Daily Archives: 2010/01/08

A China quer construir uma base naval no Índico Ocidental

A China apresenta-se cada vez mais como uma superpotência… Sinal disso mesmo é a opção pela Marinha como o ramo das suas forças armadas que mais investimentos terá na próxima década e a recente declaração do almirante chinês, Yin Zhuo de que a China iria construir uma base naval no Golfo de Aden de forma a “poder apoiar melhor as operações contra os piratas somalis”.

De facto, a China mantêm na região duas fragatas, envolvidas em discretas missões anti-pirataria, que dependem do tradicional aliado paquistanês para se abastecerem e, mais recentemente, de uma base naval francesa no Djibuti. “Discretas” porque na mais recente missão de “salvamento” a marinha chinesa se limitou a pagar um resgate de 4 milhões de dólares e a ir recolher os 25 marinheiros libertados, sem disparar um único tiro.

As intenções chinesas são óbvias e pouco têm a ver com os somalis. Com bases já ativas no Paquistão e na Birmânia, falta agora à China no Oceano Índico – o oceano por onde transita o petróleo que importa em doses massivas do Médio Oriente – uma base mais a Ocidente, precisamente perto da Somália ou na África Oriental. O Índico é nas palavras recentes de outro alto responsável governamental chinês o foco da atenção estratégica chinesa para o próximo decénio e uma base no Índico Ocidental cumpriria muito perfeitamente esse propósito.

Fonte:

http://www.telegraph.co.uk/news/worldnews/asia/china/6911198/China-may-build-Middle-East-naval-base.html

Anúncios
Categories: China, DefenseNewsPt, Política Internacional | 44 comentários

Quids S17: O que provam estes esqueletos?

Categories: Quids S17 | 7 comentários

Insurgentes iraquianos conseguem invadir o canal de vídeo dos UCAVs Predator

Pois é. Aquilo que se esperava acontecer – mais cedo ou mais tarde – com tanta informatização nos exércitos modernos, aconteceu: um grupo de insurretos no Iraque terá penetrado a rede dos aviões sem piloto Predator da USAF e visto em tempo real as imagens de vídeo que eles emitem.

Por enquanto, estes hackers iraquianos foram apenas capazes de penetrar num canal de emissões de vídeo, e segundo o exército dos EUA, não houve tentativas de interferir com o sistema de comando e controlo dos UAVs, nem para o tornar indisponível, nem para assumir o seu controlo.

O hacking foi possível porque os insurretos iraquianos terão adquirido uma cópia do SkyGrabber na Internet e recolhido imagens enviadas por links não codificados usados pelos Predator. Segundo o Wall Street Journal, os serviços de informação iranianos teriam assistido os insurretos xiitas nesta invasão dos sistemas de “vídeo streaming” dos drones, algo que ficou patente em provas recolhidas em vários laptops obtidos pelas forças dos EUA no Iraque e que continham indícios dessas ligações assim como horas de vídeos dos voos dos Predator. Esta situação é conhecida desde finais de 2008 e poderá estar também a acontecer no Afeganistão e no Paquistão onde os Predator estão a operar ainda mais intensamente com os seus data links de vídeo streaming não encriptado…

Os “data links” de controlo dos UCAVs são encriptados e logo será muito mais difícil penetrá-los e – no caso mais grave – virá-los contra as próprias forças que os construíram, mas não é uma impossibilidade teórica, especialmente porque num sistema tão utilizado como o Predator os laxismos e os excessos de confiança poderão levar a que os operadores não substituam as chaves de encriptação com a frequência que deviam ou que utilizem chaves fracas (se o sistema o permitir). Na Segunda Grande Guerra, os britânicos quebraram as Enigma porque no calor da batalha os operadores desta máquina de códigos alemã se desleixavam e repetiam chaves como “qwerty” ou “asdf”… O mesmo poderá acontecer com o sistema de comando dos Predator?…

Por outro lado, ainda que esta invasão cibernética não seja o tal “worst case scenario” implica de per si algo já suficientemente mau: os insurgentes podem desde 2008 ver o que os UCAVs estão a ver e tomarem as medidas evasivas suficientes para os iludir ou anular as operações que os drones estão a conduzir… É por isso vital – para manter a operacionalidade destes engenhos – cifrar todas as comunicações… Uma lição que deve ser aprendida por todos os países que desenvolvem UCAVs de última geração, como o nEUROn europeu ou como os projetos idênticos que hoje decorrem na Rússia e nos EUA.

Fonte:
http://www.military.com/news/article/insurgents-hacked-drone-feeds.html?ESRC=topstories.RSS

Categories: DefenseNewsPt, Informática | Etiquetas: | 8 comentários

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade