Vídeos da Intervenção do Dr. Fernando Nobre no Encontro de Voluntários de 13 de março de 2010

Algumas frases do discurso de Fernando Nobre no Encontro de Voluntários do sul de Portugal de 13 de março de 2010

Onde o MIL esteve presente


Cidadão suprapartidário que eu sou, o que não quer dizer que não faço política, faço política há mais de 30 anos.

Eu não sou contra nenhum partido político ou contra os políticos

Tenho amigos em todos os quadrantes da vida política portuguesa. Falei com um amigo de cada partido depois de ter tomado a minha decisão

A democracia não se esgota nos partidos políticos, a democracia vai muito para além dos partidos e a cidadania é um pilar essencial de qualquer estrutura humana.

A minha candidatura não vai contra nenhuma pessoa em particular ou contra os partidos políticos ou contra os políticos.

É uma candidatura de Justiça Social.

É preciso um projeto de mobilização da sociedade portuguesa.

Eu que sou pai de 4 filhos estou particularmente preocupado com a nossa juventude. Já ouvi alguém dizer que faz parte de uma “geração traída” e sinto a minha responsabilidade como se alguma forma eu tivesse também traído essa geração.

Fico particularmente triste quando me apercebo que mais de cem licenciados por dia deixam o nosso país sem ideia de retorno.

Eu acredito em Portugal por isso é que o lema da minha candidatura é “Acreditar em Portugal”. Porque acreditamos que o nosso país pode ter um futuro.

O pilar do Estado a que me candidato tem funções importantíssimas e insubstituíveis.

O pilar da Economia que todos queremos que seja mais cidadã e que nos coloque como seres humanos.

Eu nunca vivi da política mas acredito que tenho os atributos necessárias e suficiente onde poderei criar os pontos de união.

Estar em Portugal é estar no mundo, não só o retângulo que temos com as ilhas dos Açores e a Madeira, mas também com os PALOPs e um mundo que corro há mais de 30 anos.

Eu não vou para Belém para viajar, para descansar, vou para mobilizar. Tenho força anímica suficiente para mobilizar Portugal.

Ao contrário dos comentadores e carpideiras eu tenho dignificado o nosso país.

Não aceito a ideia de nunca ter tido uma ideia política. Até dita por pessoas que dizem que lêem livros. Que leiam os livros que tenho escrito sobre Portugal.

A decisão a concorrer à Presidência da República é uma decisão unipessoal. É um cidadão que se candidata por imperativo de consciência e porque sinceramente acredito em Portugal.

Não podemos continuar a viver numa sociedade em que temos tantos idosos a viver tão mal. Em Portugal há mais de 300 mil idosos com reformas inferiores a 200 euros. Neste país onde a nossa juventude já não acredita que num pais com desigualdades tão profundas.

Não venham com flechas inúteis, de ser isto ou anti aquilo. O meu objetivo é unir os portugueses. Só quem não me conhece é que pode pensar que haja qualquer força que possa empurrar-me para um sítio onde eu não quero ir, serei Presidente da República porque eu quero ir e convosco será possível.

É uma candidatura que nasce da cidadania verdadeira, de vocês, de nenhum apoio partidário.

Quero ver se os portugueses são – como dizem – um povo de carneiros e se se vai bater e acreditar no seu futuro.

Vamos trabalhar para demonstrar que Portugal merece estar nos lugares cimeiros da humanidade, sendo um dos povos ímpares que marcou a humanidade.

O que interessa é mobilizar o país, dinamizar a nossa juventude, olhar para o mundo, na Lusofonia global.

Anúncios
Categories: Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 6 comentários

Navegação de artigos

6 thoughts on “Vídeos da Intervenção do Dr. Fernando Nobre no Encontro de Voluntários de 13 de março de 2010

  1. Votar Fernando Nobre é um voto de Maturidade Politica !

    Votar Fernando Nobre é um voto de Consciência de que Todos Somos UM !

    Votar Fernando Nobre é colocar Portugal plenamente na Consciência no séc. XXI !

    Votar Fernando Nobre representa o Despertar da auto-estima de se ser português! ..

    Em 2011, Portugal estará de retorno a Si mesmo…ao escolher como seu Presidente Fernando Nobre

    Que assim seja!

    Felippa Lobato

    Facebook| Felippa Lobato

  2. é isso Felippa!
    Vamos tornar a acreditar em Portugal!
    por isso me bati tanto para que o MIL também surgisse ao lado desta causa:
    http://www.movimentolusofono.org/

  3. obrigado, VFS!

  4. rui tina

    SIM!!!!!!
    por um PORTUGAL melhor e mais justo
    avança Nobre Fernando

  5. Clavis

    Sem dúvida, razão pela qual sou apoiante ativo desta candidatura, Rui.
    Já se inscreveu como voluntário em:
    http://www.fernandonobre.org
    ?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: