Daily Archives: 2010/03/04

Google: O princípio do fim?

A presente recessão mundial demonstrou que a economia atual estava erguida sobre movimentos cíclicos de Bolha-Rebentamento-Bolha. E nada é imune a este ciclo neoliberal, tanto mais certo, quanto mais “livres” e desregulados forem os Mercados… A Publicidade não é imune a este fenómeno cíclico, dependendo ela também muito de percepções e de sentimentos de valor. E se assim então a Publicidade é ainda um fenómeno mais sujeito a estes fenómenos cíclicos. E se é, então… O presente sucesso estrondoso da Google, é, ele mesmo: cíclico ou… Bolha.

Julga-se que a Google terá hoje perto de um milhão de servidores, espalhados pelo mundo fora, em centros de dados mais ou menos secretos, mas todos de enormes dimensões. Destes, haverá entre 12 e 15, que gerem um volume de tráfego de dados que faz com que a Google seja hoje o terceiro maior emissor de tráfego na Internet, sendo que a empresa não paga praticamente nada por ele, devido às especificidades do seu negócio…

No que respeita a motores de busca, a Google tem liderança absoluta, com mais de 83% de todas as pesquisas feitas em 2009.

No que respeita a dados de georeferenciação, até à pouco tempo, o famoso Google Maps comprava as suas imagens de satélite a empresas terceiras, como a NAVTEQ e a Tele-Atlas, mas agora a Google usa dados próprios e distribui-os de forma gratuita. De facto, a empresa “do no evil” está a repetir a mesma coisa que a Microsoft fez para eliminar o Netscape: distribuir o seu produto (o Internet Explorer) de graça. Algo de semelhante ocorre também no mercado dos smartphones, onde a Google está a distribuir o Android gratuitamente, comendo mercado à Microsoft e à Nokia.

Todo este modelo de gratuitidade de serviços pode terminar se o domínio quase absoluto da Google no mercado publicitário for colocado em causa. Se tal suceder, este monopólio efetivos nos mapas, nos telemóveis, nas aplicações Office (via Google Docs), etc pode subitamente passar a ser cobrado, num ambiente onde virtualmente toda a concorrência foi extinta.

E o fim do domínio pode estar para breve… O estudo “Natural Born Clickers” da ComScore e da Starcoma
Revela que em apenas dois anos houve uma queda de 50% nos anúncios clicados e que apenas 8% de todos os utilizadores da Internet respondem por 85% destes cliques. Sobretudo, este estudo de 2008 revela que metade de todos os clique vêm de adultos com baixos rendimentos. Este estudo indica que o modelo comercial da Google já passou – como o petróleo – o seu Pico de Produção e que daqui em diante é sempre a descer… E é natural que com essa queda, a empresa decida passar a cobrar pelos serviços que hoje são gratuitos e onde por essa mesma razão assumiu posições monopolistas.

Fonte:
http://www.linuxjournal.com/magazine/eof-google-exposure

Anúncios
Categories: Informática, Sociedade | Etiquetas: | 2 comentários

Quids S18: Que filme é este?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S18 | 6 comentários

Rui Pedro Soares: O Outro Curriculum Vitae

Rui Pedro Soares, o Boy-dos-Boys (http://dn.sapo.pt)

Rui Pedro Soares, o Boy-dos-Boys (http://dn.sapo.pt)

Um dos portugueses mais falados (não pelas melhores razoes) é um tal de Rui Pedro Soares, o administrador da PT que aparece profusamente nas escutas do que envolvem o Primeiro Ministro e a tentativa de compra da TVI pela PT.

E quem é final este Rui Pedro Soares? Em primeiro lugar, trata-se de um indivíduo jovem, de apenas 36 anos, idade inusitada para um Administrador da maior empresa portuguesa, justificável apenas por um extraordinário e/ou genial desemprenho profissional ou… Por uma prestação média como militante do PS, isto é, “Boy”. Com efeito, o seu breve currículo começa quando se lembra de colocar a batida imagem de Che Gevara com um poema de Manuel Alegre em t-shirts da JS, durante as Legislativas de 2002. Apesar de tão “extraordinária” ideia, o povo – esse ingrato – não deu a vitória ao PS… Começou bem, portanto, a carreira deste “boy” (ler “boi”) do bipartido PS-PSD! Na campanha, o “boy” defendeu a troca da cor das bandeiras da JS de amarelo para vermelho, organização a cuja direção se haveria depois de candidatar. Perdendo. Em 2004, há notícias deste boy como “informático” (treta…), já que era o responsável pela página de Sócrates na Internet. É contudo certo que nunca escreveu uma linha de código e que nunca compreendeu a plataforma onde o site estava alojado. No máximo, estes “informático” assinou as faturas da empresa que mantinha tudo a funcionar, e recolheu os louros depois…

Na muito polémica eleição de Jamila Madeira à presidência da JS, o nome de Rui Pedro Soares reaparece. Candidata-se e perde rotundamente, ficando em último lugar… Oscilando antes de candidatura para candidatura até acabar por se aproximar da candidata ganhadora.

Rui Pedro Soares aparece depois no departamento de Marketing do Banco Cetelem, onde esteve apenas alguns meses – não deixando marca alguma – e aparece de seguida na Portugal Telecom, onde meteoricamente foi colocado pelo governo do PS em 2006, Rui Pedro Soares repetiu os seus préstimos “extraordinários” movendo-se no mundo da Bola, tão do agrado dos políticos, e negociando o patrocínio da PT aos grandes clubes de futebol, esses imensos sorvedouros de recursos públicos e de investimentos da PT. Obviamente, Rui Pedro Soares e do FCP, sendo grande e incondicional admirador do estilo carroceiro e arrogante de Pinto da Costa. Rui Pedro Soares é também responsável pelos 11 milhões de euros que o Sporting torrou no último mercado de inverno em jogadores de Bola medíocres e mandriões.

Por volta de 2004, este Boy aparece junto à liderança de Ferro Rodrigues dando “apoio técnico” na criação do site do gabinete de Ferro Rodrigues. Meses depois evaporava-se justificando tal retirada com uma das múltiplas promoções que haveria de receber na PT.

Na PT, de facto este “génio da gestão” lá ia saltando de galho em galho. Começa por ser “consultor do conselho de administração”, dando palpites inconsequentes em horários incertos (como todos os “consultores”), depois salta para o pomposo (e poderoso…) cargo de “administrador executivo da PT Compras”, sem razão conhecida, e em 2005, salta para um estrondoso “presidente do conselho de administração da PT Imobiliária”, e apenas um ano depois ascende a “membro executivo do conselho de administração” da PT. É então que repesca outro Boy, Paulo Penedos (filhito de outro barão socialista) para “assessor jurídico” sendo assim enredado no escândalo das escutas a propósito do caso TVI e do truculento sucateiro Manuel Godinho.

Na PT, este “brilhante” Boy ganhava um milhão e duzentos mil euros por ano e estava blindado por uma clausula de rescisão de mais de cinco milhões de euros. Este salário é tão babilónico que corresponde a nada mais nada menos que 16 vezes o salário de José Sócrates!

Fonte:
http://clix.visao.pt/quem-e-o-homem-que-quer-impedir-a-publicacao-do-jornal-sol=f547707

Categories: Política Nacional, Portugal | 7 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade