Solução Global para a Corrupção: Acabar com os Off-Shores

Os Off-shores são uma anomalia económica que pouco mais uso tem além de dar cobertura a fugas ao fisco e a operações ligadas ao narcotráfico ou ao tráfico de armas. Concordamos assim – ao mais alto grau – com o presidente do Conselho de Prevenção da Corrupção, Oliveira Martins, que defendeu recentemente a necessidade de combater os “Off-shores”

Sem Paraísos Fiscais não pode haver corrupção em larga escala. Se em todo o mundo, por virtude de algum consensual milagre acordado internacionalmente, todos os Off-shores fossem encerrados, a corrupção galopante que tanta riqueza desvia das populações sofreria um sério e irreversível revez.

Não precisamos de leis abstratas e dificilmente aplicáveis para polícias e tribunais já sobrecarregados contra o “enriquecimento ilícito”. O que precisamos é de ação contra o meio que a corrupção requer para prosperar: os Off-shores. E estes só podem terminar de forma uniforme, consensual e universal. Se um dado grupo de países encerrar os seus Off-shores e outros os mantiverem a funcionar, isso não fará mais do que transferir essas verbas provenientes de corrupção de uns para outros. É assim preciso estabelecer um pacto mundial, em sede da ONU, contra os Off-shores e acabar com todos, em simultâneo.

Fonte:
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1475736

Anúncios
Categories: Economia, Política Internacional | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Solução Global para a Corrupção: Acabar com os Off-Shores

  1. pegasus

    Interessante que a grande maioria desses off-shores são de paises protetorados da Inglaterra ou Estados Unidos, que sabem do que acontece lá, mas não fazem nada, e como isso ja é lugar comum, dizer que eles sabem tudo e dão cobertura, acho que nada será feito, porque o maior interesse é que continue assim.

  2. pois é… basta ver a quantidade de ilhas “britânicas” nessa lista…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: