Daily Archives: 2010/01/13

A Royal Navy vai ter apenas um porta-aviões, o “Queen Elizabeth”

O "Queen Elizabeth": o novo (único) porta-aviões britânico (http://www.yofavo.com)

A Royal Navy concordou em sacrificar um dos seus Porta-aviões de forma a poupar 8,2 biliões de libras. Oficiais superiores da Navy lutaram durante quase duas décadas para garantir os dois novos navios, mas acabaram por ceder devido aos custos galopantes do avião JSF que estes irão embarcar.

É tarde demais para que a Royal Navy renegue os contratos de construção para os dois porta-aviões, já que o Queen Elizabeth deverá entrar ao serviço em 2016 e o Prince of Wales em 2018. Embora o segundo navio seja construído será usado como navio de comando anfíbio equipado com helicópteros e não com JSFs.

A decisão vai deixar a Royal Navy sem nenhum porta-aviões quando o Queen Elizabeth estiver na doca seca havendo então a opção de usar um dos porta-aviões franceses. A decisão vai cortar o numero de JSFs DE 138 para 50 com uma poupança de 7,6 biliões de libras. Aos preços atuais, cada JSF custa mais de 90 milhões de libras cada, mas o valor pode ascender facilmente às 100 milhões.

Usar o Prince of Walles como um navio anfíbio vai também poupar 600 milhões de libras, o preço que seria necessário gastar para substituir o HMS Ocean, que sairá do serviço em 2018.

Com esta decisão encerra-se (definitivamente?) o capítulo da História mundial em que a marinha britânica era uma das mais importantes do mundo: normalmente, navios do tipo de um grande porta-aviões podem passar até 6 meses por ano em manutenção, e isso significa que pela primeira vez, desde a 1a Guerra Mundial, a Royal Navy não terá nenhum Porta-aviões disponível para apoiar os seus navios de superfície (também cada vez mais escassos) numa operação no estrangeiro. Se ocorrer nova crise como a das Malvinas, na década de 80, o Reino Unido poderá ter apenas um porta-aviões ou mesmo nenhum disponível para uma operação de resposta… E terá que contar com os seus aliados (com a sua própria agenda) para organizar algum tipo de resposta. Patético e mais um passo no ocaso de uma outrora grande potencia…

Fonte:
Air Forces Monthly, dezembro de 2009

Categories: DefenseNewsPt | Etiquetas: | 3 comentários

Quids S17: Que carro é este?

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos e correrão até que um nickname novo, num IP novo, chegue aos 100% ou se tendo passado mais de 48 horas, ao participante que recolher melhor classificação.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S17 | 5 comentários

O Iémene será o novo Afeganistão na “Guerra contra o Terrorismo”?

Soldados governamentais iemenitas (http://www.euronews.net)

Soldados governamentais iemenitas (http://www.euronews.net)

O recente ataque bombista falhado no dia de Natal de 2009 foi seguido de uma série de declarações de responsáveis governamentais norte-americanos que parecem apontar no sentido de que existirá a muito curto prazo um incremento das atividades militares dos EUA no Iémene, país onde terá recolhido o bombista a sua carga letal.

Se hoje a guerra mais intensa em curso corre no Afeganistão, estão a criar-se condições para que esta seja seguida de um novo conflito no Iémene, após a queda do seu governo pró-ocidental. O Ocidente não tem condições para combater numa terceira frente, se o governo iemenita tombar e se assim for é bem provável que a Al Qaeda encontre aqui o refúgio seguro que tinha antes no Afeganistão… E desta feita, sem os meios que continuam empenhados no Iraque e no Afeganistão.

Fonte:
http://www.dvorak.org/blog/2009/12/27/yemen-the-crotch-bomber-scapegoat/

Categories: DefenseNewsPt, Política Internacional | Etiquetas: | 1 Comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade