A Rússia vai atualizar e colocar em serviço 3 cruzadores de propulsão nuclear construídos na era soviética

Cruzador lança-mísseis Kirov (http://www.globalsecurity.org)

Cruzador lança-mísseis Kirov (http://www.globalsecurity.org)

A Rússia vai atualizar e colocar em serviço 3 cruzadores de propulsão nuclear construídos na era soviética. Os cruzadores lança-mísseis estarão novamente operacionais até 2020.

Os cruzadores “Kirov” foram construídos entre 1974 e 1998 e chegou a haver 4 navios desta classe, nas diversas frotas de alto mar soviéticas. Atualmente, apenas 1 destes 4 poderosos navios está ativo, o Pyotr, está operacional na frota do Mar do Norte. A Rússia vai recolocar em serviço os cruzadores Almirante Nakhimov, Almirante Lazarev e Almirante Ushakov, modernizando o seu equipamento e armamento.

O quarto cruzador nuclear – que não será atualizado – é o primeiro navio construído desta classe não aparece nesta lista de navios a recuperar porque sofreu em 1990 um acidente com o reator de uma escala tão grave que inviabilizou financeiramente qualquer reparação.

Os cruzadores de classe Kirov têm como armamento principal 20 mísseis SS-N-19, concebidos para alcançar grandes alvos navais a grandes distâncias, isto é: super porta-aviões norte-americanos. Como sistemas de Defesa Aérea, os Kirov têm 12 lançadores SA-N-6 e SA-N-4

Fonte:
RIA Novosti

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 11 comentários

Navegação de artigos

11 thoughts on “A Rússia vai atualizar e colocar em serviço 3 cruzadores de propulsão nuclear construídos na era soviética

  1. LuisM

    Caro Clavis

    O 1º navio, o ADMIRAL USHAKOV (antigo KIROV) também vai ser modernizado se não faça as contas: foram construídos 4 navios, um está em serviço e vão ser recolocados ao serviço outros três, não resta nenhum para ficar de fora.

    Apesar de serem unidades imponentes com grande poder de fogo, estes navios sem uma escolta capaz serão alvos fáceis num conflito tal e qual o BISMARCK ou o YAMATO.

    Os russos fariam melhor em investir em novas fragatas e destroyers mas gostam mais de encher o olho do que ter uma marinha eficaz.

  2. LuisM

    Tem essa informação confirmada no ponto 3-Units da seguinte pág:

    http://en.wikipedia.org/wiki/Kirov_class_battlecruiser

  3. mas tinha lido que o Kirov tinha ido para estaleiro, para sofrer grandes reparações no seu reator, não se sabendo dele depois…
    investir em novas fragatas seria uma boa ideia, mas aposto que muito mais cara do que recolocar em funcionamento estas plataformas!
    atenção que continuam sendo excelentes, especialmente contra grandes alvos de superfície… que teoricamente já não são a ameaça principal para a Rússia, certo? 😉

  4. LuisM

    O investimento para a remodelação destes navios será megalómano. Não sei até que ponto não seria mais proveitoso na construção de fragatas tipo ADMIRAL GORSHKOV.

    E sobre a sua última afirmação, teoricamente! 😉

    Também teoricamente o escudo anti-míssil é para fazer face aos “rogue states” como o Irão e a Coreia do Norte e os americanos andam danadinhos para o instalar junto às fronteiras russas.

    🙂

  5. LuisM

    Não sei até que ponto não compensaria investir nas novas fragatas pois os custos de remodelação destas unidades vão ser megalómanos.

    Sobre a sua última frase,…teoricamente! 😉

    Também teoricamente o escudo anti-míssil é para precaver ataques dos “rogue states” como o Irão e Coreia do Norte e os americanos andam danadinhos para o instalar junto às fronteiras russas.

    🙂

  6. os porta-helicópteros?
    por acaso, discordo… faria mais sentido contruirem mais fragatas, mas modernas, e não quase só anti-submarinas como era tradição na marinha soviética.
    Ou seja, uma nova classe de navio, coisa que ficaria muito mais cara para desenvolver do que modernizar estes Kirov…
    O “teoricamente” dá para tudo, de facto!
    “teoricamente” também não deviam de existir ainda espiões russos nos EUA e contudo…

  7. LuisM

    Eles já estão a construir 2 unidades dessas novas fragatas e que são unidades modernas e completas sendo equipadas com mísseis de defesa áerea de zona, heli ASW, e os poderosos mísseis anti-navio YAKHONT.

    http://en.wikipedia.org/wiki/Admiral_Sergey_Gorshkov_class_frigate

    http://www.naval-technology.com/projects/admiral-gorshkov/

  8. Reutilizaram o nome da classe…

    Lendo as características desse navio (a fragata) de facto parece bem longe da obsessão anti-submarina soviética…:
    Armament:
    1 x Arsenal 130mm
    2 x Kashtan CIWS
    8 x Oniks 3M55 (SS-N-26) anti ship missiles or PJ-10 BrahMos
    Medium range anti aircraft missile complex Shtil I (SA-N-12 “Grizzly”)
    4 x 400mm torpedo tubes
    RPK-9 Medvedka-VE (SS-N-29) anti-submarine rockets

  9. A Rússia nunca foi uma potencia naval, o Império Russo e a União Soviética sempre foram potencias terrestres e a marinha sempre esteve restrita a uma atuação defensiva e secundaria, basicamente existia para dificultar as atividades de marinha americana com sua forca de submarinos, essa medida não chega a ameaçar a soberania naval dos potencias ocidentais, mas já é uma decisão significativa, embora não estando mais na guerra fria essa medida aproxima mais o mundo desse cenário aqui vai um dos poucos links em português sobre esse ramo esquecido das forcas armadas da antiga URSS

  10. marcio paulo maniga

    boa noite eu acho uma construção muito inovadora .e tambem se precisar de mão de obras estou a prontidão em migrar para a russia sou soldador e quero viver ai com fieldade ao país
    grato

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: