Daily Archives: 2009/11/16

A Índia e a Rússia terminaram a concepção de uma sonda conjunta que irão enviar para a Lua em 2011 ou 2012

A Índia e a Rússia terminaram a concepção de uma sonda conjunta que irão enviar para a Lua em 2011 ou 2012. Na fase seguinte, os cientistas russos e indianos irão trabalhar em protótipos, numa fase que terminará já em 2010.

A missão receberá a designação Chandrayaan-2 e será a segunda missão lunar indiana, consistindo num orbitador e num veículo lunar que fará uma aterragem suave no solo do nosso satélite natural.

Nesta parceria internacional, cabe à Rússia desenhar e construir o “Lander” e o “rover” que deverá recolher amostras do solo, realizar algumas análises básicas e enviar dados para Terra.

A parceria russo-indiana data de um protocolo assinado em 2007 e resultou já na bem sucedida primeira missão lunar indiana, a Chandrayaan-I, lançada em outubro de 2008.

A Chandrayaan-I foi lançada pelo lançador pesado indiano PSLV-C11 e pesava 1304 kg estando equipada com dez instrumentos diferentes, cinco dos quais construídos na Índia, sendo os restantes fruto de acordos com os EUA e a Europa. A sua missão de dois anos irá produzir um mapeamento detalhado da superfície lunar procurando vestígios de água e de minerais como magnésio, alumínio, sílica e titânio, assim como urânio e tório. Todos indispensáveis à construção e sobrevivência de uma eventual instalação permanente na Lua…

Este “rover” lunar tornará a Índia num líder claro no regresso humano à Lua… Claramente acima do Japão, com o seu grande orbitador lunar, a China – muito ambiciosa, mas mais lenta porque age sempre sozinha – que a Europa, que não se decide a enviar um Rover e os EUA, que atravessam grandes dificuldades e indecisões num programa de regresso à Lua muito ambicioso mas claramente muito subfinanciado…

Fonte:
http://www.moondaily.com/reports/India_And_Russia_Complete_Design_Of_New_Lunar_Probe_999.html

Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: , , , | Deixe um comentário

Quids S17: Quem é este homem?

jo

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S17 | 3 comentários

Nos EUA estão a começar a proibir o WiFi nos restaurantes


http://www.avenuewifi.com

Depois de anos seguidos em que muitos restaurantes e cafés instalaram redes WiFi gratuitas para atrair clientes, agora começamos a assistir à erupção do fenómeno inverso… Nos EUA (onde tudo começa, nestas coisas) começam a aparecer restaurantes, como o “Michael Sobelman’s” de Boston que proibiu a leitura e o uso de laptops nas suas mesas.

A atitude do restaurante tem sido reportadamente exagerada, com relatos de que teria desligado as luzes sobre mesas onde os clientes estavam a ler livros. É certo que há abusos, neste e em muitos restaurantes em todo o lado – e até em Portugal – com clientes esperando por mesa enquanto um cliente folheia o jornal e saboreia o café.

Ou seja, já se sabia que os restaurantes eram inimigos dos livros (e na verdade, não se lhes pode censurar muito tal opção), mas o WiFi, usado como cativante agora vem também juntar-se a essa lista de indesejáveis…

Fonte:
http://munchmonster.com/editorial/eat-laptops-banned-restaurants.html

Categories: Ciência e Tecnologia, Informática, Sociedade | Etiquetas: | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy