Daily Archives: 2010/04/26

Quids S19: Onde se situam estas cavernas?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 4 comentários

Fernando Nobre: Sobre o TGV e o Novo Aeroporto

O candidato à Presidência da República, Fernando Nobre, exprimiu o seu criticismo perante a vontade do Governo em avançar com as “grandes obras do regime“, como o TGV e o novo aeroporto. Estas obras – na opinião do candidato apoiado pelo MIL – deviam ser adiadas porque devido à grave situação que o país hoje atravessa “com um défice já excessivo e um endividamento externo excessivo também, deveriam ser congeladas, suspensas por vários anos”.

O atual Presidente da República, Cavaco Silva, foi eleito com base de um discurso “economicista“, semelhante a um programa de governo, que induziu muitos eleitores no erro de que ele poderia “governar” e fazer com que o país vencesse a crise em que então já estava bem imerso. Fernando Nobre recordou que não cabe a um Presidente da República governar, nem ter um programa alternativo de Governo, mas nem por isso este se deve coibir a exprimir as suas opiniões sobre questões económicas ou de governação: “É evidente que um candidato a Presidente da República não tem de ter um programa governativo. Agora, é evidente que como cidadão que é e continua a ser, tem direito à sua opinião e é apenas isso que eu estou a dizer aqui”.

Fonte:

http://www.publico.pt/Pol%EDtica/fernando-nobre-espera-que-governo-escute-elementos-do-seu-proprio-partido_1428674

Categories: Economia, Fernando Nobre, Política Nacional, Portugal | 3 comentários

José Maria Martins abriu uma queixa-crime contra a “licenciatura” de Sócrates

O conhecido advogado José Maria Martins empreendeu uma ação de nulidade da licenciatura do primeiro ministro José Sócrates. A queixa-crime que o advogado de “Bibi” entregara após o grande trabalho de investigação empreendido pelo blogger António Caldeira, do “Portugal Profundo” foi arquivada, razão pela qual José Maria Martins decidiu agora avançar com a nulidade da licenciatura de Sócrates.

José Maria Martins

José Maria Martins

O advogado alega que a licenciatura não é verdadeira, nem válida por várias razoes, mas começando pelo facto da Universidade Independente não ter na época a capacidade para aprovar equivalências, algo que de per si, viciaria todo o processo. José Maria Martins alega ainda que não seria possível à Independente conceder equivalências a cadeiras que não estavam ainda concluídas…

Este processo da “licenciatura” de Sócrates não parou portanto de fazer correr água sobre as pontes… Ainda que a memória popular seja muito curta (o que é natural dada a avalanche informativa dos dias hoje) é provável que a maioria dos cidadãos já se tenham até esquecido de todas as (numerosas) áreas cinzentas da licenciatura de Sócrates. A maioria mas… Não José Maria Martins. E ainda bem, porque nada é mais eficiente do que a governação pelo Exemplo, e no que concerne a conduta ética este primeiro ministro está muito longe de ser uma figura modelar ou exemplar, como bem nos recorda esta queixa-crime de José Maria Martins.

Fonte:
http://josemariamartins.blogspot.com/

Categories: Política Nacional, Portugal | 2 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy