Daily Archives: 2009/11/06

Vão incluir a vacina da Gripe A na Vacina Sazonal em 2010

Por muito que nós – cidadãos e médicos – nos recusemos a deixar vacinar por essa duvidosa vacina da Gripe A que as multinacionais farmacêuticas e os seus lobbies políticos nos querem impingir, a verdade é que parece a vamos mesmo (?) ter que deixar que a injetem em nós: segundo alguns especialistas do ramo, a vacina deverá ser incluída na vacina contra a gripe sazonal.

A inclusão fará com que – a partir de 2010 – todos os que se vacinarem contra a gripe comum, recebam também a sua dose contra a Gripe A. A inclusão não pertence apenas ao domínio das hipóteses, mas sim ao das certezas já que no Hemisfério Sul, que acabou agora de sair do Inverno Austral, já se determinou a composição da vacina para 2010 e adivinhe-se: a vacina da Gripe A está lá, juntamente com algumas estirpes da Sazonal. Se assim foi no Hemisfério Sul, tenhamos a certeza de que o mesmo acontecerá a norte e que em 2010 ou pela via de vacinações compulsivas (e apoiadas em leis especiais) ou pela via da adição subcapciosa na vacina sazonal, vamos mesmo levar com esta vacina. Ou pelo menos, assim querem “eles” os senhores das multinacionais e os seus serventes nos governos “democráticos” deste mundo.

Fonte:

http://aeiou.expresso.pt/gripe-a-h1n1-virus-podera-ser-incluido-na-vacina-contra-a-gripe-sazonal-do-proximo-ano=f542144

Anúncios
Categories: Saúde | Etiquetas: , | 14 comentários

Quids S17: Que navio era este?

1

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 21:00 e as 24:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30) ou mais cedo, se possível. Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 20 pontos.

6. A qualquer momento, poderão sair “QuidsExtra” de texto ou de imagens, com as mesmas regras dos demais, mas sem limite de dia ou de hora. Estes quids valerão sempre 3 pontos.

7. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S17 | 11 comentários

Petição MIL “NÃO DESTRUAM OS LIVROS!”

A Petição MIL “NÃO DESTRUAM OS LIVROS!” (http://www.gopetition.com/online/28707.html) foi já entregue na Assembleia da República, dado que superou a fasquia das 4 MIL assinaturas.

A Petição continua, ainda assim, aberta a novas subscrições.


MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO (www.movimentolusofono.org)
(facebook: http://www.facebook.com/group.php?gid=2391543356)

O MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO é um movimento cultural e cívico que conta já com mais de um milhar e meio de adesões, de todos os países da CPLP.

Se quiser aderir ao MIL, basta enviar um e-mail: adesao@movimentolusofono.org
Indicar: nome, e-mail e área de residência.

MIL-COMISSÃO EXECUTIVA:
António José Borges, Casimiro Ceivães, Eurico Ribeiro, José Pires F., Renato Epifânio (porta-voz) e Rui Martins.
MIL-CONSELHO CONSULTIVO:
Alexandre Banhos Campo (Galiza), Amândio Silva (Portugal), Amorim Pinto (Goa), Artur Alonso Novelhe (Galiza), Carlos Frederico Costa Leite (Brasil), Carlos Vargas (Portugal), Fernando Sacramento (Portugal), Francisco José Fadul (Guiné-Bissau), Jorge Ferrão (Moçambique), Jorge da Paz Rodrigues (Portugal), José António Sequeira Carvalho (Portugal), José Jorge Peralta (Brasil), José Luís Hopffer Almada (Cabo Verde), José Manuel Barbosa (Galiza), Lúcia Helena Alves de Sá (Brasil), Luís Costa (Timor), Manuel Duarte de Sousa (Angola), Miguel Real (Portugal), Miriam de Sales Oliveira (Brasil), Nuno Rebocho (Portugal), Octávio dos Santos (Portugal), Paulo Daio (São Tomé e Príncipe), Paulo Pereira (Brasil) e Vitório Rosário Cardoso (Macau).

Contacto: 967044286

Categories: Livros, Lusofonia, Portugal, Sociedade Portuguesa | Deixe um comentário

Madaíl agora quer o Mundial 2018 e… mais dinheiro dos nossos impostos

O delírio futebolista continua em Portugal… Depois do feito que foi construir dez estádios (dos quais hoje metade não é usada), a famigerada Federação Portuguesa de Futebol, com o seu cabecilha de quadrilha Gilberto Madaíl, meteu agora o país – em plena recessão – na mais recente doideira, desta feita nada mais na menos do que o Mundial Ibérico de 2018.

Portugal deverá incluir 3 estádios nesta proposta, implicando um novo investimento não-produtivo num setor que tanto esforço público tem cativado nos últimos anos, mercê da tremenda influencia do lobby “da Bola” e da inesgotável sofreguidão dos dirigentes e claques do Futebol pelos nossos impostos e pelos artigos que encontram “gratuitamente” nas cidades que visitam, perante a complacência cúmplice da polícia…

A própria candidatura é uma completa palhaçada: “candidatura ibérica”? Madaíl ignorara que Madrid usa e abusa do termo “ibérico” como sinónimo de “Espanha”? Associar e deixar associar Portugal a uma “candidatura ibérica” onde Espanha aparece com a parte de leão da proposta é deixar que Portugal ocupe um lugar menor e secundário que não prestigia um país com mais de mil anos de História e que sempre soube às manobras e golpes que Espanha lhe deitou para o anexar e suprimir, colonizando-o como faz hoje com o País Basco, a Catalunha e a nossa irmã lusófona, a oprimida Galiza.

Esperemos que as circunstancias gorem os planos deste abutre fiscal encartado chamado Madaíl e que o Mundial2018 seja entregue a um país em melhores condições para o financiar e que a Federação não obtenha assim uma forma de receber ainda mais financiamentos públicos – tão precisos para áreas produtivas da Economia – e de simultaneamente fazer aparecer o país nos fóruns internacionais como um parceiro menor e subalterno da “grande Espanha”.

Fonte:
http://desporto.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1405864

Categories: Futebol e Corrupção, Portugal, Sociedade Portuguesa | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade