Governo alemão: O “Googlepólio” está aí.

Foi a própria ministra alemã da Justiça, Sabine Leutheusser-Schnarrenberger que declarou que a Google se está a tornar num “monopólio gigante” e que o Estado alemão irá agir contra a multinacional se esta não parar de compilar dados sobre os seus utilizadores.

A ministra alemã exprimiu igualmente a mesma preocupação que por aqui já publicitámos: a Google está a ficar demasiada omnisciente e omnipresente, uma tendência que ainda aumentou mais recentemente com a aparição do Google Books e – sobretudo – do Google Earth, sendo que o último destes foi já alvo de vários processos judiciais por violação das mais básicas regras de privacidade.

A questão está em saber o que é que a Google sabe exatamente sobre cada um de nós, para além que nos deixa ver na nossa “Google Account” e, acima de tudo, o que faz com eles… É claro que a Google faz tudo isto na cobertura de gigantescas lacunas legais, fruto do laxismo dos legisladores. Aproveitando estes desfasamentos, a multinacional continua aumentando paulatinamente o seu poder, prolongando-o a praticamente todas as vertentes da atividade cibernética, desde o Office (GoogleDocs), ao correio eletrónico (Gmail), navegação na Internet (Chrome), Georeferenciação (Google Maps), Busca Local (Google Earth), etc, etc. Praticamente, em tudo o que fazemos está a ser feito na Google e oferecendo dados pessoais à multinacional, que depois os utiliza (supostamente) para nos apresentar publicidade direcionada. Ou para mais… Não se sabe, já que a empresa não dá aos seus utilizadores os dados que possui sobre eles próprios.

Fonte:
http://www.publico.clix.pt/Tecnologia/alemanha-receia-monopolio-gigante-da-google_1417205

Categories: Economia, Informática, Portugal | Etiquetas: | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: