A SpaceX vai lançar uma cápsula Dragon no primeiro foguetão Falcon 9 em 2010

http://www.spacex.com

(A Dragon da SpaceX http://www.spacex.com)

A SpaceX anunciou que vai colocar um protótipo da sua cápsula reutilizável Dragon no primeiro voo de um foguetão Falcon 9. A Dragon foi desenvolvida no âmbito do programa “Commercial Orbital Transportation Services” (COTS) da NASA que consiste num acordo comercial da agência espacial para o transporte de carga até à ISS em troca de 1,6 biliões de dólares por 12 voos. A introdução da Dragon no primeiro voo do Falcon 9 é intrigante porque em 2005 a SpaceX tinha declarado que tinha vendido este primeiro payload a um “cliente secreto” e se agora se sabe que o payload é a Dragon… Então que voo será este? Será a USAF tentando determinar se o Falcon 9 pode transportar militares ou ser usado como plataforma de reconhecimento espacial? A SpaceX tem que fazer – além deste – mais 3 lançamentos voos com a Dragon de forma a cumprir o seu compromisso COTS da NASA, de onde já recebeu 278 milhões de dólares.

O primeiro Falcon 9 deve estar concluído até finais de novembro de 2009, mas o lançamento pode ter lugar apenas em janeiro de 2010.

A Dragon foi concebida em 2005, internamente na SpaceX e previu logo desde o começo do programa dois compartimentos, um estanque, outro não. A ideia era então a de enviar cargas e astronautas para órbitas LEO. Posteriormente, a SpaceX adicionou a possibilidade de realizar voos de abastecimento até à ISS. Além destes a Dragon tem também um módulo de serviço o “Service Section” com a aviónica, o sistema RCS, os paraquedas e outros equipamentos. A secção despressurizada conterá também os sistemas de apoio aos painéis solares da cápsula e os radiadores térmicos que permitirão a manutenção de temperaturas humanamente aceitáveis no interior da cápsula quando for sujeita à inclemência dos raios solares e estiver longe da camada protectora da atmosfera terrestre.

A cápsula foi concebida para acoplar de forma completamente automática à ISS, mas a tripulação tem a opção de fazer um “manual override” e conduzir ela própria a operação, se algo correr mal nesta delicada operação que pode colocar em risco a cápsula, os seus tripulantes, como também a ISS e os seus astronautas. A capacidade total de carga será de 3600 Kg, incluindo sete tripulantes e carga, dispostos num total de 14 metros cúbicos. Idêntico volume pode ser utilizado na viagem de regresso à Terra. A manobrabilidade da cápsula será garantida por um sistema de foguetes construídos na SpaceX com 1290 kg de propelente.

A cápsula foi desenhada para amarar no oceano depois de uma fase final de descida sob para-quedas, com grande precisão de descida e com baixos Gs. Para proteger a cápsula, a Dragon está equipada com um escudo térmico de alto desempenho.

A cápsula pode funcionar em duas configurações: carga e tripulada, tendo sido concebida para uma rápida transição entre ambas, tendo a segunda como maior diferença a presença de um sistema de fuga, um sistema de controlo manual e um sistema de suporte de vida.

O segundo voo da Dragon terá lugar em 2010 e durará cinco dias, durante os quais a cápsula aproximar-se-á da ISS a um ponto em que conseguirá trocar dados de telemetria com a Estação. Depois afastar-se-á e cumprirá uma bateria de testes antes de regressar a Terra. O terceiro voo ocorrerá no final de 2010, e terá 3 dias de duração, devendo a cápsula funcionar na sua configuração de carga, atracando na ISS e regressando pouco depois à Terra.

Fontes:
http://www.spacex.com/dragon.php
http://www.space.com/missionlaunches/090929-spacex-dragon-prototype.html

Categories: SpaceNewsPt | Etiquetas: , , | Deixe um comentário

Navegação de artigos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: