O Brasil quer forçar o vencedor do F-X2 a adquirir 12 aviões de transporte à Embraer

Segundo o jornal brasileiro “Valor Económico”, o governo de Brasília estaria a ponderar levar a que o país ganhador do concurso internacional F-X2 viesse a adquirir em contrapartida uma frota de avioes de transporte à Embraer. Esta notícia surge precisamente na fase em que o governo brasileiro ultima a escolha dos 36 caças para a Força Aérea Brasileira. Esta contrapartida irá “forçar” a que a Embraer forneça 12 avioes sem que seja claro se seriam aparelhos civis de transporte de passageiros ou o KC-390 ainda em fase de concepção.

A medida poderia ser decisiva para a Embraer que – como muitas empresas exportadoras um pouco por todo o mundo – luta com dificuldades em exportar os seus produtos e cujo declínio nas vendas foi apenas compensada pelo sucesso do seu jato executivo Phenom.

Como o programa F-X2 tem o Rafale francês como favorito, isto significará que será a França a comprar estes jatos à Embraer ou que, pelo contrário, os suecos da Saab (Gripen) ou os norte-americanos da Boeing (Superhornet) recuperam as suas possibilidades apenas por aceitarem esta nova condição do Brasil enquanto que França (que sejamos claros, já fez grandes concessões no campo da transferência de tecnologia), não aceitará comprar estes 12 aviões à Embraer?

Fonte:
http://www.spacewar.com/reports/Brazil_cargo_planes_linked_to_jet_deal_999.html

Categories: Brasil, DefenseNewsPt | Etiquetas: | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “O Brasil quer forçar o vencedor do F-X2 a adquirir 12 aviões de transporte à Embraer

  1. Luiz Ely Silveira

    Coisa típica do Governo Brasileiro. Aqui acenam-se com promessas que sabidamente não fazem parte da vontade política. Então, criam-se dificuldades para que possa haver uma boa desculpa pela não realização das promessas. É a vela desculpa: “Vejam, não foi culpa nossa!”

  2. Glauco

    Meu amigo Luiz sua postura é obviamente contra ao Governo Federal ou será que é as pessoas que fazem parte dela?.
    O que de errado tem isso? se fosse o EUA fazendo isso seria normal (e eles fazem, não cobrando compras e sim cobrando apoio politico ) deixe essa postura de infeliz, não gosta do governo atual faça sua parte na proxima eleição, só não reclame quando nossas maiores empresas forem privatiDADAS

    • Luiz Ely Silveira

      Quando “nossas” empresas forem privadas, o Brasil terá, finalmente, encontrado o verdadeiro caminho do crescimento. Não teremos mais um Estado inchado, paquidérmico, que serve na realidade para abrigar os correligionários do Partido que está no poder. Gente como você, Glauco, só almeja grandes estatais, onde se galga postos não por competência profissional, mas por engajamento político-partidário. Felizmente, sou da iniciativa privada, nunca recebi nada de governos, mas muito pago a eles em impostos. A propósito, aproveite melhor a escola pública e volte para lá. Você está necessitando…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: