Afinal, o Homem de Neanderthal não só não se extinguiu como… está dentro de nós

Durante muito tempo acreditou-se que o Homo Sapiens e o Homem de Neandertal eram espécies completamente separadas. Mas um estudo genético recente do Max Planck Institute alemão indica que os dois tipos humanos são de facto tão próximos que devem ser vistos como uma única espécie. O estudo foi conduzido pelo paleogeneticista Svante P滗bo e resultou no sequenciamento do genoma do Homem de Neanderthal.

O trabalho do Max Planck indicou que o antepassado comum aos humanos e aos neanderthais nasceu em África há cerca de meio milhão de anos. Indica também que os antepassados dos neanderthais se deslocaram para norte, até à Europa e à Ásia.

O estudo residiu sobre ossos com 38 mil e 44 mil anos encontrados na Croácia e usando uma máquina de sequenciamento de ADN que é capaz de sequenciar ADN com grande rapidez, descartando sinais de contaminação mais recente. No final, a máquina produziu uma cadeia imperfeita com mais de 5,3 biliões de letras de ADN neandertal. Mais do que devia, já que este não deve exceder (como o humano), os 3 biliões de letras, e logo, pleno de duplicações… mas suficientemente preciso para ser possível concluir que cada ser humano hoje vivo tem no seu ADN entre 1 a 4% de ADN neanderthal. Isto significa reprodução cruzada, entre humanos e neanderthais, na Europa ou no Médio Oriente (os Neanderthais nunca viveram em África) e é por isso que este tipo de vestígio não aparece no ADN dos seres humanos que vivem na África sub-sahariana.

Em suma, o Homem de Neanderthal não se extinguiu… ele vive dentro de nós, num testemunho silencioso em cada uma das células do nosso organismo.

Fonte:
http://www.newscientist.com/article/dn18869-neanderthal-genome-reveals-interbreeding-with-humans.html

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia, História | 6 comentários

Navegação de artigos

6 thoughts on “Afinal, o Homem de Neanderthal não só não se extinguiu como… está dentro de nós

  1. Pegasus

    Interessante, tenho um documentario recente da BBC que afirma que não havia provas ainda de cruzamento entre as duas especies, parece que a prova chegou.

    A ciencia paleontologica moderna e eficiente, tem pouco mais de 120 anos, muito pouco pra poder esclarecer e dar certeza sobre todo o nosso passado, mas acredito que com as tecnicas modernas de analise e maior investimento em pesquisas e formação de pesquisadores, ela avançará muito rápido a cada ano.

  2. Otus scops

    grande novidade, temos um no parlamento e tudo, chama-se Vitalino Canas.
    😀

  3. biriades cartagulio

    …e eu de certeza que tenho um gadget qualquer que os atrai 🙄
    neanderthais, cro-magnons… não há dia que não apareça nenhum

  4. podes crer! todos os dias!
    deve ser gente que tem mais adn neanderthal que a média.
    mais a sério: os neandertais tinham mais massa cerebral do que os Sapiens Sapiens, pelo que até que podiam ser mais inteligentes, pelo que essa ligação (comum) não deixa de ser um tanto injusta 😉

    • Otus scops

      apesar de terem um cérebro maior também eram mais corpulentos e tinham uma necessidade calórica diária mais do dobro da nossa, ou seja, no rácio peso cérebro/peso total era inferior e tinham que passar o tempo todo a comer e/ou a procurar comida.
      é como os carros americanos (grandes cilindradas, grandes, pesados, vorazes consumidores de combustíveis, ineficientes) e os europeus (leves, eficazes, ágeis, sempre com as tecnologias mais modernas, eficientes)… 🙂

      p.s. – a escola japonesa também merece uma palavra abonatória na arte de construir carros. mas sem exagero.

  5. é verdade: tinha-me esquecido desse argumento. Que aliás, os tornou mais frágeis na Glaciação, ao contrário de “nós”, que eramos mais pequenos e flexíveis.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: