar que se tratava de uma amostra doada ao governo das Honduras, na década de 70 e que agora um colecionador privado tentava vender por 5 milhões de dólares em Miami. Quantas mais haverá por aí, em leilões mais ou menos obscuros? Quem tem o direito de vender items que foram doados a Estados? Um tal património da Humanidade deverá ser sujeito a tais operações comerciais?

Fonte:
http://www.floridatoday.com/article/20100530/NEWS02/5300331/Lost+moon+rocks+spark+a+mystery

Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: , | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Sobre as perdidas rochas lunares das missões Apollo

  1. LuisM

    Eu também ainda sou do tempo em que pela escola íamos ao planetário e a pedra estava lá.

    Era pequenina e cinzenta!

    🙂

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: