O J-15 chinês: um clone medíocre do SU-33 russo

Foi em finais da década de 90 que a China comprou à Ucrânia um avião Su-33, isto é, uma versão navalizada do Su-27. Desde entao, os engenheiros chineses desmontaram o aparelho de construção russa e criaram aquele que hoje é conhecido por J-15. Desde o início, a intenção chinesa era voar o J-15 a partir de um portaaviões chinês.

Foi este J-15 que foi recentemente criticado por uma alta patente da força aérea russa, o coronel Igor Korotchenko, criticando o aparelho e classificando-o como um produto inferior: “É improvável que o clone chinês J-15 alcance o mesmo desempenho e caraterísticas do SU-33 russo e não me admiraria se a China voltasse às negociações com a Rússia sobre a compra de SU-33.

Os chineses estão com dificuldades em resolver os desafios técnicos com asas recolhíveis. A criação de um motor adequado parece ser outro problema que os engenheiros chineses ainda não conseguiram resolver. O primeiro J-15 voo em 31 de agosto de 2009, com dois motores chineses WS-10, sendo contudo pouco claro porque não se ouviu mais falar do aparelho, sendo provável que tal se deva precisamente às dificuldades listadas por este militar russo.

Fontes:
http://defensetech.org/2010/06/08/russian-official-delivers-smackdown-on-chinas-carrier-based-fighter-knockoff/#ixzz0qvT3Go80Defense.org
http://defensetech.org/2010/06/08/russian-official-delivers-smackdown-on-chinas-carrier-based-fighter-knockoff/

Categories: China, DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 13 comentários

Navegação de artigos

13 thoughts on “O J-15 chinês: um clone medíocre do SU-33 russo

  1. Otus scops

    os Chineses só vão conseguir fazer um bom avião quando usarem porcelana para a estrutura, revestimento de seda e movido a chá!
    tudo o mais é estragar, é aumentar a poluição. trafulhices!

  2. Bem a forca da china é a quantidade não a qualidade e o mau desempenho desse avião caça não chega a surpreender, alias é isso que a china sabe fazer bem copiar(as vezes bem as vezes mal) qualquer produto que venha a cair em suas mãos, incluindo por infelicidade os nossos.

    • Otus scops

      olá Fadrini
      “é isso que a china sabe fazer bem copiar(as vezes bem…”
      um exemplo de BEM copiar, p.f.?

    • Quero dizer que é justamente isso que a china sabe fazer copiar tudo o que encontram às vezes copiam bem (ou menos pior) mas na maioria das vezes, como no caso do SU-33, copiam mau muito mau.

  3. Eles estão fazendo alguma coisa, cópias, + estão…a nosaa EMBRAER já deveria ter um caça supersônico , é nada a té agora.

  4. Eu fico me perguntando a razão da EMBRAER ainda ñ ter um caça supersônico entre os seus produto…pq?Existe mercado ,e mt, o próprio BRASIL. então pq ainda ñ conseguiu produzir um = ou melhor q um f18 ?Os Sinos pelo menos estão tentando…é vão superar os Rússos, suas próximas vítimas , depois de terem de volta taiwuan..

  5. Paulo Paixão

    Lembram da Engesa?

    O mercado dela era estritamente o militar.

    Quando os militares cancelaram a compra dos tanques Osório, o que aconteceu? A Engesa faliu. E o Osório chegou a ser superior aos tanques americanos e europeus da mesma época, vide o “concurso” na Arábia Saudita, no qual os americanos pressonaram os árabes a comprarem o tanque deles, sendo que o nosso foi superior em quase tudo.

    Se a EMBRAER passasse a fabricar caças (Que só possuem uso bélico), isso poderia comprometer a produção de jatos civis (Que vai muito bem, obrigado). E caso houvesse um F-X da vida em algum país-chave e acontecesse com o caça da EMBRAER o mesmo que houve com o Osório? Muito dinheiro jogado fora e a empresa ficaria em dificuldades.

    Já tô vendo muita ousadia no KC-370 que, pelo menos, também tem aplicações civis. Agora, se a EMBRAER confirmasse os rumores e comprasse a SAAB Aerodefense, como era comentado por aí, o panorama seria bem outro.

  6. Correu esse boato…+ só boato.

  7. HSMW

    Mas essa foto é do J-10 e não do J-15…

  8. Teseu

    Esses tipos não têm qualquer tecnologia própria. Copiam tudo. Os iranianos a mesma coisa. O norte-coreanos pelos vistos, ainda conseguem inovar e ter fabrico próprio (apesar de terem copiado a tecnologia de base dos russos). E os ucranianos… de facto desconheço como andam, mas sem ser a empresa Tupolev, não me lembro que produzam mais alguma coisa em termos militares. Sem ser os States, ou os russos, para além dos Reino Unido e França, são os israelitas que dão cartas. Aviação, tanques, armamento ligeiro… gostaria muito de ver aqui tratado temas militares israelitas.

  9. bem, copiando o MiG-21, o F-16 e até o SU-27 não se safaram mal, mas com esta versão navalizada do SU-33 tentaram voar mais alto do que conseguiam…
    bem feito!

Deixe uma Resposta para Otus scops Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: