Fernando Nobre e Maria de Lurdes Pintassilgo: Duas candidaturas presidenciais “idênticas”?

Paulo Rangel declarou que a candidatura de Fernando Nobre à Presidência da República lhe “fazia lembrar a Maria de Lurdes Pintassilgo”. Rangel reconheceu que a decisão de Nobre em avançar com a candidatura “é um ato de generosidade. Não sei se depois vai ser um ato totalmente consequente, mas isso logo se vê. Não me cabe a mim fazer análise política”.

A associação com a candidatura de Lurdes Pintassilgo é de facto de certa forma correta. Mas não totalmente, ainda que esse possa ser o desejo de Rangel… Nas Presidenciais de 1986, Lurdes Pintassilgo concorreu sem o apoio de qualquer máquina partidária, mas envolta de um grande e merecido prestígio, recolhido durante a sua curta passagem pelo governo. Em 1985, formalizava a sua candidatura com mais de 15 mil assinaturas, um valor notável para quem concorria fora dos partidos e então, estava claramente destacada em todas as sondagens. Mas a força dos aparelhos da partidocracia haveria de se fazer sentir e recolheria então apenas 7,4% dos sufrágios.

Como Nobre, Pintassilgo avançava por imperativo de cidadania. Como Nobre, Pintassilgo avançava sem apoios na partidocracia. Estes, compreendendo muito cedo que o seu monopólio estava ameaçado lançaram sobre Pintassilgo as mesmas calunias que agora derramam sobre Fernando Nobre: ingenuidade, inconsistência política e ingenuidade. Como com Pintassilgo, os aparelhos começam a movimentar os seus caterpilars e já mostraram o tipo de guerra suja que vão lançar contra o candidato. O que se passou com Pintassilgo indica também que há uma possibilidade muito sensível de forçar uma segunda (especialmente com Cavaco Silva no inglório papel de “presidente mais impopular de sempre”) e de obter uma votação suficientemente significativa para Fernando Nobre que o faça passar essa transição para a segunda volta. Assim tenhamos todos a força, a motivação e a energia para contrabalançar todos os meios que os partidos vão atirar contra a livre e espontânea expressão de cidadania de Fernando Nobre e a nossa livre escolha de o apoiar.

Fonte:
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Paulo-Rangel-diz-que-candidatura-de-Fernando-Nobre-lhe-faz-lembrar-a-de-Pintassilgo-CAUDIO.rtp&article=320804&visual=3&layout=10&tm=9

Categories: Fernando Nobre, Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Fernando Nobre e Maria de Lurdes Pintassilgo: Duas candidaturas presidenciais “idênticas”?

  1. Caro amigo

    Jornalista há 25 anos – ainda que atualmente desempregado – estou a pensar em editar, no dia 25 de abril de 2011, um número especial de homenagem a Maria de Lurdes Pintassilgo.
    Gostaria que colaborasse e, mais do que isso – porque ainda há tempo mas o tempo é relativo – que me indicasse fontes para que fosse feito um trabalho digno, ou seja, de acordo com a nobreza dessa senhora… a tal que apoiei, e em quem votei pela primeira vez (tinha 18 anos).

    Muito obrigado

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: