Daily Archives: 2010/02/15

Gripe A: “o maior escândalo médico do século”. Segundo a União Europeia

Agora que está mais do que estabelecido que a Gripe A tem uma mortalidade inferior à da Gripe Sazonal, parece certo que a OMS foi cúmplice (intencional ou por incompetência) dos laboratórios farmacêuticos que venderam milhões de vacinas e antivirais aos governos de todo o mundo. Isso mesmo reconheceu o próprio presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Parlamentar do Conselho da Europa, Wolfgang Wodard, que classificou a Gripe A como uma “falsa pandemia” e que acrescentou que estaríamos perante “o maior escândalo médico do século”.

As críticas recaem sobre a OMS que levou muitos governos a gastarem fortunas na compra de vacinas e de antivirais de valor clínico duvidoso, fortunas que na Europa ascenderam a mais de 5 mil milhões de euros!

Mas não são estes biliões a maior perda nesta falsa pandemia: a maior perda é a a confiança na OMS, que nunca mais será acreditada se houver uma pandemia verdadeira, por exemplo, quando o vírus da Gripe Aviária mutar – e isso irá acontecer mais cedo ou mais tarde, ninguém levará a sério esses avisos e, em consequência, haverá mais mortes do que necessário (talvez milhões) “apenas” porque os médicos da OMS não souberam resistir à pressão da indústria farmacêutica. É caso para dizer: Obrigadinho!

Fonte:
http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1478235

Anúncios
Categories: Ciência e Tecnologia | 11 comentários

Quids S18: O que é isto?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S18 | 5 comentários

ExtraQuid: Cultura Geral

Cá vai um QUID EXTRA !

NOTA: Usem os vossos nicknames habituais neste QuidExtra!

Regras:

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S18 | 22 comentários

Dos malefícios da aquacultura

Mais de metade dos peixes consumidos na Europa provêm da aquacultura. Poder-se-ía pensar que isso seria positivo para a preservação dos recursos naturais, mas a maior parte dos peixes assim criados são alimentados com farinhas e óleos fabricados a partir de outros peixes pescados em alto mar: sardinha e anchova, sobretudo. De facto, só em 2006, mais de 20 milhões de toneladas de pescado serviram para alimentar peixes em aquacultura. A proporção é extraordinária: 88% do consumo mundial de óleos de peixe e 68% de todas as farinhas de peixe têm como destino a aquacultura!

Uma solução poderia ser criar em aquacultura apenas espécies que consumam algas, não outros peixes. Mas atualmente, até essas espécies estão a ser alimentadas a farinha de peixe, numa proporção que se estima rondar o 1,5, isto é, por cada quilograma de peixe em aquacultura, são consumidos 1,5 quilogramas… Ou seja, ainda que o consumo de peixe seja apesar de tudo ética e ecologicamente mais correto porque não produz tanto sofrimento aos animais consumidos (libertando-os das agruras da agro-pecuária industrial) e ecológica (porque para criar um quilo de carne são precisas centenas de quilos de forragens, com emissões de metano e CO2), a verdade é que o consumo de peixe também está longe de ser completamente adequado. Especialmente o de aquacultura. Algo que temos que ter em conta da próxima vez que fizermos as nossas compras no supermercado…

Fonte:
Science & Vie, novembro de 2009

Categories: Ciência e Tecnologia, Ecologia, Economia | 4 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade