Daily Archives: 2010/01/23

T Pyxidis: A Supernova que pode destruir a vida na Terra… Daqui a 10 milhões de anos

Uma estrela anã branca está afinal mais perto da Terra do que se pensava… A estrela está perto da sua erupção regular e pode representar uma ameaça para o nosso planeta. A estrela é uma possível supernova e faz parte de um sistema binário chamado T Pyxidis estando situado na constelação de Pyxis, no hemisfério sul e está a 3260 anos luz. O que não é mau. Mas se a estrela se tornar numa supernova – como agora parece certo – a radiação gama resultante irá chegar ao nosso planeta e pelo seu efeito na atmosfera, destruir completamente a camada de ozono.

Felizmente, temos ainda… Dez milhões de anos para nos prepararmos para o colapso gravitacional da estrela que produzirá uma supernova de Tipo 1a, libertando no ato, dez milhões de vezes a energia de uma Nova.

Sabe-se que uma Supernova a menos de cem anos-luz da Terra terá nesta efeitos terminais sobre a vida no nosso planeta, mas acredita-se agora que mesmo a 7500 anos-luz tal fenómeno astronómico poderá ter efeitos devastadores havendo ainda a possibilidade de a estrela ser ainda mais instável do que se pensa atualmente de a explosão poder ocorrer muito mais cedo do que o antecipado.

Fonte:
http://www.space.com/scienceastronomy/100104-aas-close-supernova.html

Anúncios
Categories: SpaceNewsPt | Deixe um comentário

F-X2: Estado atual do programa: (Rafale F3, Gripen NG ou Super Hornet)

Existem notícias relativamente seguras segundo as quais a Força Aérea Brasileira (FAB) teria optado pelo Saab Gripen NG para o F-X2. Este é um indício de que o favoritismo do Dassault Rafale está em questão, ameaçado pelo elevado custo unitário de cada aparelho. A Dassault assume essa diferença, alegando que esta dá ao Brasil “uma opção de menor risco” e acrescentado que “o nosso produto pode ser mais caro que o sueco, mas é preciso ver que no longo prazo esse investimento trará menos riscos e, provavelmente, menos custos à FAB”. O caça francês mantêm aparentemente a preferência do ministério da Defesa, um apoio suportado pela tão almejada “independência tecnológica” que só a França parece ser capaz de assegurar. É claro que o Gripen é consideravelmente mais económico que o Rafale, em custo (metade do preço) e em manutenção. Além do mais, também oferece interessantes contrapartidas tecnológicas. Nestes pontos, a opção norte-americana, o Boeing F/A-18 está bem aquém do caça sueco assim como do francês.

Atualmente parece haver uma guerra de bastidores entre o governo (que favorece o Rafale F3) e a FAB (que favorece o Gripen NG) quanto a quem serão comprados os 36 caças. Ninguém parece estar a torcer pelo Super Hornet…

A preferência da FAB consta de um parecer com 390 paginas e divulgado no Folha de São Paulo e que apresentaria as preferências da FAB na seguinte ordem: Gripen NG, Super Hornet e, por fim, a preferência política, o Rafale.

Contra os suecos, corre também o facto do Gripen NG ainda não ser mais do que uma proposta… Ao contrário do Rafale F3 e do Super Hornet. Essa incerteza pode até anular a suposta vantagem financeira do Gripen, já que é difícil estimar com exatidão o custo de compra e manutenção de um avião que ainda não existe. A divulgação pública da preferência da FAB indica – que indignou Lula da Silva – terá servido como uma forma de pressão contra o Governo e, paradoxalmente, pode acabar por se virar contra o Gripen e afastá-lo de vez do concurso F-X2.

Esta luta “fratricida” entre a FAB e o Ministério da Defesa pode significar um novo adiamento da decisão do aparelho vencedor até – talvez – ao sucessor de Lula na presidência! Algo que já foi negado pelo próprio Lula, mas que fica sempre no campo das possibilidades… Neste aspecto, o adiamento seria uma boa notícia para adversários do Gripen, já que permitiriam ao Brasil “renegar” o acordo militar de cooperação com a França, assinado em 2009 e no âmbito da qual Lula chegou até a dizer que o Brasil estava disposto a negociar com a França a compra dos Rafales. Estes indícios têm sido reforçados várias vezes por declarações do ministro da Defesa e do próprio Lula da Silva que, recentemente, terá afirmado que o “preço dos 36 aviões-caças para renovar a frota da FAB (Força Aérea Brasileira) não é um fator determinante para sua escolha e que sua decisão vai levar em conta a soberania do país, inclusive a tecnológica.”

Fontes:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u676389.shtml
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u676636.shtml
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u676857.shtml
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u677070.shtml
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u679133.shtml

Categories: Brasil, DefenseNewsPt | Etiquetas: | 14 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade