Daily Archives: 2010/04/16

Fernando Nobre: aos novos médicos “recusem a tentação de se tornarem simples técnicos de saúde”

No discurso enquanto convidado de honra no aniversário da Faculdade de Medicina, Fernando Nobre exortou os alunos ali presentes a praticarem medicina sem esquecerem a faceta mais humanista da profissão, recusando a tentação de se tornarem simples “técnicos de saúde”.

Respondendo aqueles que – como Marcelo de Sousa – o acusam de nunca ter “pensamento político que se conheça”, Nobre recordou que faz “política” há mais de 31 anos, mas “nunca partidária, nem nunca a farei” e que na sua longa carreira humanitária, à frente da AMI já presenciou as “piores catástrofes de guerra e calamidades naturais, amputado pernas e aberto crânios nas piores circunstâncias”, mas que nenhum destes horrores o marcou tanto com a presente crise de valores da sociedade atual, sobretudo a “falta de respeito, de cada um por si próprio e pelos outros”, que serviu também de impulso para o avanço para a candidatura presidencial que apresentou no Padrão dos Descobrimentos do passado mês de fevereiro.

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/fernando-nobre-faco-politica-ha-31-anos=f567240

Categories: Fernando Nobre, Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal | 6 comentários

Quids S19: Que cidade é esta?

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S19 | 5 comentários

Cinco mitos sobre o Mercado Laboral dos EUA

Durante décadas (literalmente) os economistas longamente citados e adulados pelos meios de comunicação não se cansaram de utilizar o exemplo norte-americano como um exemplo de sucesso no mercado de trabalho. Diziam que o seu modelo de elevada flexibilidade permitia manter níveis de desemprego muito baixos – virtualmente de “pleno emprego” com taxas de desemprego de 5% – e que todos os países do mundo o devia seguir, especialmente aqueles onde a legislação era “rígida” e onde as taxas de desemprego eram cronicamente mais elevadas. Contudo, este modelo não se revelado tão exemplar como parecia, agora em plena recessão global, tendo os EUA uma taxa de desemprego atual já superior a 9.7% (janeiro de 2010) este mito de “sucesso” já não tem nem metade do apelo de outrora… e toda uma série de mitos quanto ao sucesso do mesmo começam também a cair.

Mito: O trabalho será cada vez mais trabalho qualificado e de formação universitária. As restantes atividades serão outsourced para o estrangeiro (Índia e China, sobretudo).
Rebate: Ainda que seja verdade que o progresso tecnológico e a globalização do comércio vão continuar a suprimir postos de trabalho, mas um estudo dos professores Harry Holzer da Georgetown University e Bob Lerman da American University concluíram que mais de metade de todo o Emprego nos EUA ainda é gerado nas áreas de qualificações médias, como Saúde, Construção, Polícia, Escritórios, Comércio, etc.

Mito: A falta de qualificações universitárias é o maior obstáculo à obtenção de um bom nível de vida.
Rebate: Na verdade, aqueles que se revelam como melhor sucedidos enquanto empreendedores e empresários (não confundir com o termo “empresário” atribuído a especuladores bolsistas como Berardo) são na realidade muito frequentemente aqueles que na Escola foram mais rebeldes, mais conflitos criaram com colegas e professores e que geralmente, ou tiveram dos piores desempenhos escolares ou simplesmente, abandonaram a Escola antes de ingressaram numa Faculdade ou de aí terminarem o seu curso.

Mito: as chamadas “soft skills” não podem ser ensinadas. Na verdade, existem formas de ensinar, medir e certificar comportamentos “soft” tais como “responsabilidade” e “interpretação de informação” e há vários estudos académicos nos EUA e no Canadá que comprovam esta capacidade.

Mito: Numa contratação, “apenas importam as competências no que concerne a decisões de contratação”. Treta. Frequentemente, é preciso ter ligações dentro da organização para ser recrutado

Mito: A melhor monitorização para um sistema vem sempre do seu interior. Mito que foi desfeito pela clamorosa incapacidade do sistema financeiro em se auto regular, como ficou cabalmente demonstrado pelo escândalo do subprime, da Enron, da Arthur Andersen, etc…

Fontes:
http://articles.baltimoresun.com/2009-09-04/news/0909030041_1_myth-1-skills-middle-skill/2
http://www.bls.gov/news.release/empsit.nr0.htm
http://explore.georgetown.edu/people/hjh4/?PageTemplateID=179
http://www.urban.org/about/RobertLerman.cfm

Categories: Economia, Sociedade | Etiquetas: | 2 comentários

João Jardim: a sua rede clientelar e nepotista na Madeira

Não há democracia na Madeira. Se existisse, todos os órgãos do Estado e a Economia da ilha não estariam, como estão, na mão de uma pequena elite diretamente ligados ao poder jardínico.

Se houvesse democracia na Madeira, não veríamos esta rede clientelar, familiar e nepotista instalada na Ilha. Senão, vejamos (segundo o mail do nosso amigo Jaime Basílio):

Alberto João Jardim – Presidente do Governo Regional
Filha – Andreia Jardim – Chefe de gabinete do vice presidente do Governo Regional
João Cunha e Silva – vice-presidente do governo Regional
Mulher – Filipa Cunha e Silva – assessora na Secretaria Regional do Plano e Finanças

Maurício Pereira (filho de Carlos Pereira, presidente do Marítimo) assessor da assessora
Nuno Teixeira (filho de Gilberto Teixeira, ex. Conselheiro da Secretaria Regional) assessor do assessor da assessora

Brazão de Castro – Secretário regional dos Recursos Humanos
Filha 1 – Patrícia – Serviços de Segurança Social
Filha 2 – Raquel – Serviços de Turismo

Conceição Estudante – Secretária regional do Turismo e Transportes
Marido – Carlos Estudante – Presidente do Instituto de Gestão de Fundos Comunitários
Filha – Sara Relvas – Directora Regional da Formação Profissional

Francisco Fernandes – Secretário regional da Educação
Irmão – Sidónio Fernandes – Presidente do Conselho de administração do Instituto do Emprego
Mulher – Directora do pavilhão de Basket do qual o marido é dirigente

Jaime Ramos – Líder parlamentar do PSD/Madeira
Filho – Jaime Filipe Ramos – vice-presidente do pai

Vergílio Pereira – Ex. Presidente da C.M.Funchal
Filho – Bruno Pereira – vice-presidente da C.M.Funchal, depois de ter sido director-geral do Governo Regional
Nora – Cláudia Pereira – ANAM empresa que gere os aeroportos da Madeira

Carlos Catanho José – Presidente do Instituto do Desporto da Região Autónoma da Madeira
Irmão – Leonardo Catanho – director Regional de Informática

Rui Adriano – Presidente do Conselho de administração da Sociedade de Desenvolvimento do Norte e antigo membro do Governo Regional
Filho – Director do Parque Temático da Madeira

João Dantas – Presidente da Assembleia Municipal do Funchal, administrador da Electricidade da Madeira e ex. presidente da C.M.Funchal
Filha – Patrícia – presidente do Centro de Empresas e Inovação da Madeira
Genro (marido da Patrícia) – Raul Caíres – presidente da Madeira Tecnopólio
Irmão – Luís Dantas – chefe de Gabinete de Alberto João Jardim
Filha de Luís Dantas – Cristina Dantas – Directora dos serviços Jurídicos da Electricidade da Madeira (em que o tio João Dantas é administrador)

João Freitas, marido de Cristina Dantas director da Loja do Cidadão

Tomei a liberdade de modificar alguns “títulos”, dulcificando a dose, mas os nomes que foi possível confirmar… Conferiram e dão uma efetiva e claríssima imagem da situação na Madeira, da verdadeira situação de emergência democrática que se vive aqui e da flagrante inércia da República portuguesa perante esta verdadeira possessão da administração pública na Madeira por esta pequena clique se sugadores de impostos.

Categories: Justiça, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: , | 13 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade