Mira Amaral passou-me à frente na fila para o “Cartão do Cidadão”. Grumpf.

Mira Amaral

Mira Amaral (http://diario.iol.pt)

Estive recentemente a tratar do meu Cartão do Cidadão. De facto, já devia há muito ter tratado disto, mas tenho sido dissuadido de tal por causa dos longos períodos de espera que existem nos locais onde requeremos este cartão… Foi por isso uma surpresa quando vi o ex-ministro Mira Amaral, entrar na Loja de Turismo dos Açores (Av. Elias Garcia, Lisboa), tirar uma senha e esperar pacientemente pela sua vez enquanto lia um molho de mensagens de mail impressas em papel e as anotava com uma caneta.

O antigo ministro de Cavaco Silva não usou nenhuma “cunha” para passar à frente de ninguém, nem os serviços de qualquer secretária ou funcionário e usou todo o tempo de espera para ir trabalhando. Um bom exemplo, que infelizmente não é seguido por todos os gestores de empresa portuguesas, como bem sabemos…

Subiu vários degraus na minha consideração. Apesar de ser cavaquista.

E pouco depois, tornava a descer… A Loja do Cidadão ficou sem “sistema informático” e todas as pessoas chamadas recebiam apenas essa nota, regressando à sala de espera. Quando este regressou… O ex-ministro sai rapidamente da sala e passa à frente de umas boas dez pessoas, eu inclusive. Obviamente não se livrou de uma bronca e de uma fotografia.

Nota curiosa: ao seu lado estava um velhote de uns 70 e poucos anos lendo o folheto clínico do “Cialis”.

Anúncios
Categories: Política Nacional, Portugal, Sociedade | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “Mira Amaral passou-me à frente na fila para o “Cartão do Cidadão”. Grumpf.

  1. Fenix

    Alguns publicos são assim bem educados.Casos do senhor Cesar dos gorverno regional dos Açores ou senhor Bava da pt.São pessoas simples e esperam A outros mal formados que nem vou preder tempo a escrever os nomes.

  2. Fenix

    À uns anos num hospital publico um rapaz de 19 anos estava a ser ser reanimado numa sala e ia para o bloco para fazerem uma ciruguia de urgencia.Mas teve azar nessa altura chegou vindo de outro hospital publico um senhor publico com quase 90 anos e foi para o bloco a frente do rapaz o rapaz morreu e senhor publico ainda hoje é vivo.Isto é vergonhoso.

  3. histórias assim já se contam por aí há muito tempo… pergunto-me: porque é que nenhuma chegou aos tribunais? onde está a justiça disto? Os VIps valem mais do que nós, os que os fazem VIPs?

  4. Fenix

    A justiça como está não dá razão quem diz a verdade mas sim a quem tem mais dinheiro para um bom advogado.Esta é nossa justiça.Espero um dia possa escrever um livro sobre algumas historias da vida real que se passaram e outras que ainda vão acontecer.Sobre vips e pessoas normais e desconhecidas esperiencias da vida real.Onde alguns mortos falão sobre os vivos.Mas também historias de morrer a rir. E outras de exemplos pessoas dignas de ser chamados de “Santos”. Neste caso o doente vip não teve culpa apesar de consisente desconhecia o que passava a sua volta mas os seus filhos medicos e apesar de da idade avançada do pai fez tudo para o salvar mesmo as custas de outra vida eticamente e moralmente mais viavel.As pessoas calam-se por medo porque não acreditão na nossa justiça.

  5. é verdade. o descrédito da Justiça (real e popular) é provavelmente o maior problema da nossa democracia… e nunca devidamente reconhecido, para mal de todos e interesse de poucos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: