Monthly Archives: Maio 2010

Quids S20: Que veículo é este?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Anúncios
Categories: Quids S20 | 16 comentários

Afinal, o Homem de Neanderthal não só não se extinguiu como… está dentro de nós

Durante muito tempo acreditou-se que o Homo Sapiens e o Homem de Neandertal eram espécies completamente separadas. Mas um estudo genético recente do Max Planck Institute alemão indica que os dois tipos humanos são de facto tão próximos que devem ser vistos como uma única espécie. O estudo foi conduzido pelo paleogeneticista Svante P滗bo e resultou no sequenciamento do genoma do Homem de Neanderthal.

O trabalho do Max Planck indicou que o antepassado comum aos humanos e aos neanderthais nasceu em África há cerca de meio milhão de anos. Indica também que os antepassados dos neanderthais se deslocaram para norte, até à Europa e à Ásia.

O estudo residiu sobre ossos com 38 mil e 44 mil anos encontrados na Croácia e usando uma máquina de sequenciamento de ADN que é capaz de sequenciar ADN com grande rapidez, descartando sinais de contaminação mais recente. No final, a máquina produziu uma cadeia imperfeita com mais de 5,3 biliões de letras de ADN neandertal. Mais do que devia, já que este não deve exceder (como o humano), os 3 biliões de letras, e logo, pleno de duplicações… mas suficientemente preciso para ser possível concluir que cada ser humano hoje vivo tem no seu ADN entre 1 a 4% de ADN neanderthal. Isto significa reprodução cruzada, entre humanos e neanderthais, na Europa ou no Médio Oriente (os Neanderthais nunca viveram em África) e é por isso que este tipo de vestígio não aparece no ADN dos seres humanos que vivem na África sub-sahariana.

Em suma, o Homem de Neanderthal não se extinguiu… ele vive dentro de nós, num testemunho silencioso em cada uma das células do nosso organismo.

Fonte:
http://www.newscientist.com/article/dn18869-neanderthal-genome-reveals-interbreeding-with-humans.html

Categories: Ciência e Tecnologia, História | 6 comentários

O desastre da BP, no Golfo do México permite reequacionar a Questão Nuclear?

Com aquele furo da BP a deitar 4 barris de petróleo por segundo e depois de semanas de envio massivo de petróleo para o oceano, a energia nuclear começa a parecer cada vez mais uma alternativa melhor para muitos… E que estamos aqui perante algo que – apesar da suspeitosíssima mutez dos media – tem um potencial destrutivo muito superior ao de qualquer desastre precedente. Por exemplo, se o Exxon Valdez tinha “apenas” 8 milhões de barris de petróleo (que derramou nas praias do Alasca) este furo já largou mais 20 milhões de barris e tem ainda (pelo menos!) mais outros 60 milhões no seu interior!

Ora, além dos muito evidentes problemas decorrentes da ocorrência (improvável, mas de terríveis consequências) de um novo acidente semelhante ao de Chernobyl, a construção de novas centrais nucleares coloca uma série de questões e de custos que tendem a ser externalizados pelos seus defensores. Desde logo, um país que siga por essa via sabe que se está a sujeitar a deixar que os técnicos assim formados possam rapidamente serem recrutados para o domínio militar, e nem sempre pelo país ou organizações que os formaram e treinaram… o mesmo pode suceder com os materiais e equipamentos nucleares. E por muito seguros que sejam os reatores modernos (e são-no) continuam a produzir resíduos que ninguém sabe como tratar e que – sobretudo – podem facilmente ser usados como “bombas atómicas sujas”.

É verdade que o combustível nuclear descartado pelas centrais nucleares ainda tem uns teóricos 90% de energia por utilizar e pode ser reprocessado. So nos EUA há mais de 60 mil material nuclear passível de ser reprocessado e se lhes somarmos as 900 mil toneladas de urânio criadas pelo programa nuclear militar, então estamos perante uma quantidade de energia ainda maior, de facto, trata-se de uma quantidade de energia superior a todas as reservas de carvão e petróleo combinadas.

Os custos da energia nuclear (sem externalizações) foram avaliados em 2008, nos EUA, como sendo de 1.87 centimos por kw contra 2.75 no carvão e 8.09 no gás natural. E com a instalação dos vários reatores portáteis, de manutenção automática que estão agora em desenvolvimento um pouco por todo estes custos podem descer ainda mais. Compensará assim uma aposta séria e continuada no nuclear? Será que os tremendos riscos que todos corremos caso algo corra (muito) mal num reator nuclear compensam os baixos custos desta energia e a maior segurança ambiental (CO2 e poluição) e as ínfimas emissões de CO2 que o Nuclear garante? Começo a inclinar-me nesse sentido, especialmente quando falamos de reatores de última geração e se fizer um esforço de desmemorização de Chernobyl…

Fonte:
http://www.scientificamerican.com/blog/post.cfm?id=maybe-nuclear-power-isnt-so-bad-aft-2010-05-11

Categories: Ciência e Tecnologia, Economia | Etiquetas: | 4 comentários

Os idiotas dos Ratings querem mais. Muito mais, de facto. Aliás, querem tudo, mesmo.

Os cortes anunciados não satisfazeram esses “Senhores altos e loiros” (Agostinho da Silva). Eles querem mais…

Estes imbecis, que não viram nada da Bolha do Subprime, e que andaram anos a dar ratings suspeitosamente generosos (ou cúmplices) a Bancos e Fundos de Investimento que toda a gente sabia sobrevalorizados, agora, largaram as dentuças contra os Estados do Sul da Europa. E nós, estamos no lote de carne que querem comer. Agências como a deste idiota germânico estão a arruinar a vida de milhões de pessoas a troco de Ratings que toda a gente sabe não terem fundamento. É certo que muitos Estados europeus (Portugal incluído) exageram na Dívida, mas considerarem que Portugal tem mais hipóteses de falirem do que o Iraque, Singapura (117%) e o Japão (192%) que têm uma Dívida bem maior que a Portuguesa (75%)!… Porque não estão estes Estados no foco destas agências!?

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 9 comentários

QuidExtra: Conhece o mistério de Rennes-le-Chateaux?

Cá vai um QUID EXTRA !

NOTA: Usem os vossos nicknames habituais neste QuidExtra!

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

Categories: Quids S20 | 15 comentários

Vida Artificial: Criada pela primeira vez em laboratório pela equipa de Craig Venter

Craig Venter

Craig Venter

Após um esforço internacional que decorre já há algumas décadas – de forma mais ou menos discreta – em muitos laboratórios no mundo, eis que uma equipa de mais de 20 cientistas liderada pelo conhecido biólogo Craig Venter conseguiu criar em laboratório a primeira forma de vida artificial. O projeto terá custado perto de 40 milhões de dólares e representa efetivamente um momento histórico abrindo caminho a um sem número de aplicações, desde à construção de bactérias especialmente desenhadas para produzirem biocombustíveis, bactérias especializadas na absorção de CO2 e a produção dedicada de vacinas.

O feito levanta uma série de questões éticas e religiosas muito evidentes e preocupações que se prendem com a muito palpável possibilidade destas criaturas artificiais se escaparem para a Natureza começando aqui a reproduzirem-se sem assistência.

O bactéria artificial baseia-se numa bactéria conhecida, mas foi completamente desenhada a partir de químicos reunidos e processados em laboratório. O organismo artificial tem quatro “marcas de água” no seu ADN que facilitam a sua identifição como “sintético” e que foram colocadas como forma de reconhecimento da sua origem, para a eventualidade de alguma vez conseguir sair do laboratório.

Fontes:
http://www.guardian.co.uk/science/2010/may/20/craig-venter-synthetic-life-form
http://pt.wikipedia.org/wiki/Craig_Venter

Categories: Ciência e Tecnologia, Saúde | 5 comentários

Horta e Costa: O “Complexo Pizarrito” do Conquistador Espanhol da Telefonica

Sejamos claros: Se o gigante multinacional que é a Telefonica quiser mesmo comprar a PT, fá-lo-a. Tem os recursos mais que suficientes para isso e a motivação dada por um dos mais dinâmicos e promissores mercados do mundo: o Brasil. E se tal acontecer, acontecerá com a PT o que sucedeu com todos os bancos portugueses que foram comprados por Bancos espanhóis: deslocalização e despedimentos massivos. Espanha (Castela) não sabe conviver, sabe apenas exterminar e anexar e nunca esqueceram que Portugal foi o único país que soube furtar-se aos seus ímpetos centrípetos. Não esqueçamos. Eles não esqueceram.

Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | 5 comentários

Quids S20: Em que cidade foi instalado este equipamento?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S20 | 6 comentários

A Mars Express fotografa cinzas vulcânicas em Marte

Cinzas vulcânicas no Meridiani Planum (www.esa.int)

Cinzas vulcânicas no Meridiani Planum (www.esa.int)

O instrumento High-Resolution Stereo Camera instalado a bordo da sonda marciana europeia Mars Express encontrou no Meridiani Planum vestígios de cinzas vulcânicas. A câmara está a ser operada a partir de Terra pelo German Aerospace Center (Deutsches Zentrum fur Luft- und Raumfahrt)

A imagem tem uma resolução de 13 metros por pixel e é uma das mais extraordinárias de Marte jamais captadas.

Fonte:
http://www.marsdaily.com/reports/Volcanic_Ash_In_Meridiani_Planum_999.html
http://www.esa.int/esaSC/SEMOSA19Y8G_index_1.html

Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: | 5 comentários

Professor agredido por pai de aluno a quem mandou puxar as calças para cima

Esta moda abjecta conhecida como “sagging” nos EUA está a ser proibida em muitas escolas e Estados norte-americanos. A “moda” é usada como símbolo de negação da autoridade e como expressão de rebeldia (o que é saudável), mas serve sobretudo para afrontar os outros e servir de forma de desafiar a autoridade que tem que existir no Professor, na Escola e na Sala de Aula e sem a qual não pode haver um sistema educativo minimamente eficiente.

O episódio é igualmente revelador de uma Escola onde – mercê de sistemáticas declarações estúpidas da anterior ministra – se instalou um clima em que os alunos se sentem imunes de qualquer ação disciplinar e onde o facilitismo criminoso (para a qualidade do Ensino e para a formação dos futuros cidadãos) se tornou regra.

Acreditamos que a Escola só poderá cumprir a sua missão se os professores não tiveram autoridade na sala de aula, se não for regida por critérios de exigência e se, sobretudo, não forem aplicados os critérios agostinianos de Educação livre e simplificada propostos pelo professor.

Categories: Educação, VideoBlogue | 10 comentários

Quids S19: O que provaria esta fotografia?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 12 comentários

A Rússia está a entregar MiG-31E e MiG-29M/M2 à Síria

A Rússia começou a entregar os cinco aparelhos MiG-31E à Síria, concretizando um negócio que começou em 2006. segundo o jornal russo Kommersant. Mas ao que parece, a Rússia incluiu no negócio também alguns caças MiG-29M/M2. A confirmar-se seria a primeira exportação deste modelo de avião muito semelhante ao MiG-35 que a Rússia tenta afanosamente vender à Índia. No total, esta importante renovação da frota aérea síria deve orçar em perto de um bilião de dólares. Uma cifra notável para um país sem petróleo… Isto criou especulações sobre todo este negócio não passar de uma operação de fachada que passaria pela revenda destes aparelhos ao Irão. Naturalmente, os russos negaram tal artimanha… mas as dificuldades económicas e até alimentares da Síria reforçam agora a credibilidade desta tese conspirativa.

Em maio de 2007, alguns sistemas anti-aéreos russos Pantsir-s1e foram revendidos ao Irão. Ao vender os MiG desta forma, os russos manteriam as sanções que votaram no Conselho de Seguranca da ONU e continuariam a armar o Irão, atualmente um seu aliado regional contra o extremismo sunita que assola o médio oriente russo.

A questão esté em que atualmente, a Rússia nega até estar a vender armas à Síria… e fazê-lo a um país que até recentemente estava a construir subrepticiamente um reator nuclear, com a ajuda norte-coreana e que Israel destruiu em 2007, poderia criar um incidente internacional especialmente quando esse mesmo país está imerso numa profunda tragédia alimentar decorrente de uma longa seca que terá já ceifado a vida a mais de 80 mil dos seus cidadãos.

Fontes:
http://www.defenseindustrydaily.com/syria-buying-russian-planes
http://en.wikipedia.org/wiki/Mikoyan_MiG-31

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: , , , | 9 comentários

Quids S19: Quem é esta mulher?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 7 comentários

E se… A sonda Voyager 2 tivesse sido vítima de um hacker extraterrestre?

E se… A sonda Voyager 2 tivesse sido vítima de um hacker extraterrestre? Esta espantosa tese é defendida por Hartwig Hausdorf, um académico alemão, que acredita que a sonda está agora a enviar estranhas mensagens para a Terra porque o seu controlo foi assumido por extraterrestres.

A sonda tem enviado dados, na forma correta e esperada, desde 1977, mas, subitamente, a partir de 22 de abril de 2010 a Voyager 2 começou a enviar mensagens incompreensíveis. Oficialmente, a NASA alega que tal se deve tratar de uma avaria com o software da sonda mas tudo o resto na Voyager 2 continua a trabalhar nos parâmetros corretos…

Hausdorf acredita que a explicação para esta anomalia advém do facto de que uma entidade extraterrestre assumiu o controlo da sonda… de qualquer forma, não deixa de ser curioso de que esta história decorra precisamente com uma sonda que transporta consigo um disco com saudações da Terra para entidades extraterrestres que eventualmente a venham a encontrar.

Não nos parece muito provável que os ETs tenham assumido o controlo da Voyager 2. Desde logo porque ela não está perto – nem de longe – de nenhum sistema planetário extraterrestre, mas apenas ainda nos limites externos do nosso Sistema Solar. As hipóteses de serem interceptada aqui – no Espaço vazio – por uma nave em navegação interestelar são… pateticamente baixas… e sobretudo, se um ET quisesse mesmo comunicar connosco, de forma clara e inequívoca, poderia fazê-lo de múltiplas formas (ondas radio, aterrando na Terra, etc) e nunca assumindo o controlo de uma velha sonda, quase inativada, que navega de forma automatica nos confins do Sistema Solar…

Fontes:
http://www.telegraph.co.uk/science/space/7722455/Aliens-hijack-Nasas-Voyager-2-spacecraft-claims-expert.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Voyager_2

Categories: SpaceNewsPt | 16 comentários

Quids S19: Quem é este homem?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 6 comentários

Portugal e o Embraer KC-390

Embraer KC-390 (http://avionique.free.fr)

Embraer KC-390 (http://avionique.free.fr)

Portugal tem hoje condições para criar no seu território um verdadeiro “cluster aeronáutico” graças ao interesse demonstrado e já provado da construtora brasileira Embraer. A Embraer é já a maior acionista das OGMA e esta empresa poderá ser responsável pela construção de parte da fuselagem do novo cargueiro militar KC-390, assim como uma parte do desenvolvimento do aparelho.

O KC-390 já tem um cliente quase assegurado na Força Aérea Brasileira que irá financiar o desenvolvimento do avião com 1200 milhões de euros. Houve no passado recente, contactos entre a administração da Embraer e o Governo português no mesmo sentido. Portugal precisa de substituir os seus C-130H Hercules e o cargueiro brasileiro poderia substituir estes vetustos (mas robustos) aparelhos. Mas para que o KC-390 se afirme é preciso que haja encomendas. O Brasil ainda só encomendou dois protótipos mas Portugal poderá ser até o primeiro cliente do aparelho, havendo uma série possibilidade de seis KC-390 virem a substituir os vetustos Hercules.

A aquisição destes aviões da Embraer e a participação portuguesa no desenvolvimento não estão contudo, interligadas. Não haverá assim “contrapartidas” como aquelas que foram tão deficientemente aplicadas nas Pandur e nos Submarinos, mas os Ministérios da Economia e da Defesa estão a analisar o investimento neste aparelho brasileiro e decorrem já estudos sobre a possibilidade de o KC-390 substituir o C-130 nas missões que cumpre atualmente .

Os seis C-130H estão prestes a começarem a ser submetidos pelo mesmo processo de modernização nas Ogma que os C-130 líbios aí receberam recentemente e que lhes deverá assegurar a utilização durante pelo menos mais dez anos, período essencial para que um seu substituto (esperemos que seja o KC-390) possa entrar ao serviço.

A participação das Ogma no desenvolvimento do KC-390 e na fabricação e montagem das fuselagens destes aparelhos depende agora do apoio do Estado português, sabendo-se que em torno das Ogma outras empresas nacionais iriam participar na produção de componentes, uma decisão governativa que tem que ser tomada em menos de um ano, já que a Embraer já avisou que queria ter todos os seus parceiros identificados até 2012… Haverá assim tempo, vontade política e recursos financeiros (nesta época de grande aperto orçamental) para cumprir tão escasso prazo? É duvidoso, mas mantemos a esperança num projeto tão importante para um eventual cluster aeronáutico nacional, para o estreitamento das relações Portugal-Brasil e até para a renovação do sumamente importante componente de transporte militar estratégico da FAP.

Fonte:
http://economia.publico.pt/Noticia/industria-aeronautica-nas-maos-da-embraer_1435124

Categories: DefenseNewsPt, Defesa Nacional, Economia, Portugal | 5 comentários

Quids S19: A que série de Banda Desenhada pertence esta tira?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 14 comentários

Embraer: Uma empresa de futuro com… desafios

A Embraer é hoje um dos quatro maiores construtores aeronáuticos do mundo. A empresa, que na década de 70 uma empresa pública, ineficiente e deficitária transformou-se hoje num dos maiores jogadores neste competitivo mercado. A empresa brasileira concorre – quase ombro a ombro com a Bombardier e enfrenta mano a mano – em alguns segmentos – gigantes como a Boeing e a Airbus.

Esta sucesso da Embraer advém em muito de um bom exercício continuado de gestão, excelentes engenheiros e um nível salarial baixo – quando comparado com os seus concorrentes norte-americanos e europeus.

A Embraer tem um especial sucesso com os seus jatos médios 170, 175, 190 e 195 e os seus aviões são já utilizados por mais de cinquenta empresas diferentes, um pouco por todo o mundo, dominando aqui no segmento comercial médio.

A empresa investiu recentemente mais de 1,5 biliões de dólares numa nova geração de jatos privados, onde terá que enfrentar novos concorrentes, entre os quais se conta o maior fabricante atual dessa gama, a Cessna. Nem tudo, contudo, são rosas para a empresa brasileira… A China está rapidamente a adquirir através de contratos muito bem negociados com europeus e russos a tecnologia que ainda há menos de dez anos mal dominava, e muito avançada e engenhosa Sukhoi russa acabou de entrar no lucrativo mercado dos jatos corporativos com o Superjet 100, abrindo concorrência direta com o fabricante brasileiro. A recessão global está também a afetar a Embraer, tendo o seu novo E-Jet sofrido já uma redução de produção para apenas 8 aparelhos mensais e a empresa teve recentemente que despedir pessoal para se poder manter rentável e se adaptar à redução das encomendas.

Apesar destas dificuldades, a resiliência de uma empresa lusófona que no passado soube sobreviver a várias crises bem graves e a sua potencialidade criativa bem expressa pela nova geração de E-Jets e do novo projeto de um transportador militar auguram à empresa brasileira um brilhante futuro… Tão bom quanto o possível num mundo tão incerto e mutável como o atual.

Fonte:
http://www.aviationweek.com/aw/generic/story_generic.jsp?channel=awst&id=news/awst/2010/05/10/AW_05_10_2010_p52-222834.xml

Categories: Brasil, DefenseNewsPt, Economia | 21 comentários

Debate Público: Portugal, 100 anos depois da República (1ª parte)

´

Professor Mendo Castro Henriques (IDP)

Citações:
“vivemos uma época de transição”
“crise de desregulação máxima”
“está por cumprir o projeto da democracia e do desenvolvimento sustentado
porque criámos o Institudo da Democracia Portuguesa, de que é Presidente da Mesa o Dr. Fernando Nobre”
“nas televisões, nos espaços mediáticos não se debate a alma de Portugal como se debate muitos movimentos (como o MIL ou o IDP)”
“se há coisa que os Republicanos da 1ª República foram, foi o serem Patriotas. Eles fizeram uma verdadeira Religião Civil”
“A Primeira República não tem Política Económica. Ponto Parágrafo Final”
“Exequiel de Campos: o “Inexequível” de Campos”
“A Economia é a infraestrutura da nossa comunidade e se não temos literacia economia somos dominados por quem domina esses factores. E o discurso que fazemos de afirmação do espírito passa por quixotesco, por não ter amarras na realidade”
“A Primeira República desapareceu porque não foi capaz de equacionar o problema económico”
“Lenine sobre a Revolução Portuguesa: “Isto não é uma revolução, é um golpe de Estado burguês”
“1910 foi uma revolução desviada com a entrega do Poder a uma efetiva ditadura do Partido Republicano Português”

Categories: Uncategorized | Deixe um comentário

Trabalhando na Google: Algumas razões do sucesso da empresa rondam pela forma como trata os seus trabalhadores

Trabalhando na Google (http://www.asianwindow.com)

Trabalhando na Google (http://www.asianwindow.com)

Não há dúvidas de que uma das razoes para o estrondoso sucesso da Google reside nos seus trabalhadores. Nos EUA, a empresa aparece de forma consistente no topo da lista de melhores lugares para trabalhar.

Razoes para esta preferência? São sem dúvida, diversas… Mas eis algumas das ditas:
1. A Google mantêm nos seus locais de atividade um ambiente que premeia os que mais contribuem para a empresa
2. Depois do recrutamento, a Google procura reter os seus funcionários, procurando fazer com que se sintam valorizados
3. Na Google, os novos colaboradores são designados como “Noogle” e é lhes atribuído um “Buddy” que age como um amigo e mentor no interior da organização.
4. Como forma de aumentar a interação entre equipas diferentes, encontros fora do escritório são organizados todos os trimestres.
5. Existe na Google uma cultura organizacional plana e o trabalho é divido por pequenas equipas, de facto, na Google o trabalho de equipa é a norma.
6. Na Google há um esforço contínuo de formação. De facto, a empresa dedica a cada um dos seus funcionários uma média de cem horas de treinamento por ano.
7. Os empregados da Google são convidados a enviarem sugestões à gestão e a serem envolvidos nos processos de tomada de decisão.
8. Há na empresa uma utilização muito generalizada de horários flexíveis, onde contam mais os resultados do que as horas trabalhadas. Neste contexto, os empregados da Google podem também realizar teletrabalho, sempre que tal lhes for mais conveniente.
9. A empresa mantêm-se dinâmica, empenhando-se em realizar novos lançamentos a um ritmo intenso e constante.

Mas o sucesso da Google não está completamente encerrado nestas nove razoes… A empresa procura manter um bom ambiente de trabalho e propício à inovação e criatividade. Sobretudo, os seus trabalhadores não são vistos como “custos”, mas como elementos vitais no processo de tomada de decisão. No total, tal abordagem produz uma empresa com um melhor ambiente de trabalho, mais humano, amigável e gerador de elevados níveis de inovação e criatividade.

Pergunta: quantas empresas portuguesas se poderão gabar dos mesmos padrões de qualidade e da mesma visão quanto aos seus “recursos humanos”? E não será um modelo de gestão como este adequado para produzir o tal “salto quântico” nos níveis de produtividade portugueses, que nos dizem serem dos mais baixos da Europa? Naturalmente que sim… Quanto mas distribuídas forem as decisões de gestão, melhor elas serão executadas por todos os seus agentes, quanto melhor for reconhecida e premiada a criatividade, melhor ela se desenvolverá e quanto mais humanas forem as empresas, melhores (mais eficientes e lucrativas) também elas serão…

Fonte:
http://research.globalthoughtz.com/index.php/employees-are-brands/

Categories: Economia, Informática, Sociedade, Sociedade Portuguesa | Deixe um comentário

Fernando Nobre: A “Banha da Cobra” dos Financeiros

Fernando Nobre

Fernando Nobre

“É de temer que, após uma ligeira cirurgia plástica, ou alguma banha da cobra, os mentores políticos e financeiros de todo esse descalabro, passado o susto que levou os ainda estados a socializar os prejuízos com milhões de milhões de euros, queiram recomeçar o mesmo jogo de casino, de derivados, de Offshores e de outros produtos tóxicos” Humanidade, p.22 Fernando Nobre

Não duvidemos. É isto mesmo que estão a preparar. Obama, nos EUA, bem que tem tentado criar uma nova dinâmica regulatório – se sucesso, apesar de todo o enfoque discursivo – e na Europa, apesar de múltiplas declarações neste sentido dos “líderes” europeus, tudo está basicamente na mesma, desde o short-selling aos Off-shores, passando pelo derivados e pelos produtos financeiros de elevada opacidade. Os Especuladores e os Mercados continuam a ditar o rumo das Economias e da vida dos cidadãos e dos Estados. Os seus caprichos e os seus desvairos irracionais arrasam economias e em escassos minutos conseguem evaporar dezenas de biliões de dólares em pânicos incompreensíveis (como aquele que afectou o NASDAQ em princípios de maio).

Urge impor mecanismos ágeis, eficazes e fortes de regulação. Inverter a orgia liberalizante que os teóricos do Pensamento Único neoliberal e globalizante impuseram a políticos fracos ou comprados. Urge fortalecer as polícias de investigação contra a corrupção e o branqueamento de capitais com os meios suficientes para poderem deter todos os criminosos de colarinho branco que prosperam impunemente desde à décadas.

Urge mudar. E como primeiro passo – em Portugal – é preciso apoiar a candidatura presidencial do Dr. Fernando Nobre, um homem de conduta ética e humanística exemplar e que diagnosticou corretamente a grave situação económica e social em que vivemos e que ao provir de fora do quadro político-partidário que nos arrastou a todos para o ponto onde estamos poderá agitar suficientemente as águas e introduzir um começo de mudança no sistema.

Categories: Fernando Nobre, Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal, Sociedade Portuguesa | Deixe um comentário

Estão convidados! “Debate Público: Portugal, 100 anos depois da República


DEBATE PÚBLICO

PORTUGAL

100 ANOS DEPOIS DA REPÚBLICA

ORADORES

Mendo Castro Henriques – Pedro Martins

22 de Maio, Sábado, 16h00

Sociedade de Língua Portuguesa

Lisboa, Rua Mouzinho da Silveira, 23 (junto ao Marquês de Pombal)


RECOLHA DE LIVROS PARA TIMOR-LESTE

(todos os presentes deverão levar alguns livros para esta campanha do MIL, em parceria com a Associação de Apoio da Diocese de Baucau; quem não consiga estar presente, poderá deixar os livros antes ou depois na morada acima indicada)


MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO (www.movimentolusofono.org)
(blogue: www.mil-hafre.blogspot.com)
(facebook: http://www.facebook.com/group.php?gid=2391543356)

Categories: Movimento Internacional Lusófono | Deixe um comentário

Quids S19: Quem desenhou esta prancha?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 14 comentários

A Embraer terminou a construção da primeira fuselagem do AWAC para a força aérea indiana

Um Embraer AWAC da FAB (http://www.rescate.com)

Um Embraer AWAC da FAB (http://www.rescate.com)

A Embraer terminou a construção da primeira fuselagem do AWAC para a força aérea indiana. Trata-se do primeiro de três EMB-145 que será depois equipado com um radar construído na Índia.

A Embraer anunciou igualmente que o desenvolvimento do cargueiro militar KC-390 decorre a bom ritmo. Um modelo à escala real do compartimento de carga deverá estar pronto muito em breve e começar a ser testado com cargas reais. O desenho preliminar do aparelho será concluído em breve e a decisão quanto ao motor será tomada pouco depois. Em suma, tudo indica que a data de 2012 para o primeiro voo do KC-390 será cumprida, o que pelo seu otimismo era verdadeiramente notável e raro num meio onde os atrasos são regra…

Fonte:
http://www.aviationweek.com/aw/generic/story_channel.jsp?channel=defense&id=news/asd/2010/05/03/14.xml

Categories: Brasil, DefenseNewsPt | 2 comentários

Quids S19: O que fica provado nesta fotografia?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 7 comentários

Se der erro em ODBC de 64bits “system error code 126”

C:\oracle\product\10.2.0\client_1\BIN

Copiar as DLLs de 32x para a path onde está o ODBC driver da Oracle de 64

msvcr71.dll

mfc71.dll

Aparentemente, o setup da Oracle não as copia, mas estas depois são usadas.

Categories: Informática | Etiquetas: | Deixe um comentário

Novos indícios no meteorito marciano ALH84001 para a existência de vida em Marte

Biomorfo no meteorito marciano

Biomorfo no meteorito marciano (http://media3.washingtonpost.com)

Aqueles que têm melhor memória (e/ou mais gosto por estas coisas) devem lembrar-se do dia em que os telejornais abriram com o bombástico anúncio de que uma equipa da NASA tinha encontrado fósseis num meteorito marciano. A notícia, contudo, seria depois desacreditada… Mas não para sempre.

A equipa de cientistas da NASA conhecida como “Mars Meteorite Research Team” tornou a debruçar-se sobre o meteorito original e concluindo que este meteorito velho de 4 biliões de anos que caiu no Pólo Sul mostra mesmo provas de vida. A equipa fez contudo ainda mais: alega que indícios idênticos estão também presentes noutros meteoritos marcianos.

A equipa declarou que estes fósseis presentes neste e em outros meteoritos marcianos assim como uma multiplicidade de dados que mostram que Marte pode ter reunido condições para albergar vida num passado geologicamente recente e o trabalho recente da equipa McKay sobre o meteorito marciano ALH84001 cristais de magnetite que na Terra são criados por bactérias, indicam que houve vida no Planeta Vermelho e que pode ainda haver… Recentemente, numa conferência internacional, a cientista planetária Carol Stoker afirmou que a sonda Phoenix Lander encontrou no pólo norte marciano, em 2008, condições muito duras, mas não insuportáveis para o tipo de vida microbiana que existe na Terra.

Fonte:
http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2010/04/30/AR2010043002000_pf.html

Categories: Ciência e Tecnologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: | Deixe um comentário

Quids S19: Que avião é este?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 4 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade