Energia das Ondas: uma alternativa viável para Portugal, apesar do flop dos Pelamis?

Apesar do facto do projeto escocês de Energia das Ondas de Peniche ser um fiasco, com os sistemas instalados parados à meses devido a fragilidades estruturais dos mesmos, a Energia das Ondas é viável e potencialmente uma das mais promissoras fontes de energia para o país.

A questão está nem tanto em procurar um sistema muito diferente, mas recorrer ao mesmo sistema, mas com materiais mais resistentes. Essa é a opinião de Manuel Mota, da Universidade do Minho, líder do Centro de Investigação de Engenharia Biológica.

O problema está em que os dispositivos Pelamis não foram capazes de resistir à forte ondulação do Atlântico… Se este problema for corrigido, a produção de energia a partir das ondas pode regressar à costa portuguesa, especialmente adequada a esta energia pela regularidade da ondulação entre Peniche e Caminha, podendo ser uma fonte complementar à energia eólica e um essencial suporte para a caprichosa e imprevisível hidroelétrica.

Fonte:

http://aeiou.expresso.pt/energiaenergia-das-ondas-tem-futuro-em-portugal-desde-que-sejam-encontrados-materiais-resistentes-a-forca-do-mar=f558394
http://www.pelamiswave.com/

Anúncios
Categories: Ecologia, Economia, Política Nacional, Portugal | 5 comentários

Navegação de artigos

5 thoughts on “Energia das Ondas: uma alternativa viável para Portugal, apesar do flop dos Pelamis?

  1. então cuidado com os pelamis…

  2. Mt bom, td q possa nos dar energia sem custos é destruir e ou poluir o meio ambiente é mt bemvindo.. espero q o BRASIL entre nessa onda de obter energia :Eólica, solar e das mares, com afinco e denodo. Td o planeta só agradece.

  3. Carlos o Brasil já tem pesquisa neste assunto, só não sei em que nível está. A propósito a Venezuela está trabalhar em conjunto com o Brasil e outros países latinoamericanos, é o que a noticia diz.

  4. pegasus

    Desculpe a ignorancia desse brasileiro, mas se Portugal não tem um tamanho grande, sera, e digo, sera que 1 ou 2 usinas nucleares não dariam conta da demanda portuguesa, sei que estou falando contra aqueles que veem na energia nuclear todo aquele problema ambiental, mas no atual desenvolvimento dessa tecnologia, com aumento de segurança, onde custo e beneficio começam a pender para beneficio, me dou a liberdade de perguntar se não seria uma alternativa viavel a Portugal???

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: