Faria de Oliveira (Presidente da CGD): “Tudo tem um preço” a propósito do ataque espanhol à PT

Ora bem, eis que a CGD (supostamente um Banco do Estado Português) assim diz que se Madrid pagar suficientemente alto pela maior e mais estratégica empresa portuguesa a venderá, criando no processo dezenas de milhares de desempregados, encerrado milhares de pequenas empresas que dependem diretamente da PT, esvaziando o país de um dos derradeiros ninhos de desenvolvimento tecnológico e económico e acabando de um só golpe com aquele que é simplesmente o maior investimento português de sempre no estrangeiro: a Vivo.
Lindo banqueiro, sim senhor, e não me refiro à trunfa longa e “modernassa-vip” deste tipo.
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal, VideoBlogue | 8 comentários

Navegação de artigos

8 thoughts on “Faria de Oliveira (Presidente da CGD): “Tudo tem um preço” a propósito do ataque espanhol à PT

  1. Otus scops

    VENDIDO!

  2. dito!
    e o do BES é outro igual!
    com gestores tão pouco patrióticos como estes, estamos bem feitos!

    • Otus scops

      quando ontem vi “o gajo” a dizer que tudo tem um preço, excepto a honra (que duvido no caso dele) está tudo lixado.
      eu sei que todos nós todos temos um preço, agora há quem se venda barato ou quem se venda caro.
      mas segundo li por aqui os Brasileiros tem queixas da Telefónica,não sei. pode ser que o Síndrome de Cortez se vire a nosso favor.
      com dinheiro não há patriotismo, há accionistas…

  3. é isso… estes accionistas sem visão de prazo (Bava tem-na) vão acabar a vender a Vivo aos Castelhanos, apenas porque só pensam nos seus “prémios anuais” e porque não se importam com o futuro das suas empresas a longo prazo. E assim vão atraiçoar Portugal.

  4. rui dias

    E que a TELEFONICA compre a PT , e que a IBERDROLA compre a EDP , e que alguem queira comprar a CP , TAP , RTP , EPAL etc etc… Assim acaba de uma vez por todas os milhares de TACHOS que ” trabalham ” nestas empresas publicas e que muito custam ao contribuinte . Meus caros senhores , portugal é um pais falido , a ganancia dos tugas levou este pais á falencia , portanto o estado português vai ter que vender as suas empresas para fazer façe aos milhares de milhoes de milhares de euros da divida portuguesa.
    A ganancia é pecado , os portugueses foram ganaciosos , agora terão que pagar o preço , e como tal , o castigo será a falencia do pais !!!!
    Quem poder que não exite , abandone este pais de uma vez por todas , caso contrário quem cá ficar terá que pagar a grande divida que está prestes a cair no bolso de todos nós !!!

  5. ora, Portugal já faliu 4 vezes na sua História e continuamos cá… esta crise, como outras, é transitória e passaremos por cima dela, como antes.
    mas se toda a nossa economia passar a ser controlada pela hipercentralista Madrid, controlarão a nossa língua e cultura (como o estão a fazer na Galiza) e aí, sim, coloco em dúvida a sobrevivência de Portugal.

  6. Judas

    “estes accionistas sem visão de prazo (Bava tem-na)”
    Bava, não sendo accionista, tem como objectivo manter os accionistas satisfeitos para assim prolongar o seu cargo na administração. Aquando da OPA da Sonae, a administração da PT comprometeu-se a distribuir dividendos pelos accionistas e de alguma maneira assim enfraquecer a solidez da empresa enterrando-a em dívidas. Dessa maneira conseguiram manter os accionistas do seu lado e evitar que o Belmiro tomasse controlo da PT e dispensasse os administradores. E assim vão se mantendo no cargo e recebendo chorudos salários e escandalosos prémios todos os anos. A esses interessa manter o cargo por muitos e bons anos. Os accionistas vêem de outra prespectiva: negoceiam títulos, e pouco lhes importa o futuro a longo prazo. Se lhes oferecerem muito dinheiro para destruir uma empresa eles vendem, lucram e investem noutro lugar.
    Toda aquela conversa de nacionalismo e perspectivas de futuro por parte desse senhor Bava não passa de regateio para conseguir mais dinheiro dos espanhóis para assim deixar os accionistas satisfeitos, manter o lugar e receber mais uns milhões em bónus. E bastou a telefónica subir a oferta para de imediato se calar o patriotismo e se sentarem a decidir se vendem já ou se ainda tentam sacar mais algum.
    Na prática tudo o que interessa (a todos) é o dinheiro e aqui o Faria de Oliveira teve o mérito de não ser hipócrita. Os meus parabéns pela sua frontalidade.

  7. Odin Borson

    Citação: “…mas segundo li por aqui os Brasileiros tem queixas da Telefónica,não sei…”

    A Telefónica atende telefonia fixa no Estado de São Paulo. Este estado é o mais populoso do Brasil, mas mesmo assim o índice de reclamação dos consumidores é muito alto. Muitos consumidores paulistas se queixam dela, não é o governo brasileiro e nem o paulista. São cidadãos comuns.

    Click to access documento.asp

    Click to access documento.asp

    A Vivo atua em telefonia móvel, e já foi a campeã no Brasil em reclamações dos consumidores, mas consta nos dados da Anatel que melhorou.

    Click to access documento.asp

    Estes dados são recentes e vão estar desatualizados em breve. Os motivos das reclamações são diversos. E não é 100% dos casos que os consumidores estão com a razão. Mas em mais de 70% dos casos, os consumidores estão certos sim, já tive contacto direto com uma das operadoras).Mas todas as operadoras de telefonia provocam alto índice de insatisfação nos clientes brasileiros, todas desagradam alguém. Sabe-se que é impossível agradar a todos. Agora, pensando no bem dos consumidores brasileiros, não sei se o fato da Telefónica passar a controlar a Vivo vai ser bom, pois o índice de reclamações contra a Telefónica é alto demais. Pode ser que a Vivo melhore, eu não sei. Pode ser que a própria Telefónica melhore. Tenho as minhas dúvidas. Já pra os portugueses, vai ser péssimo a entrega da Vivo à Telefónica. Eu não venderia, se dependesse de mim a decisão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: