Daily Archives: 2010/08/01

Sobre a almejada “consolidação bancária” em Portugal

Fernando Ulrich (http://economico.sapo.pt)

Fernando Ulrich (http://economico.sapo.pt)

Segundo o presidente do Banco BPI, Fernando Ulrich: “A consolidação é sempre possível e pode criar valor” defendendo assim a realização de operações de concentração na banca portuguesa.

O argumento a favor destas concentrações é sempre o mesmo: a aparição de bancos portugueses de grandes dimensões impediria a sua aquisição por Bancos estrangeiros. É verdade, mas a redução do número de opções no nosso mercado financeiro representa também a redução da concorrência e logo, da eficácia da economia e do sistema financeiro português. Mas assim sendo, e tendo em conta que bancos locais e de pequena escala são muito mais adequados ao desenvolvimento das comunidades e economias locais, seria melhor para o nosso desenvolvimento a divisão em entidades menores e mais facilmente geríveis (“small is beautiful”) dos maiores bancos atuais e não estas fusões a que o presidente do BPI aqui alude.

Mas a Europa não estaria nunca disposta a proteger a nossa Banca, deixando aparecer e florescer uma rede de bancos livres, independentes e locais… como também não quer defender os bancos portugueses contra as arremetidas dos grandes bancos europeus. Esta Europa segue uma agenda bem clara: destruir as empresas de todos os países periféricos, concentrando toda a economia numa rede de raras – mas poderosas – multinacionais que serão o poder efetivo nesta Europa que é cada vez menos, a “nossa” e mais a “deles”.

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/banca-a-consolidacao-e-sempre-possivel-e-pode-criar-valor-presidente-do-bpi=f595243

Categories: Economia, Portugal | Deixe um comentário

A Força Aérea Brasileira confirmou a sua intenção de adquirir 28 Embraer KC-390

Embraer KC-390 (http://avionique.free.fr)

Embraer KC-390 (http://avionique.free.fr)

A Força Aérea Brasileira confirmou a sua intenção de adquirir 28 Embraer KC-390, aviões que começarão a ser entregues a partir de 2016. Até agora, havia apenas um apoio muito mais difuso, com a encomenda da FAB de apenas dois protótipos mas agora, uma encomenda deste volume exprime uma enorme confiança na Embraer quanto à sua capacidade criar tal aparelho. O KC-390 irá substituir toda a frota de aviões de transportes C-130 da FAB, segundo o chefe de estado maior do ramo, o Tenente General Juniti Saito. Esta garantia dá à Embraer a possibilidade de encarar a exportação do aparelho com mais tranquilidade, permitindo-lhe assumir uma posição negocial mais favorável, por exemplo, aquando da negociação com o governo português sobre a construção ou montagem de partes do KC-390 nas instalações das OGMA, em Alverca.

A Embraer, pela pessoa do seu vice presidente para as “atividades militares”, Orlando Netto, veio entretanto anunciar que a capacidade máxima de carga do KC-390 foi aumentada das 19 para as 23 toneladas métricas, a um alcance de 1400 milhas náuticas.

Fonte:
http://www.aviationweek.com/aw/generic/story_channel.jsp?channel=defense&id=news/awx/2010/07/21/awx_07_21_2010_p0-242598.xml

Categories: Brasil, DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Portugal | Etiquetas: , | 9 comentários

O primeiro dos dois submarinos da Marinha Portuguesa deverá chegar a Lisboa nos primeiros dias de agosto.

Submarino Tridente (http://www.naval.com.br)

Submarino Tridente (http://www.naval.com.br)

O primeiro dos dois submarinos da Marinha Portuguesa deverá chegar a Lisboa nos primeiros dias de agosto.

O primeiro submarino tem o nome “Tridente” e o segundo o de “Arpão”. No total, os dois navios irão custar mais de mil milhões de euros e – apesar de toda a polémica – representam o maior investimento naval realizado em Portugal nas últimas décadas.

Fomos um grande crítico deste programa – logo desde o seu início – e por variadas ordens de razões… Desde logo, trata-se de um investimento tremendo, a realizar no momento em que o país atravessa grandes dificuldades financeiras. A decisão foi também errada do ponto de vista militar porque praticamente todos os países do mundo estão a reduzirem as suas armadas submarinas (a Alemanha, por exemplo, anunciou uma redução para metade da sua frota de submarinos) e sobretudo devido à escassa utilidade deste tipo de meios nos cenários mundias de conflito e porque… a última batalha submarina travada por Portugal foi em 1917…

Mas a minha minha maior objeção sempre foi a mesma: os mais de mil milhões de euros seriam muito melhor gastos na modernização da frota de superfície, hoje reduzida a 2 fragatas ex-holandesas, a 3 Meko da década de 90 e aos 8 “Patrulhões” que tardam em chegar e que – aliás – têm reduzido valor militar!

Fonte:
http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1626181

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Política Nacional, Portugal | 12 comentários

As três principais as razões que me levaram a apoiar a candidatura do Dr. Fernando Nobre

São três as razões que me levaram a apoiar a candidatura do Dr. Fernando Nobre, desde o primeiro momento e a ser hoje um voluntário ativo nas bancas de recolha de assinaturas, no núcleo de Lisboa e na organização de diversos eventos de campanha:

1.     Desde logo, enquanto membro da Comissão Executiva do MIL: Movimento Internacional Lusófono, fui um daqueles que instou a que o MIL apoiasse logo desde o primeiro momento a candidatura, algo que colheu um eco imediato junto dos demais membros da direção do Movimento. De facto, o MIL, foi a primeira organização a expressar publicamente esse seu apoio, um património de que muito nos orgulhamos.

2.     O apoio do MIL, ao Dr. Fernando Nobre adveio em primeiro lugar do facto de se tratar de alguém que surge motivado por um imperativo de cidadania, para além da partidocracia que bloqueou efetivamente o sistema democrático português, impondo um verdadeiro Rotativismo do Bi-Partido PS-PSD. O Dr. Fernando Nobre, personalidade de pergaminhos éticos e humanistas indiscutíveis pode representar o primeiro passo de mudança de um regime que constitui hoje o maior bloqueio para o desenvolvimento da nossa sociedade.

3.     Entre todos os candidatos, o Dr. Fernando Nobre é o único que apresenta um discurso coerente, consistente e – sobretudo – reafirmado por uma experiência de vida que o apresenta como o único capaz de defender e promover esse aspecto único da História e da Presença de Portugal no mundo que é a Lusofonia. Fernando Nobre é pela sua ascêndencdia, pela experiência de vida (na Diáspora, em todos os países e regiões de fala portuguesa) o único candidato que poderá religar Portugal a uma Comunidade Lusófona cujo desenvolvimento é o objetivo supremo do MIL.

Estas são as razões – institucionais e pessoais – que me levam a participar na Campanha do Dr. Fernando Nobre e tudo fazer para o eleger em Janeiro de 2011.

Categories: Fernando Nobre, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal | 3 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade