Fernando Nobre pronuncia-se sobre a actual Crise na Justiça

Fernando Nobre expressou a sua estranheza pela ausência de uma intervenção do Presidente da República a propósito do caso criado pela guerrilha intestina entre o Procurador Geral da República e os seus Procuradores e o seu sindicato.

Com efeito – e como defendem Paulo Pedroso e Ana Gomes – Cavaco Silva já deveria ter-se pronunciado claramente sobre esta grave crise no seio da Justiça portuguesa e na opinão de Fernando Nobre “tem o dever e a obrigação de ser um dos mobilizadores das reformas necessárias para o país”.  Com efeito, não se compreende porque é que Cavaco Silva só tenha enviado algumas raras e pífias notas a propósito que é – a par da crise financeira – o maior problema do Portugal contemporâneo: a Justiça.

O desfecho confuso mas profundamente perturbador do Processo Freeport e o lentíssimo andamento do processo mais mediático de sempre: o Caso Casa Pia refletem uma Justiça que caminha de desastre em desastre, sempre com total impunidade para todos estes incompetentes agentes. Como diz Nobre “é urgente reformarmos a nossa justiça como pilar essencial de uma democracia transparente e para que tenhamos um sistema eficaz no qual os portugueses acreditem e confiem”. Com efeito, se o pilar mais importante e vital de toda a democracia se continuar a esboroar desta forma é o próprio Portugal que está ameaçado.

Curiosamente, o outro candidato presidencial, Manuel Alegre não só não se pronunciou ainda sobre este caso – o que é comum – como não tem estado contactável… provavelmente porque sendo apoiado pelo PS está comprometido com um PGR escolhido por Sócrates e um processo Freeport onde estão envolvidas as mais altas figuras do Socretismo…

Fonte:
http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Nacional/Interior.aspx?content_id=1634940

Categories: Fernando Nobre, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: