Segundo uma reportagem da ABC: O sexo oral e a prostituição ocasional banalizam-se entre os adolescentes norte-americanos

Uma reportagem televisiva da ABC News está a chocar a América. O tema é chocante e versa sobre a antecipação da vida sexual dos adolescentes norte-americanos e a forma como o estão a fazer, recorrendo ao sexo oral como forma de impedirem a gravidez e de evitarem (supõem) doenças venéreas.

O documentário foi realizado pela realizadora canadiana Sharlene Azam e demorou mais de quatro anos a concluir recebendo o nome muito apropriado “Good Morning America”. A sua mais espantosa conclusão é de que o sexo oral entre os adolescentes é atualmente tão banal como beijar e que a prostituição ocasional que já assolar as escolas secundárias japonesas desde finais de 1990 é muito mais comum do que se poderia acreditar.

Muitos adolescentes seguem a mesma linha de pensamento de Bill Clinton e acreditam que o sexo oral, não é sexo. E de facto, existem estudos do CDC que indicam que mais de 50% dos adolescentes entre os 15 e os 19 já praticaram sexo oral.

A prostituição casual é outro problema em explosão. Muitos adolescentes admitem receberem dinheiro ou favores diversos em troca de roupa, dinheiro ou de trabalhos de casa. A reportagem inclui testemunhos de raparigas que praticam sexo em troca de 100 dólares, tiram t-shirts por 20 e fazem striptease por 100.

Este fenómeno da prostituição casual é especialmente grave entre as raparigas, especialmente as de famílias de classe média e é o produto direto de uma sociedade tornada materialista e consumista até ao mais alto grau, onde o sexo é considerado uma mercadoria e se banaliza ao ponto de deixar de ser considerado enquanto tal. Não existem estudos idênticos para Portugal e para a Europa, mas tendo em conta a presente “globalização cultural” que hoje uniformiza praticamente todos os jovens no Ocidente, não espantaria se a situação entre nós fosse muito diferente: prostituição casual e antecipação da idade de iniciação sexual… E redução do período “criança” da vida dos seres humanos atuais. Para redução decorrente da sua consolidação como adultos plenos e realizados, porque a precocidade de alguém não pode contribuir para a sua transformação num adulto mentalmente são e completo.

Fonte:
http://abcnews.go.com/GMA/Parenting/story?id=7693121&page=1

Categories: Sociedade, Sociedade Portuguesa | Etiquetas: | 15 comentários

Navegação de artigos

15 thoughts on “Segundo uma reportagem da ABC: O sexo oral e a prostituição ocasional banalizam-se entre os adolescentes norte-americanos

  1. É mt triste q uma sociedade entre nessa bola de neve moral, é a direção do fundo do poço, provando q as religiões atuais ñ estão conseguindo colocar o freio moral e espiritual em seus seguidores..Terrivel.

  2. Lusitan

    Hellz yeahhh!!! Pena que a banalização do sexo oral ainda não tenha chegado a Portugal!!!

  3. Lusitan

    P.S.: Se sentirem a necessidade de apagar a minha mensagem anterior não sentirão qualquer tipo de oposição da minha parte!!!

  4. Lusitan

    P.S.S.: São 6:22h da manhã e estou ligeiramente sob a influência do álcool!

  5. de qualquer modo, a nota principal da reportagem é mesmo a da banalização da prostituição casual entre os jovens… o fenómeno ocorre também no Japão e provavelmente até entre nós…
    e é novo!
    não me lembro de nada disto na época em que eu andava nos liceus!

  6. antonio

    triste fim de uma sociedade decadente, que nada de bom deu ao mundo e que tem seus dias contados… é só uma questão de tempo!

  7. receio é o que virá a seguir… os EUA, pese embora todos os seus defeitos, são ainda uma sociedade essencialmente livre (Expressão) e democrática (eleições). Uns e outros estão a ser ameaçadas pelas mega-empresas e pelos seus lobbies. Mas se o sucessor da Democracia americana (com todos os seus defeitos) fôr o regime chinês ou a plutocracia, estamos todos bem tramados.

  8. (Ir)Responsabilidades da Midia

    Deveriam aumentar os alertar, nas escolas, especialmente, entre crianças, dos riscos a saúde que provocam os vícios. É fato que as propagandas induzem às drogas e as libertinagens todos aqueles de pouco desenvolvimento mental ou cultural.
    Aqueles que tem condutas de alto risco a saúde devem rever seus comportamentos ou arcar com o tratamento. É fato que drogas e libertinagens geram várias doenças, transtornos mentais e violência. Algumas empresas já estão fazendo restrições em contratar os que usam cigarros comuns.Conforme documentário na Discovery Science-(15/08/09), o excesso de álcool afeta a formação dos ossos e com o tempo afeta a produção de testosterona nos homens os tornando efeminados.
    German Study: Marijuana Users at Risk for Personality Disorders. Men who use cannabis risk becoming antisocial while women often become depressed and insecure.24/08/09-bbc-Uma pesquisa britânica afirma que o narguilé (o tradicional cachimbo de água, comum no Oriente Médio) é tão prejudicial à saúde quanto o cigarro.
    Mundo | 12.04.2009 -EUA querem proteger crianças de programas com sexo e violência-Seg, 31 Ago, 09h51-WASHINGTON (Reuters) – A Comissão Federal de Comunicações dos EUA vai iniciar um estudo para examinar as várias tecnologias disponíveis para evitar que crianças assistam a programas com sexo e violência. Genachowski disse que as regras existentes para controlar a programação de TV para crianças serão revistas à luz da proliferação de vídeos na internet e outras mudanças tecnológicas.’Os pais devem ter meios de controlar as tecnologias que limitem de forma apropriada a exposição de seus filhos a materiais impróprios’, disse Julius.
    Programas de TV com conteúdo sexual podem contribuir com a gravidez na adolescência, concluiu estudo feito pela organização de pesquisa americana Rand, divulgado no início da semana(nov/08). A pesquisa levou três anos para ser feita, e é a primeira a relacionar programas televisivos com conteúdo picante a comportamento sexual arriscado entre os jovens.
    Milhares de pais nos EUA são professores dos filhos -Mais de um milhão e meio de crianças norte-americanas vão à escola em casa. Os pais que optam por ser, também, os professores dos seus filhos, dizem que só assim conseguem educá-los de acordo com a sua religião.

  9. Rui, um amigo meu viveu recentemente em Tóquio 3 meses, e diz que é frequente raparigas de classes médias, saem da escola e tentam engatar homens de dinheiro ou estrangeiros, com intuito de terem dinheiro para roupas de marca e gadgets de ultima geração, quem diria isto de uma sociedade tão conservadora. Portanto não me espanta nos EUA, qualquer dia a moda pega aqui.

  10. sim, é isso que uma reportagem recente da BBC também documentava.
    o fenómeno aqui descrito nos EUA está muito disseminado no Japão. E não tardará muito a chegar também a nós…

  11. achei esse artigo na mesma semana que assisti ao filme Assombração (Gwai wik, 2006), por acaso, embora não esteja na mesma esfera que esse post é um historia que vale apena ser conhecida e relata problemas de classe similar

    http://delas.ig.com.br/filhos/na+coreia+maes+solteiras+sofrem+com+preconceito/n1237506898306.html

  12. a coreia do sul é (como o japão) um país estranho… exemplode modernidade, misturado com um tradicionalismo veemente!

  13. nao tinha pensado nisso o q achou da reportagem?

  14. sim, e não penses que o problema não se passa também por cá…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

%d bloggers like this: