Um estudante chinês publica um estudo sobre… as vulnerabilidades da rede elétrica dos EUA

Um estudante graduado chinês, com o nome de Wang Jianwei, publicou uma investigação sobre as vulnerabilidades da rede pública de distribuição dos EUA. A sua investigação desenha um plano completo para um ataque cibernético à rede elétrica norte-americana e revela o quanto este tipo de operações estão presentes na mente muitos jovens chineses… E porque é recentemente mais de cem grandes empresas dos EUA (da Boeing, à Google, passando pela Intel e pela Adobe) foram atacadas por hackers chineses.

O ataque sugerido por Wang tem algumas falhas técnicas, conforme já apontaram alguns peritos de segurança, mas expõe o quanto este tipo de operações e este tipo muito específico de alvos e, sobretudo, o quão elevados eles estão na escala de alvos do Exército Chinês.

Fonte:
http://hardware.slashdot.org/story/10/03/21/1242221/Chinese-Researcher-Says-US-Power-Grid-Is-Vulnerable-Strategist-Overreacts

Categories: China, DefenseNewsPt, Informática | Etiquetas: | 13 comentários

Navegação de artigos

13 thoughts on “Um estudante chinês publica um estudo sobre… as vulnerabilidades da rede elétrica dos EUA

  1. luisa reis

    Para quem diz que o ocidente é o exemplo na pratica dos direitos humanos e a china é o prevericador destes mesmos direitos , pelo menos na china , na minha opinião , os direitos e os sofrimento das vitimas é respeitado , a lei chinesa faz com que os carrascos paguem bem cáro pelo mal praticado aos inocentes , pelo contrário , no ocidente ,neste caso a frança , os carrascos são premiádos e o sofrimento das vitimas esquecido , e agora pergunto eu , não será isso tambem uma forte violação aos direitos humanos ? leiam esta noticia !!!

    Uma curiosidade francesa:

    Uma pequena notícia que mostra como a mentalidade dominante, com o seu cortejo de inversões, se espalha como uma lepra.
    Desde o passado dia 1 de Janeiro os presos das cadeias francesas que queiram ter televisor pagam a quantia de 18 euros por mês a título de aluguer do aparelho.
    Até essa data pagavam 36 euros por mês. Mas depois de uma campanha que envolveu as mais diversas entidades, até o Comissariado para os Direitos do Homem do Conselho da Europa, essa intolerável exigência, obviamente ofensiva dos mais elementares direitos humanos, foi reduzida para metade. Baixou de 36 para 18 euros mês.
    A ironia está em que nos hospitais franceses um doente que queira dispor de um aparelho de televisão paga 3 euros por dia, o que significa 90 euros por mês.
    Realmente, antes na prisão do que no hospital… e não é só por razões de saúde.
    Nota final: quem souber como é em Portugal, faça o favor de esclarecer… Será que ainda se comete por cá o abuso de fazer exigências pecuniárias para um pobre detido poder usufruir de coisa tão básica e elementar como uma televisão? Estamos em crer que não. Certamente não estamos atrás dos franceses!

    • a China tortura e persegue todos aqueles que pensam de forma diferente. Isso é um regime tirânico que nos deve causar repulsa. Imagine ser detida e torturada simplesmente por discordar de alguém sobre um dado assunto? É isso que se passa hoje na China e no Tibete ocupado.

  2. Ocorre q esse ataque foi implementado e obteve exito, os segredos do caça F 35 foram roubados…afinal quem estava certo? Os Piratas Chineses…obtiveram sucesso. Que paises se cuidem …

  3. luisa: sim, de facto… que dizer? veja também, p.ex, os EUA: têm 1/4 de toda a população prisional do mundo (e 1/10 da sua própria população): e agora repare: um preso nos EUA tem muito mais cobertura social que um Sem Abrigo: cama, tecto, alimentação, TV, desporto, etc.
    E isso não pode estar bem.

  4. Darth Kahaeldraan

    Eu começo a acreditar que, os EUA e a China vão é entrar em guerra logo. E as Coréias, Taiwan e o Japão vão estar envolvidos.

  5. isso não é uma grande novidade
    e a questão não é se é possível mas
    quando vai ocorrer esse ataque

  6. Darth Kahaeldraan

    Claro que não é novidade. O Pentágono já sabe que os EUA vão entrar em guerra com a China no futuro, ainda no século XXI. O general Benjamin Freakley lançou uma campanha para recrutar imigrantes que saibam árabe, chinês e russo. Roma, nos tempos imperiais, alistou os “bárbaros”*(bárbaros na opinião deles), em seu exército, e acabou como acabou. Não é mais seguro estimular os militares natos a aprenderem os idiomas?
    Uma guerra futura contra a China e a Rússia já está em vista. Tanto que o Japão tem se rearmado.

  7. se é que não ocorreu já… ainda há poucos meses, Fadrini, 50 das maiores empresas dos EUA (como a Google, a Intel e a Adobe) admitiam terem sido alvo de ataques vindos da China.

    Darth: o que se passou recentemente no Báltico e na georgia, indica que a guerra cibernetica já não é FC e que está mesmo aí. É perfeitamente plausível parar um país com bot e ataques de DdOS. Aliás, já se fez…

    • Darth Kahaeldraan

      Não. A guerra cibernética já não é ficção científica mais. Nema biológica. Sabe, Clávis! Eu sempre achei que os filmes hollywoodianos de ficção científica principalmente, assim como os outros tipos de ficção, que os tais têm um fundo de realidade. Quando assistia “Star Trek”, “The Terminator” (O exterminador do futuro no Brasil e O Exterminador Implacável em Portugal), até mesmo a saga “Star Wars” de onde tirei o nick “Darth”, “Robocop”, “Blade Runner”, não são 100% fantasia, ficção. São exageros, mas há um fundo de realidade nesses filmes e seriados sim. Naquilo que envolve tecnologia avançada. A Internet originalmente era uma arma de espionagem americana na Guerra Fria, e foi disponibilizada para uso civil por causa da Globalização. Ataques terroristas cibernéticos, via computadores, conflitos com robots* (robôs no Brasil), já são realidade.

  8. aqui no Brasil, houve suspeitas de ataques no setor de energia, por enquanto isso é apenas uma possibilidade( assim como a imconpetencia dessas empressas)

    mas nada impede que no futuro o Brasil possa vir a ser um alvo a ausencia de politicas e ação do governo nesse setor é preocupante

    Portugal engfrenta problemas parecidos, nao?

  9. bem, felizmente apesar da nossa presença no Iraque e no Afeganistão, nunca fomos um alvo para nenhum movimento terrorista, nem para uma grande (e voraz) potencia, sempre ávida de recursos naturais para explorar, como os EUA ou agora, a China…
    O mesmo não podem dizer vocês!

  10. Darth Kahaeldraan

    Quanto a Portugal, o problema é um ataque a Europa Ocidental generalizado. Se atacarem a Europa, Portugal será poupado? A Espanha e a Itália, com certeza não serão. A NATO é uma “faca de dois gumes”., pode atrair a ira dos inimigos dos EUA e de outras nações européias contra Portugal. O Brasil, se não quiser deixar de existir como nação, ou não perder território, vai ter que gastar com armas sim. Vai ter que desenvolver indústria nacional com tecnologia bélica avançada.

  11. luisa reis

    Portugal é só vitima das empresas de rating , em relação ao resto estejam descansados !!!
    lol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: