Daily Archives: 2010/06/23

Quids S20: Em que Estado dos EUA foi tirada esta fotografia?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S20 | 6 comentários

Fernando Nobre: “Nunca fiz parte do sistema”

Fernando Nobre (http://5dias.net)

Fernando Nobre (http://5dias.net)

Portugal vive atualmente a maior crise das últimas décadas e, provavelmente, dos últimos cem anos. Perante tal situação é imperativo que ocorra alguma renovação na classe política. Nobre, ao explicar porque é que se decidira a encetar uma intervenção política de primeira linha, precisamente nas Presidenciais de 2011 explicou que “neste momento da nossa crise nacional, eu tinha deveres para com Portugal”. Foi por um “imperativo de cidadania” (a expressão é sua) que decidiu avançar agora, porque a gravidade da situação do país é de tal modo grave que todos devemos dar o nosso melhor para a ultrapassar, de forma a que Portugal possa vencer estes ataques que os Especuladores lançam sobre si e que se possam corrigir os numerosos erros que a partidocracia cometeu nos últimos 20 anos.

E só Nobre pode realmente alegar não ter responsabilidades na situação atual. Quer Cavaco (Primeiro-ministro em vários governos e agora Presidente), quer Alegre (deputado e ex-vice presidente do Parlamento) são parte do Problema, não da solução. Enquanto um e outro, por ação ou por inação, arruinavam o país, Fernando Nobre fundava a AMI, salvava vidas um pouco por todo o mundo e servia de embaixador de uma forma muito mais eloquente do que qualquer burocracia diplomática

Como resume Nobre: se queremos continuar como estamos “vão ter com os candidatos do sistema: votem neles”, continuem a acreditar no mito da separacao Esquerda-Direita e escolham um dos candidatos promovidos e escudados pelos aparelhos partidários tradicionais. Só assim haverá a certeza que após estas eleições tudo fica fundamentalmente na mesma. Para grande gáudio dos Federalistas Europeus e dos Iberistas de Madrid e para grande risco de Portugal.

Fonte:
http://www.publico.pt/Pol%EDtica/fernando-nobre-salienta-que-se-distingue-por-nunca-ter-feito-parte-do-sistema_1440721

Categories: Fernando Nobre, Política Nacional | Deixe um comentário

Fernando Nobre: “Não estou minimamente preocupado com o apoio do PS ao doutor Manuel Alegre”

Fernando Nobre (http://estb.msn.com)

Fernando Nobre (http://estb.msn.com)

Quando o Dr. Fernando Nobre diz que “Não estou minimamente preocupado com o apoio do PS ao doutor Manuel Alegre” toca com o dedo na ferida: Este apoio que o PS socrático deu a Manuel Alegre não vai impedir que muitos militantes socialistas votem em Fernando Nobre, nem que a votação de Alegre seja pouco mais do que uma sombra daquilo que foi em 2006. Um pouco por todo o país, são vários os presidentes de câmara – eleitos nas listas do PS – que já expressaram o seu apoio a Fernando Nobre e o seu desagrado em relação à candidatura de Manuel Alegre. Idêntico exemplo foi seguido por muitas estruturas concelhias e “coordenadores de juventudes socialistas”, nas palavras do próprio Fernando Nobre.

Temos a certeza de que o descontentamento surdo que está hoje genericamente disseminado um pouco por toda a sociedade portuguesa e que se fazia já sentir em 2006 e que aliás explicou grande parte dos votos então reunidos por Alegre poderá hoje ser capitalizado pela candidatura de Fernando Nobre e que pela tripla via do seu ego inflacionado, retórica vazia e ziguezagues políticos, Alegre já malbaratou.

Alguns insistem contudo em ver na candidatura de Nobre um “sopro” de Mário Soares, tornando o presidente da AMI num mero joguete de uma vingançazinha soárica contra Alegre. No seu devido tempo, tive ocasiao de colocar esta mesma questão – pessoalmente e de viva voz – ao próprio Fernando Nobre. Nobre asseverou-me que não, que não avançou com a sua candidatura DEPOIS de Mário Soares o ter sugerido, mas ANTES de ter falado com Soares e falando com o antigo Presidente da República pouco depois de ter falado como outro (Ramalho Eanes) e de ter consultado outros seus amigos. Ou Nobre me mentiu descaradamente e de olhos nos olhos e, logo, é um grandíssimo mentiroso e um excelente ator ou é sincero e honesto. Como nada na sua relação passada (contactos no âmbito MIL-AMI) e no seu percurso de vida o dão como mentiroso, então sinto que devo acreditar em Nobre e não naqueles que dizem que ele é apenas uma marioneta de Soares.

Dito isto, nada há a admirar se Soares ficar contente ou se mesmo apoiar publicamente Fernando Nobre. Pelo que tenho ouvido na rua, nas Bancas de Recolha de Assinaturas onde tenho estado presente, tal apoio poderá até ser mais negativo para a campanha de Nobre, do que positivo, mas, como diz o próprio Fernando Nobre, Soares é “um dos poucos estadistas que Portugal teve no pós 25 de Abril” algo que é especial raro numa atualidade plena de líderes fracos, sem visão e imersos numa miríade de problemas éticos e judiciais.

Fontes:
http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Politica/Interior.aspx?content_id=174254
http://www.fernandonobre.org/

Categories: Fernando Nobre, Política Nacional, Portugal | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade