A Mectron prepara-se para vender mais mísseis ao Paquistão. Danando a Índia no processo…

http://www.mectron.com.br

A empresa brasileira Mectron (que por acaso está a precisar de um webdesigner) está em negociações com o governo paquistanês para a venda de mais um lote de mísseis. O modelo sobre a mesa é diferente do vendido recentemente, mas arrisca-se a repetir os protestos indianos da venda anterior. A venda ao Paquistão irá comprometer outros negócios pendentes entre o Brasil e a Índia e que o ministro da Defesa, Nelson Jobim irá levar à Índia novas propostas de negócios de Defesa. A venda da Mectron ao Paquistão, o arqui-inimigo indiano, arrisca-se a comprometer essas hipóteses…

Estes negócios continuados com o único país muçulmano do mundo que tem a bomba atómica podem ser rentáveis, mas estão a prejudicar as relações com o único país que no futuro será verdadeiramente capaz de conter o expansionismo demográfico e territorial chinês: a Índia. Estrategicamente, todos os países livres e democráticos do mundo devem unir-se e não vender armamento e transferir tecnologia com o “outro lado”, seja ele a China ou o mundo muçulmano, que tem nos seus planos cilindrar sob uma jihad mais ou menos bélica todo o globo e impor-nos a sua ideologia e forma de vida. É este tipo de regimes – e ainda por cima um aliado tradicional da China – que queremos ter como aliado estratégico do maior país lusófono do mundo? Não me parece…

Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/brasil/ult96u649612.shtml

Anúncios
Categories: Brasil, DefenseNewsPt | Etiquetas: , | 17 comentários

Navegação de artigos

17 thoughts on “A Mectron prepara-se para vender mais mísseis ao Paquistão. Danando a Índia no processo…

  1. Quem escreveu este artigo parece-me um fanatico eleitor republicanoide orfa da dotrina Bush.Acho q deveriam avisar a ele que està na hora de trocar retorica.Chin-America(G-2) e uma è ralidade incontestavel e o Brasil deveria ser tao idiota ,fobico,preconceituoso,arrogante e cortar a relaçao/ coperaçao em materia de defensa por qual insano e obscuro interesse,em pro de que ou de quem?
    Sò pra informar as relaçoes entre BraSil e a India nao foram e nao serao minimamentes danificadas por essas vendas, e mais, o paquistao possui uma infinidade de material belico de origem americana.F-16 è russo? -.- esses misseis nao afeta o equilibrio militar das 2 forças armadas e nao haverà nem trasferencia de tecnologia.A diplomacia brasileira sabe o que faz e è reconhecida pela sua otima preparaçao. POR ULTIMO é BOM DEIXAR ESSA PALHAçADA DE QUERER SEMPRE GENERALIZAR E FAZER DO ISLAM SINONIMO DE FANATICOS Terroristas “que tem nos seus planos cilindrar sob uma jihad mais ou menos bélica todo o globo e impor-nos a sua ideologia e forma de vida”-essa è descriçao do “imperio” dos USA que qer nos fazer creer que sò existe uma visao do mundo :A DELES.a famosa GLOBLIZAçAo ou melhor americanizaçao do mundo è o que?nos escravos covardes e oportunistas abaixamos a cabeça e trocamos nossa alma\cultura pela deles.quer ter sucesso na vida(trabalho principalmente)? tem que aprender ingles espahnol portuges italiano virou lixo.Musia boa? sò se for ingles. Tudo que for anglofono presta,artorica a ideologia ….os interesses estrategicos nossos tem q ser o deles verdade? “STOP” um puco de dignidade e cabeça propria pra pensar por favor toh de saco cheio ,mudou a cor do presidente e a retorica,mais nao pr isso è menos perigoso ao contario ,quem abaixar a guardia agora vai se ferrar. China nao è perfeita ,e nao confiou nela mas nao confiu nem nos Usa( a divida americana è em mao a qum ?) porem os interesses nacionais vao alem disso. E mais bora deixar de arrogancia e presupor que ocidente è justo e correto ,que exemplo nao temos: 2 guerras mundiais ,escravismo,opressao colonizadora ,nazismo,fascimo,destruiçao do ambiente,olocausto,genocidios …etc. è bom lembrar os USA(EUA) è naçao mais belicista da historia moderna,praticamente sempre esteve em guerra mesmo que seu territorio nunca fosse ameaçado.11/09? nsidejob

  2. folha nao presta mesmo .

  3. “É este tipo de regimes – e ainda por cima um aliado tradicional da China – que queremos ter como aliado estratégico do maior país lusófono do mundo? Não me parece” o autor deduz automaticamente, de maneira falsa e enganosa que o BRasil se tornera socio estrategico de dita naçao por uma simples venda ( para a mectron e para o desenvolvimento tecnologico importantissima ,rumo a recuperaçao da dignidosa industria belica brasileira ds anos da ditadura,estrategica num contesto de uma unia lusofona independente em materia de defensa.O desenvolvimento belico custa e necesita tanto do apoio das FFAA quanto da exportaçao pra baratear os custos) de misseis.Nos documentos oficiais no momento ,por quanto de minha conhecencia , o Brasil tem aliança estratégica apenas com a França,que em materia de independencia è um exemplo que os brasas querem seguir, prque mesmo paris fazendo parte da otan possui uma ampla independencia dos 2 princpais polos da industria militar( USA e RUSSIA).
    P.s.Como sempre desculpem os erros e o meu pessimo portugues.ABRAçOS

  4. A China apoia as tiranias genocídas do Sudão e da Birmânia.
    Mantêm ocupados imperialmente e coloniza dois países soberanos: o Tibete e o Turquestão.
    Reprime os seus cidadãos, com prisões arbitrárias e censura violenta. Não é um país democráticoe e tem grandes níveis de corrupção e desregulação laboral e ambiental.

    Este é o país que alguém deve escolher como aliado?
    E com ele, o Paquistão, seu grande aliado?

    Não me parece.

  5. Olà Clavis.
    Com todo o respeito , a sua opniao me parece prejudiciosa .
    O Portugal tem como aliado estrategico os Usa e fazeno parte da Otan è normal ,certo ? Os Usa quantas ditaduras apoiaram e apoiam ? Argentina,Brasil…etc,praticamentente em toda a america latina . a ditadura de pinochet no chile foi pouco cruenta?Mesmo assim os USA se definem bastiao e portadores de paz e democracia.é claro em um cimiterio existe paz e posso dizer atè democracia e todo muno è de acordo ja que nao existe oposiçao contra minha leadership ou nao ?Os mortos nao falam .Vendem armas ao mundo inteiro (inclusiveao paquistao), as suas impresas capitalistas fazem negocios indiscriminadamente com a Birmania por materias primas e o regime nesses negocio utiliza mao de obra verdadeiramente escrava mas niguem se importa. No delta do Niger as impresas petroliferas o que fazem e o que fizeram ? aconselho vc procurar se informar sobre està questao .Mais o que importa?Os USA è uma grande livre democracia (demo-ipocrisia ?) e eles podem ,tem autorizaçao para invadir , ocupar e atè mesmo torturar(guantanamo è apenas o mais famoso,nos paises arabes existem outros similares ou atè piores,onde meninos de 14 anos foram torturados por se opor a essa ocupaçao infame ).Por ultimo a questao do Tibet :esta regiao vc saberà que sempre fez parte da China desde do antigo imperio Chines e se influeciaram ambos. eu defendo uma maior autonomia do Tibet ,mas nao sou ingenuo de nao ver que està questao è muito especulada pelos medias no occidente ,com interesse de enfraquecer a posiçao chines.Vc ja notou que ns media quase nao hà interessse pela questao do honduras?mas existe sim uma atençao maniacal com o iran e com a china, os ditos paises do mal.Sem falar da ingerecia religiosa em questoes politicas do Dalai Lama, uma coisa que nao tolero. é como se o papa se pemitesse de interferir .
    “Este é o país que alguém deve escolher como aliado?”
    Eu nunca teria escolhido a alemanha como aliado mas a italia o fez( e nao foi apenas por questao ideologica). e depois da segunda guerra mundial o que aconteceu ? uma coisa incrivel,que niguem poderia acreditar: ALEMANHA e FRANçA ,2 enemigos estrategicos declarados, deixaram de lado as divergencias para formar o nucleo embrional do grande projeto europeu.Com isso o que eu quero dizer? Que nao existem inimigos eternos e me preocupa muito mais a eventual aliança de 2 superpotencias que poderiam dominar o mundo como CHina e USA. Em materia economica jà sao ligadas de maneira inseparavel e poderiam de um momento ao outro ver que è mais conveniente ser aliados, e quem iria contrastar esse bloque ? Brasil?a Europa( que existe so nos papeis e na BCE )?HAHA 🙂 Obamao! gato comeu

  6. “e tem grandes níveis de corrupção e desregulação laboral e ambiental.” em matria de corrupçao nao sei se democracia( democracia nao se impoe nem se exportar com armas, vetos ou sançoes ,è um passo natural na evoluçao da conciencia que verà naturalmente ,os chineses antes ou depois vao sentir està necessidade de maior partecipaçao) serve a algo,o Brasil nao tem moral pra fazer o professor e em materia ambietal os USA tem ? a EUROPA TEM ? a europa quer fazer a moralista depois que arrasou e destruiou. Quanto das florestas primarias europeas esta ainda em pè? melhor rir pra nao chorar. E agora querem ensinar a presevar amazonia ? ironico nè ? nao preservam a casa propria mas querem mandar nas casas dos outros.

  7. Não sou particular defensor dos EUA, nem das suas políticas no mundo, tendo aliás escrito bastos textos em que as criticava.
    Sei também que a democracia dos EUA está longe de o ser, sendo atualmente completamente manipulada e adulterada pelos grandes grupos económicos.
    Mas prefiro-os – acho-os mais parecidos com o modelo de sociedade que defendo – que o regime comunista chinês.
    Não se trata de buscar nos EUA a utopia que não são. Trata-se de buscar ali um aliado contra uma tirania voraz que se prepara para engolfar todo o mundo e nele, sobretudo, os países com mais recursos naturais: a China.

  8. Realmente, se olharmos o mundo da 2 grande guerra, é um grande exemplo, é isso poderá ocorrer, daí ser necessaário aliar-se q se contrapor..+ é uma ideía a se pensar…assustadora.

  9. Os 2 juntos me preocupam mai . quem diz que USA serà sempre o defensor contra a China?como jà falei nao existem inimigos eternos e pelo que vejo a America tem ua relaçao desmasiadamente estreita con a China. Quem nos diz que nao se està preparando ,costruindo um g-2 que poderia submeter e subjogar o mundo inteiro? Creio que os USA sao mais perto da China de quanto se possa imaginar.E nesse caso Brasil tem que fazer o possivel para se fortalecer antes da formaçao desse G-2.
    sE o Portugal ,Angola e outros da CPLP comprassem ( nao sò comprar claro mas cooperar que seria o ideal)material belico do Brasil seria uma uma soluçao,mas esse nao è o caso e sendo realista o portugal è mais interessado na BCE e vinculado a OTAN ,entao o Brasil quando tiver oportunidade tem que vender.

  10. “Trata-se de buscar ali um aliado contra uma tirania voraz que se prepara para engolfar todo o mundo e nele”
    isso os USA jà fazem e cho que no futuro vao continuar junto com a China e nao contra a China..nao sou nem um nem outro o Brasil deve fazer o que poder para ter vantagem das relaçoes com os 2 .Os interesses nacionais nao conhecem esses prejudicios quasi ingenuos.

  11. é isso que defendo… acho um absurdo os três “grandes” da CPLP estarem de costas voltadas no setor da Defesa!
    Existem os exercícios Felino (da CPLP), é certo, mas poderia existir uma “central de compras” única, com aquisições em Portugal ou no Brasil, sempre que existissem produtos disponíveis.
    Infelizmente, falta à CPLP a necessária visão…

  12. A frança è um naçao que nao ver de bom olhos esse G-2 e por isso comparte com o Brasil essa alinhança estrategica. O medo de ser paises engulidos por esses 2 gigantes na França è alto , e de consequencia perder de importancia no contesto mundial ou atè pior. Apoio essa de alinhança com a CPLP ,IBSA(India ,Brasil ,S.Africa) e Mercosur em contraposiçao as outras grandes China ,USA, Russia,Inglaterra e uma eventual , muito provavel superpotencia,CHINAMERICA.

  13. a França sempre se julgou maior do que efetivamente é (e foi).
    mas em um dos níveis de desenvolvimento tecnológico e científico mais elevados do planeta.
    enquanto potencia militar e económica é um aliado importante e uma boa aposta estratégica para o Brasil…
    mas não fosse pela Guiana…
    pela minha parte, advogo um quadro de alianças em círculos concêntricos, não muito longe dessa visão:
    CPLP e fora dela, alianças regionais (NATO, Mercosul, SADC, etc), num círculo superior ou paralelo.
    Essa é aliás a visão do MIL.

  14. concordo com as aliança regionais que vc citou ,soh no lugar da Nato prefiro uma UE, mas claro q cada um tem sua visao . Abraços Clavis ,è sempre um prazer comentar aqui ,atè a prossima .

  15. GustavoB

    Não vender armas aos muçulmanos? Avisem os EUA antes!

  16. antonio

    os EUA vendem armas para os dois paises — e até para o diabo, se puderem — e indianos não reclamam, ninguém reclama… Qual o direito, então, de reclamar , de falar mal do Brasil, por essa venda??????????????????????? Os EUA podem, o Brasil não???????????

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: