Daily Archives: 2010/01/17

As OGMA continuam a recuperar os C-130 da Força Aérea Líbia

C-130 da Força Áerea Líbia (http://i152.photobucket.com/albums/s193/KieronP)

A OGMA continua o trabalho de renovação dos aviões Hércules da força aérea líbia que começaram em outubro de 2007. Ate agora 3 foram entregues ao aeródromo de Meliga e o trabalho decorre num quarto aparelho. Um destes aparelhos era visível há ainda não muito tempo atrás, numa das pistas da OGMA, em Alverca, aguardando o voo de regresso até à Líbia.

A Lockheed Martin tinha dado ordem para parar com estes trabalhos, depois de ter recebido instruções para tal por parte do Governo norte-americano, por causa das sanções dos EUA à Líbia – ainda em vigor – mas o problema foi resolvido registando o avião com uma matricula civil e assim a empresa aeronáutica portuguesa acabou por receber as peças e a autorização para terminar as reparações dos Hércules líbios.

Esta reparação destes aparelhos de transporte é apenas um segmento de um extenso programa de manutenção que os líbios estão a conduzir na sua força aérea, praticamente tornada em simbólica por décadas de sanções. A maioria dos aparelhos líbios continuam inoperacionais, mas a Dassault já renovou alguns Mirage F.1 e empresas ucranianas, MiG-23, pelo que a Líbia começa a ter novamente uma força aérea à altura daquele que é ainda hoje um dos três maiores exportadores africanos de petróleo, entre a Argélia e a Nigéria.

Fonte:
Air Forces Monthly, dezembro de 2009

Anúncios
Categories: DefenseNewsPt, Portugal | Etiquetas: , | Deixe um comentário

O Ciclo Solar engasgou

(Manchas Solares em http://www.ciencia-cultura.com)

As Manchas Solares são regiões mais escuras do Astro Rei que podem ser tão grandes que caberiam nelas dez planeta Terra. As Manchas Solares são a expressão mais visível do magnetismo solar e no dito “máximo solar” ou seja no pico de atividade magnética do Sol desencadeiam na superfície do Sol tempestades com protuberâncias com velocidades superiores a 100 km por segundo. Após esta época de turbulência, o Sol entra num período de tranquilidade. Ora, depois da sua última época calma, a superfície do Sol continua calma. O primeiro ciclo solar registado pelo Homem data de 1761, mas é possível seguindo fontes mais antigas, recuar até pelo menos 1610.

O problema é que o ciclo atual não deu ainda ares da sua graça. Supostamente, o ciclo devia ter começado em começos de 2008, mas tal de facto, ainda não aconteceu. Alguns astrónomos vieram depois dizer que o novo ciclo solar iria afinal começar em 2009. Mas parecem ter também falhado… De facto, o ciclo já começou em janeiro de 2008 como indicam as observações da inversão da polaridade do campo magnético das raras regiões ativas que hoje existem no Sol.

O satélite europeu Ulysses mediu uma queda superior a 20% da pressão do vento solar desde os anos 90, uma diminuição de 0,02% da radiação solar desde 1996. Não nos preocupemos, contudo, excessivamente: o Sol continua a ser uma estrela muito estável, especialmente se comparada com outras. E vai continuar a ser estável durante mais 4 ou 5 biliões de anos. Mas o ciclo de inversão de polaridade do campo solar de onze anos que consiste no transporte progressivo de gás magnetizado do equador para os polos está agora a acontecer com uma intensidade anormalmente baixa, isso é certo, e a ter um inesperado (e positivo) no Aquecimento Global, dando à Humanidade um bónus inesperado que esta tem que aproveitar. O trabalho de dois cientistas norte-americanos: Mattew Penn e William Livingstone indica que se a tendência atual de queda de temperatura das manchas solares continuar, já em 2015, todas as manchas poderão ter desaparecido definitivamente do Astro Rei e as próximas gerações não as verão mais.

Fonte:
Science & Vie, novembro de 2009

Categories: Ecologia, SpaceNewsPt | Etiquetas: | 2 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade