Daily Archives: 2010/01/18

Sobre a recuperação da roda avariada do Spirit

O rover marciano Spirit arrasta uma das suas rodas há mais de 3 anos. Por isso, foi com surpresa que os cientistas da missãoong shot” para obterem mais tração) para que o rover saísse das areias onde está atolado desde 6 de maio de 2009, a roda… Respondeu.

A roda parou em 2006 devido aquilo que então se diagnosticou ser “um circuito aberto”. Mas agora que a roda foi posta de novo a funcionar – ainda que longe da sua potencia máxima e que tenha parado pouco depois – há uma esperança renovada para tirar o Spirit do literal atoleiro onde está encravado e assim de o manter a percorrer a superfície marciana até ao seu sétimo ano de presença em Marte.

Fonte:
http://www.space.com/missionlaunches/091221-spirit-wheel-spin.html

Anúncios
Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: | 2 comentários

Quid S17: Como se chama esta torre?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S17 | 7 comentários

Sobre a estratégia de Obama para o Afeganistão

A estratégia de Obama para o Afeganistão passa por uma abordagem em três fases:
1. Um reforço militar
2. A afeganização da guerra
3. Uma estratégia de retirada.

Este plano em três fases é pelo menos lógico e coerente, o que é muito diferente da confusa e desnorteada estratégia de Bush. E bem precisado está o Afeganistão de uma nova estratégia, com uma situação militar que se agrava todos os dias e com parcelas crescentes do território afegão a caírem nas mãos dos talibãs.

Um dos pontos fulcrais para a fase dois (a “afeganização”) seria a legitimidade do governo democraticamente eleito. Infelizmente, aí Obama errou rotundamente, comprometendo no processo o sucesso de toda a estratégia. As presidenciais de agosto de 2009 foram manchadas por suspeitas generalizadas de fraude e por corrupção galopante em todos os níveis da administração e das forças de segurança. Em tal clima, o envio de mais trinta mil homens (fase um) encontrará o devido ambiente para ser bem sucedido? Se o governo local é cada vez mais ilegítimo, como pode Obama esperar que o seu inepto e corrupto exército seja capaz de aqui a cinco anos suportar totalmente o esforço de guerra? Sem uma limpeza do governo, novas (e legítimas) eleições e uma profunda reorganização do país, nas bases locais e tribais que sempre o formataram, não haverá jamais um Afeganistão pacífico. Se Obama quer sair do Afeganistão terá que começar por retirar o apoio norte-americano ao corrupto governo de Hamid Karzai, tornar o país num Estado federal muito descentralizado e apoiar esta estratégia com a visão em três fases acima indicada. Mas com “aliados” locais com outra credibilidade e num tipo de Afeganistão radicalmente diferente daquele que conhecemos…. Ou a fase de “afeganização” de Obama será tão bem (mal) sucedida como a de Gorbachev, depois da retirada das divisões soviéticas…

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/2010afeganistao-ultima-missao-com-nova-estrategia-e-mais-homens-no-terreno=f554829

Categories: Política Internacional | Etiquetas: , | 4 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade