Maitê Proença no Saia Justa Portugal (no GNT, um canal da ZON)

Depois de passar anos a defender a aproximação entre Portugal e o Brasil, a Lusofonia e a existência de uma “identidade lusófona comum”, exemplos como os desta atriz brasileira conseguem frustrar qualquer um.

Resta apenas enviar uma mensagem à sua editora em Portugal, a “Oficina do Livro” para

comunicacao@leya.com

Exprimindo a nossa (“nossa” de portugueses e brasileiros) revolta contra o racismo desta atriz e apelar a um pronunciamento público da editora, distanciando-se da sua “autora”.

Mensagem enviada:

“Serve a presente mensagem para informar os responsáveis da “Oficina do Livro” de que as declarações lusófobas da vossa “escritora” Maitê Proença vieram desferir um rude golpe nas relações Portugal-Brasil e no estreitamento dos laços entre os países lusófonos.
A atriz revelou nestas declarações um medíocre conhecimento da realidade portuguesa e um racismo que não pode honrar os pergaminhos da Oficina do Livro e que não representa o carinho, a simpatia e a comunhão de sentimentos e opiniões que une a maioria dos brasileiros a Portugal.
Os portugueses – leitores de livros – clamam por uma declaração pública da Oficina do Livro pronunciando-se sobre este vídeo e contra a ausência de qualquer aparência de arrependimento por parte da atriz.
(um provável antigo leitor das obras da Oficina do Livro)”

Categories: Brasil, Lusofonia

Navegação de artigos

46 thoughts on “Maitê Proença no Saia Justa Portugal (no GNT, um canal da ZON)

  1. Juca

    Saudações,

    Já tinha lido a respeito em outro blog (aliás, um q sempre recomendo posts q encontro aqui) e assisti o video no Youtube. Maitê pisa na bola, mas não acho caso diplomático. Ela só repete bestamente brincadeiras preconceituosas q se tornaram comuns no Brasil ao longo dos anos, assim como são as piadas sobre judeus, árabes (também chamados no Brasil preconceituosamente de “turcos”), japoneses e tantos outros (até brasileiros). Ela não é a única no Brasil nem no mundo. Mas hj o politicamente correto patrulha mais bestamente do q as piadas proferidas. Descontando a falta de educação de cuspir na fonte (essa parece ser uma marca brasileira de caráter), Maitê Proença não é pior do q Borat, Agildo Ribeiro ou mesmo os Irmãos Marx. Crucifiquem-na mais pela estupidez do q pelo humor, pq pelo humor todos são réus.

    Ademais, portugueses não precisam revidar. Portugueses são educados e acolhedores; o parentesco nos dá essa liberdade. O q não acontece com os holandeses, por exemplo, alvos contumaz das anedotas portuguesas. Esta por exemplo:

    “Pelo Tejo, dois holandesinhos navegavam… o Credimilson e o Wandeusney…”

    Abraços pra minha família na Ilha da Madeira. Estou devendo uma visita.

  2. Fenix

    Acho que para ganhar dinheiro não é preciso,descer tão baixo.As anedotas dos Portugues no Brazil são comuns,mas não falam dos Portugues de agora,falam dos Portugues do antigamente; Até nisso desmostra igorância.É caso para um pedido de desculpas publicas.Muitos de nos que acreditamos ser possivel uma união lusofona,ficamos tristes com estes devaneios cominovelescos para burro rir de pessoa publica que tem outras responsablidades que comum das pessoas não tem.

  3. renators

    Ótimo – estava na hora !!!!

    As piadinhas contra os portugueses no Brasil tem que ter um basta – e os próprios portugueses e a colônia portuguesa no Brasil deve deixar de cair na conversa de que “é o carinho que os brasileiros tem pelos portugueses”, e agir de forma mais assertiva.

    Não vejo piadinhas contra italianos, espanhóis e alemães; e as piadas sobre árabes, judeus e japoneses são bem mais brandas do que aquelas sobre os portugueses, que beiram o racismo e a degradação humana.

    Há certos “livrinhos” de piadas que, se fossem sobre judeus ou negros, dariam processo por racismo, fora o “auê” na imprensa. Isso sem falar dos piadistas de salão, como o falecido Costinha e o Ari Toledo, cujas gravações dos seus shows me dá ânsias.

    Renato

  4. Helder Serrano

    Caros,
    Depois de ver no noticiário da noite o vídeo.
    Ainda mais comentado por uma atriz conhecida dos amantes de novelas. Até Diria que não era possível, alguém vir de outro país, que se diz irmão, gozar com os protugueses e também com a comunidade brasileira em particular.
    Quanto á cultura geral da Maité Proença, fica muito a desejar.
    Mas daria um bom conselho, vejam aquilo que se passa no Brasil. Todos os dias leio jornais e recebo noticias do Brasil, e acreditam que nao são muito abonatórias, cito alguns exemplos:
    – Corrupação, Sarney e……. a fila é interminável;
    – Salário minimo, 476 reais ( +- 150 euros);
    – Discriminação salarial, segundo os últimos censos agrícolas. as mulhers auferem menos que os homens;
    – Falsificação do nº de casos de gripe. Fui informado por uma amiga que trabalha numa prefeitura;
    – Qual a solução para banir o crime e miséria na cidade do Rio de Janeiro, aquando da realização das grandes provas mundias.
    Pois amigos, penso que esta senhora no programa que apresenta, deveria se preocupar com os problemas do seu país. e não rir e descrminar os portugueses no seu próprio país.
    cordialmente, helder

  5. Gilson

    Esta imbecil já é famosa pelas pérolas que saem de sua boca. Na ocasião da morte do ditador Pinochet, ela de modo bastante racista, disse que ele “estava inchado e irreconhecível, parecendo um oriental”. Na verdade, ela sempre foi uma estúpida arrogante e cheia de sérios problemas emocionais. Pena que ela não guarde o lixo que está em seu cérebro para si mesma…

  6. Nasci no Brasil e tenho vergonha de ser conterrâneo desse tipo de gente. É importante que os portugueses europeus entendam que isso é o pensamento dominante de grupos como os “artistas da Globo”, não reflectindo o sentimento da maior parte do povo. Infelizmente basta uma declaração de um imbecil para despoletar uma situação de tensão.
    Essa senhora não passa de uma menina mimada que se comporta como uma vulgar garota de programa. O nome daquele espetáculo de vulgaridade do qual ela participou deveria ser “Saia Justa e Botas Brancas”. É uma degradação da imagem da mulher brasileira, que nada tem a ver com este segmento marginal da sua população.
    Entretanto, nada disso é novidade. Vejam o filme Carlota Joaquina, se conseguirem assistir até ao fim, e comprovem o que pensam os artistas da Globo acerca de Portugal. Os portugueses deveriam boicotar as novelas e os artistas que trabalham nessa televisão, que de resto é um agente de estupidificação dos brasileiros.
    E devem continuar a acolher bem os brasileiros que merecem, que são a maioria. De resto, os portugueses sempre se sentirão em casa no Brasil, ainda que por vezes possam encontrar um novo-rico ignorante que queira contar umas piadas imbecis. Basta virar as costas a esta gente, não há tempo a perder com semi-letrados sem modos quando se visita um país tão especial quanto aquele.

  7. sirlene temudo

    Sou brasileira(com orgulho) e vivo nos açores-Portugal.Naturalmente que a atriz brasileira mostrou nos um lado extremamente defeituoso de caracter e falta de respeito.Não há como negar este fato e é preciso que cada um de nós se manifeste contra.Mas não acho que ela é uma “representação da cultura brasileira” e mereça tanta atenção assim.Ignorar seria a atitude correcta.Já com relação a humor e piadas, isto se faz sim, em qualquer lugar do mundo, sem nenhuma necessidade de caracterização de racismo.Humor é humor, e pronto.Não significa cultura, conhecimento.Nem sempre.Lamento imenso a atitude daquela atriz.Mas também lamento comentários preconceituosos e generalizados contra brasileiros; como se todos nós tivessemos culpa da trapalhada que ele fez.Caso diplomático?Claro que não.Basta que Portugal saiba reconhece-la, quando ela por cá aparecer.

  8. 3aocontrario

    Aquele 3 ao contrario era um sinal que ela não entendeu! Claro! O número dos seu neurónios!

  9. Carmen Marques

    Senhora Maite Proença Sintra não é uma vila, é uma cidade. Garanto-lhe que o número 3 em Portugal é usado correctamente. Que pena não ter prestado atenção aos edifícios lindíssimos que existem em Sintra e ter ficado com o olhar preso a uma porta velha. Os nossos pasteis de Belém são sem sombra de dúvidas um dos melhores doces de Portugal apreciados pelo mundo inteiro. As águas que banham Lisboa são águas do RIO Tejo. O “Monumento aos navegantes” chama-se Padrão dos Descobrimentos. A ditadura em Portugal durou 48 anos. É mais do que 20, mas também é mais do que 3 ou de 10 ou de 30 ou de 35. Se não entendeu, nós explicamos porque é que Salazar foi eleito o português mais importante. Ele foi eleito num programa televisivo cujos participantes que votaram neste senhor somam apenas 65290 face aos 10 milhões de portugueses, ou seja uma pequena minoria que vale o que vale. Vasco da Gama está de facto morto. O tumulo de Camões infelizmente não guarda os restos mortais do poeta uma vez que segundo reza a história o seu túmulo, que teria sido na cerca do Convento de Sant’Ana, em Lisboa, perdeu-se com o terramoto de 1755, pelo que se ignora o paradeiro dos restos mortais do poeta, que não está sepultado em nenhum dos dois túmulos oficiais que hoje lhe são dedicados. O lugar ao qual chamou pátio é na verdade o claustro do Mosteiro dos Jerónimo. Um hotel por mais estrelas que tenha não é obrigado a ter um técnico de informática disponível 24h por dia para resolver problemas relacionados com computadores de clientes. Se alguém a ajudou foi por pura simpatia e boa vontade. Não diga que os portugueses são esquisitos porque isso está longe de ser esquisito. O verdadeiro Português sabe o significado de “dar uma ajudinha para desenrascar alguém”! Maitê Proença cuspiu num dos monumentos mais emblemáticos da nação Portuguesa. Depois de uma má educação atroz mostrou a maior ofensa ao povo, á cultura, ao país Portugal. Fazer humor não é vir a Portugal cuspir no nosso monumento. Nós em Portugal temos humor, mas este vídeo não tem um segundo de humor. Nós podemos dizer uma piada de um povo qualquer mas não vamos ao país denegrir a imagem de um povo. Esta senhora e todos os que a defenderem não merecem pisar solo português! FORA DAQUI! VIVA PORTUGAL!

  10. maria dolores

    LAMENTÁVEL atitude! Sempre recebemos carinhosamente os artistas brasileiros e são muitos os milhares de cidadãos brasileiros que vivem em Portugal. E são também milhares os turistas portugueses que anualmente visitam o brasil. São, portanto várias as razões para não se ridicularizar quem nos recebe bem e que deixa algumas divisas no país dessa senhora! Humor!?! só se for rasco humor! Portugal não é o país que essa senhora retratou e a nossa história, a nossa língua e os seus maiores vultos merecem respeito. Igual respeito aos que merecem da nossa parte os artistas e outros vultos brasileiros de quem não há notícia de que tenhamos nós, portugueses, ridicularizado! LAMENTÁVEL, minha senhora!!!

  11. PAULO

    RENATORS O QUE VC FALO E INJUSTO.POR CAUSA DA MAITE PROENÇA TER FALADO ISSO DE VCS TODOS OS BRASILEIROS PAGAM AGORA E?POIS VOU TE FALA UMA COISA SOU BRASILEIROS E TOU CA FAZ 2 ANOS E NUNCA CRITIQUEI SEU PAIS.AFINAL EU FAÇO E FOTOGRAFAR E MANDA FOTOS PRA OS MEU AVOS Q SAO DECENDETES DE PORRTUGUES E ELES ADORAM.POIS VC ESTA FALANDO UMA GRANDE ERRO NEM TODOS BRASILEIROS ODEIA PORTUGAL.EU MESMO QUANDO CHEGUEI CA FUI MUITO BEM RECEBIDO E AS PESSOAS FORAO MUITO SIMPATICAS.
    AGORA VC TA TENTANDO COLOKAR BRASIL CONTRA PORTUGAL.ISSO TA IGUAL UMA GUERRA VERBAL.

  12. Maria Sousa

    Pois é, os portugueses têm muita falta de humor…e na hora de comprar o seu livro, espero que todos os portugueses também tenham falta de dinheiro.
    Maitê, pode ser normal gozar o povo brazileiro e até o Presidente Lula como a Sra diz, assim nos tem mostrado o seu elevadíssimo grau cultural através do programa “Saia Justa” (programa invejável).
    Minha querida, é verdade…não gostámos da sua atitude! E não há desculpas, por isso poderá também acusar os portugueses de rancorosos, além de estúpidos.
    Maitê, não invista apenas em escárnio e maldizer, uma leiturazita na História fazia-lhe muito bem…
    Mas a sua pior atititude foi ter cuspido no Nosso património, acho que a Sra. deveria ser proibida de enrtrar em Portugal, face ao desrespeito pela honra portuguesa.
    Com desculpas não se vive e é difícil perceber esta atitude mentecapta…

  13. Adamastor

    Maitê… sei que não consegues pensar bem de pernas fechadas, aliás como verificamos, assim que vemos a tua alegria risonha no “Saia Justa” (ainda bem que este é apenas o nome do pograma, e a saia até não era assim tão justa….), de pernas arreganhadas, mas assim como tudo o que te saía pela cloaca que usas como boca era fruto de dizeres teu “cameraman” Daniel, será que esse mesmo rapazinho que agora cura-te a dor-de-corno do “escritor” português, não te ensinou que quando se está tão drogado, que não temos a noção do ridículo, não devemos gravar vídeos para a televisão?
    Que pena não teres tido ainda uma overdose… afinal, prostitutas delinquentes como tu não fazem falta, porque não passas disso, como ficou gravado em vídeo.
    Quanto às tuas colegas de estúdio, igualmente prostitutas, só não sei se tão delinquentes, depois de tanto carcarejo viriam todas de joelhos deslumbradas como palhaças para gravarem entevistas rídiculas de 5 minutos em programas da tarde de fins-de-semana em Portugal, se aqui alguém tivesse falta de lixo.
    Não é o caso.

  14. renators

    Me desculpem, mas há piadinhas racistas e de extremamente de mau gosto contra os portugueses aqui. Dando apenas dois “singelos” exemplos:

    01) Livro de piadas vendido em bancas de jornal, com piadas ilustradas por desenhos. Na piada da capa é mostrado um médico trazendo um exame para um “português” (estereotipado, com bigodes, gordo e de barriga de fora, aspecto sujo e caneta na orelha), que segurava uma jumenta pela rédea. A jumenta mostrava uma cara risonha e tinha nádegas desproporcionais. Ao lado dela, um jumentinho. O médico diz: “Seu Manoel, o exame de DNA deu positivo – o jumento é seu mesmo”.

    Pois é: troquem o português por um negro; a jumenta por uma macaca e o jumentinho por um macaquinho…e arrumem a pior (e justificada) encrenca da vida de vocês, com condenações internacionais, passeatas e o c……. a quatro!!! . Mas fizeram com portugueses, e não deu nada.

    02)Gravação (que ainda devo ter na minha caixa de e-mail), do Sr. Ary Toledo. Entre várias piadas sobre portugueses, com risos gerais, uma que me lembro bem: “O português levou um tiro na cabeça e levou 6 dias para morrer, pois a bala não achava o cérebro”.

    Acham que isso é piada ? Pra mim é uma nojice.

  15. renators

    Paulo – só uma coisinha…SOU BRASILEIRO, E VIVO EM SÃO VICENTE, SÃO PAULO

    Tenha um bom dia e abraços,

  16. Pedro Alexandre

    Venho aqui fazer uma correção do sucedido no dito hotel de 5 estrelas. O que se realmente passou no episódio do rato, não foi bem assim como esta senhora diz…o empregado não ficou espantado a olhar para um rato como se estivesse a olhar para uma capivara ficou foi de boca aberta ao ver uma capivara a mexer num rato!!!!

  17. Maria Oliveira

    Pois claro que também estou chocada com o que diz essa simpática senhora que se derrete para com os portugueses que lhe mostram o País simpáticamente, e que ela acha adorável, á beira mar plantado e outras coisas boas assim, e o que ela adora os almoços e e jantares que lhe proporcionam em lugares portugueses paradisiacos e escolhidos para que ela desfrute do Pais … que afinal a unica coisa que lhe fica na memória é uns habitantes que chamam mar ao rio, que o Salazar e português, existiu e era um ditador, os nossos monumentos são do estilo manuelino broncamente falando, e como se tudo isso não bastasse ainda cospe no nosso País com todo o requinte de má educação e falta de nível. Somos um povo pacifico e com sentido de humor sim, mas não gostamos de faltas de educação e gozos infundados! ah e já agora estamos em crise e não há dinheiro para comprar os seus livros Sra. Escritora Maité Proença! Por mim escusa de voltar cá a pôr os pés!!!! é bom tb lembrar que já não é a primeira vez que esta Senhora comenta assuntos pouco agradáveis no seu programa ou outros!!! haja paciência ….

  18. maria - SINTRA (com orgulho)

    Se aquelas piadinhas (de mau gosto) e sobretudo aquela cuspidela num local como o dos Jerónimos tivesse sido num país Árabe a maitê poderia ter a certeza que teria a cabeça a prémio!
    depois fosse pedir desculpa onde quisesse!

    Idiota! Teve a lata de dizer que Salazar é que construiu o Mosteiro dos Jerónimos! aahaahhaahahhaha, Bem, se no Brasil dizem que somos incultos a dita “senhora” demonstra que afinal os brasileiros não têem aprendido NADA sobre a sua história e os seus antepassados!
    Afinal quem é inculto?

    Ela talvez não saiba mas Sintra que ela chama de “terrinha” foi considerada pela UNESCO de Vila de PATRIMÓNIO MUNDIAL! Mas aquela criatura(zinha) é tão inculta e idiota que até envergonha qualquer loira!

    Tambem quero dizer que sei enviar emails e tenho a certeza que eles chegam ao destino, apesar e com orgulho de ser portuguesa!
    Sou mulher e não preciso de chamar homens para formatar um computador! E se precisasse íria a uma loja de informática. os hoteis não costumam ter funcionários especializados em informática LOL! ou está habituada a mordomias?

    Por último tenho a dizer que tenho orgulho na minha língua e digo “rato” e não “mouse”(como ela diz: mauze!).

    Afinal quem é ignorante?

  19. carmo

    O PROGAMA DA SAIA JUSTA NAO E MAIS DO QUE UMA JAULA DE MACACAS NUM JARDIM ZOOLOGICO. PORTUGUESES VAMOS MANDAR PARA AS MACACAS MONTES DE AMENDOINS E BANANAS PARA ELAS CONTINUAREM COM MUITA DISPOSICAO A CUSPIREM, E A DIZEREM DISPARATES PROPRIOS DA IGNORANCIA E MA EDUCACAO SEMPRE A PROVA DESSE POVO.

    SABIAM QUE NOS CANAIS DA TV DOS HOTEIS DO DISNEY NAO FAZ MUITO TEMPO CORRIA UM VIDEO EM PORTUGUES A ENSINAR COMO OS BRASILEIROS SE DEVIAM COMPORTAR POIS FURAM AS FILAS, DEITAVAM PAPEIS PARA O CHAO, ESPALHAVAM PIPOCAS…. E FAZIAM UMA BARULHEIRA NOS CORREDORES DOS HOTEIS COMPORTANDO-SE COMO ANIMAIS. E NAO SO ISTO, NUM PROGRAMA DO JO SOARES A DITA CUJA IGNORANTE MAITE PROENCA, TEVE O DISPLANTE DE DIZER, QUE A SUA GENECOLOGISTA LHE TERIA DITO QUE ELA TINHA A VAGINA COR DE ROSA…. E ESTA HEINNNNNN ………

  20. renators

    E não é só isso…

    Boicotemos a Rede Globo e suas minisséries “quinto dos infernos”;

    Boicotemos a neoliberal revista Veja, que vive dizendo que o português do Brasil cada vez mais tem menos a ver com o português de Portugal; B

    oicotemos comentaristas como Carlos Heitor Cony, que disse na CBN (uma das rádios de maior audiência de São Paulo), que a colonização portuguesa não foi “lá grande coisa” para o Brasil;

    Boicotemos filmecos como os da Carla Camuratti, que deturpa a História e denigre a imagem do MAIOR REI QUE O BRASIL JÁ TEVE – D. JOÃO VI (sim, e quem duvidar, que veja as realizações dele por aqui).

  21. ora bem!
    apoiado!
    e pensar que a televisão (aí e aqui) segue malbaratando esse imenso potencial de transmitir Cultura e se limita a caçar audiências, a todo o custo…

  22. Dal

    Ora, ora. Maitê faz uso de esteriótipos para fazer suas piadas, como todos fazem. Ou o colega acima não chamou as brasileiras de prostitutas? Porque é assim que elas são vistas. Ainda assim, é preferível ser chamada de burra do que de prostituta…
    Assim como todo brasileiro é inculto e ignorante, o que não é o caso, mas faz parte da arte do preconceito português. Trocas de piadinhas e preconceitos de lá e cá, não há nada o que reclamar.

    Só para acrescentar, Brasil e seus derivados não se escreve com Z. A não ser que vocês admirem tanto assim a cultura americana e a língua inglesa, mas não é o caso, não? Vocês amam Portugal, a vostra música e se sentem os maiorais da Europa.

  23. gui

    so tenho a dizer que essa actriz nao sera uma pessoa grata ao nosso pais .E que niguem,lhe compre mais ninhum livro……….so tenho a dizer estou desiludido pois era uma pessoa pela qual tinha estima………….so lhe posso dizer que é uma pppppppppppppppp…………….t………….a

  24. Juca

    Olha, esqueçam as burradas da Maitê e os boicotes. Acho q isso é mais importante:

    http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/10/14/a-xenofobia-portuguesa/

    Vamos lutar pra q coisas desse tipo sumam da Europa e das Américas. Proponho q nossa armas sejam as piadas inteligentes e a tolerância. O humor precisa agregar, não alienar. Puxe um banquinho e ria um pouco.

  25. Bom dia(10:00 Roma) a todos meus irmaos lusofonos!
    Antes de tudo vale a pena pontualizar que a Rede Globo è ,sempre foi, uma emitente de infimo nivel que so fez mal ao ao Brsil que so serviu ,e serve, a manipular e abaixar o nivel cultural dos brasucas.O qual unico objetivo è lucrar e imbecilizar o publico ja burro que presta a propria atençao a este meio de desinformaçao (“MUITO ALEM DO CiDADAO KANE ” mostrou bem isso).Dito isto acho que esse nao è um caso de “LUSOFOBIA” e sim simplesmente um caso de idiotice cronica(nome cientifico complexus Paris Hilton-pandemia em evoluçao no dia de hoje ), muito frequente em mulheres da tv ( talvez seja um meu preconceito?) que gostam de aparecer , se acham divertidas quando na realidade sao ridiculas,carecem completamente de pudor ,sem graça nenhuma a materia. Por esses e outros motivos nao creio que nenhum portugues possa se sentir ofendido por tal material,talvez pode temer pela saude mental dessas “pessoas”, ter nausea e dor de cabeça ao ver um programa tao insensato e estupido.
    Mais agora queria fazer uma pergunta seria a todos voces: Portugueses de verdade tem carinho ao povo brasileiro?
    Eu antes ingenuamente acreditavo de sim ,atè fiquei muito entusiasmado com a menssagem de uniao do Movimento Internacional Lusófono ao ponto que tentei em varios modos de divulgar esse sentimento ,mas a realidade das coisas me deixou muito desiludido.Percebi que nao passa de ser um “oax” ,uma lenda ,uma UTOPIA. é soh ver na net ,no youtube em videos sobre a” potencia emergente ” brasil onde se pode ler coisas orrorosas escrita por lusitanos,de real racismo,so pra ter uma ideia as ofesas menos pesadas : “macacos,negros brasucas,viados,favelados em eterno…”.Em outros casos chegam a criar canais so para divulgar esse odio ou incitar os hispanicos contra o Brasil ao invez de ser em pro-brasilia.fiquei muito impressionado com isso,eu creci aqui na italia e acreditavo que Brasil e Portugal tivessem realmente uma relaçao especial mas a realidade me demoralizou muito, fiquei com um sensaçao de impotencia e frustaçao diante desse rancor inesplicavel(ao menos nao sei me explicar porque).
    Eu acho que a querermos de verdade uma federaçao portu+brasileira+Angola… somos em poucos uma esigua minoria e me faz um pouco raiva… OS Imperios so se criam com as armas infelizmente .Dà pra acreditar ainda nesse sonho?

    desculpem meu pessimo portugues.ABRAçOS

  26. tino

    Só vejo mau gosto, nada mais. Estas graçolas, em nada prejudicam a imagem que tenho dos brasileiros. Infelizmente, eles também não são muito bem tratados em Portugal, desde que a emigração descambou para vagas de prostitutas e bandidos (assaltos a ourivesarias e bancos são em 90% realizadas por brasileiros). Com isto, a imagem do Brasil em geral ficou muito, mas muito afectada afectada. Tenho amigos meus, investidores brasileiros, que nem conseguem alugar casa, pois as pessoas têm receio que seja para lançar mais uma casa de prostituição!!!!! O que é muito, mas muito grave.
    O mesmo aconteceu no Brasil, quando receberam centenas de milhares de analfabetos indigentes lusos. Também eles ficaram (até hoje) com uma imagem distorcida de Portugal, vendo-nos como ignorantes e campónios.
    Enfim… faltam pontes culturais que preenchem o enorme vazio da ignorância.

  27. Fenix

    Para o Thiago e para todo aqueles que pensam ser impossivel a “utopia da união lusofuna”.Não será facil acabar com nacionalismos e os proprios eggos centralistas de cada pais em questão.Nem tudo é mar de rosas e muito menos sera facil passar a idea.A propria utopia so é até ser tronada uma realidade,e é isso que muitos de nós tentamos fazer aqui passar a massagem que é possivel se acreditamos nela com todo o nosso crer.Apesar de eu nada ter haver com mil defendo todas as suas ideias para uma união lusofuna.Vamos ter tristesas ao longo da nossa luta mas essas tritesas não devem servir para deixarmos de acreditar.Mas sim continuar-mos acreditar ainda mais na nossas ideias assim como devemos continuar a nossa luta para um destino comum.

    De:Nuno Santos

    Ps: Eu acredito que podemos transformar o mais belo sonho que Homem já teve numa realidade simples apenas com o nosso amor e crer.

  28. renators

    Também acho a integração lusófona não uma utopia, mas algo que só seria alcançado num futuro muito, mas muito distante. Seria o velho sonho de Dom José I, de Pombal, de D. Pedro I (ou D. Pedro IV) e de Salazar: uma potência lusófona a dominar os dois lados do Atlântico. Parece grandiloquente, mas porque não sonhar ?

    Falaram acima de um complexo de Paris-Hilton da Sra. Maitê. Concordo com isso. Os meios de comunicação de massa aqui do Brasil são um valhacouto de mediocridade intelectual e vulgarização talvez nunca vistas. Verdadeira antas aparecem como comunicadores(as) de televisão, apregoando bobagens, sensualidade feminina barata (mulheres como fruta de feira e carne de açougue), culto ao corpo e não ao intelecto, mal gosto geral, bizarrices e outras nojeiras. Prefiro gastar meu tempo trabalhando, ou navegando na Internet ou entre livros.

    Quanto aos assaltantes de bancos em Portugal, pelo menos lá (em Portugal) não viram “vítimas da sociedade” como aqui. Pelo menos num vídeo do Youtube a PSP mandou bala nuns tipos que tomaram funcionárias de uma agência bancária como reféns (adorei !!!)

    De resto, pesquisei algumas notícias sobre a estupidez da Maitê, e fui informado que o “3” invertido seria um símbolo esotérico…sou muito ligado nisso. Alguém poderia me informar a respeito de tal simbolo ?

  29. renators

    Juca

    Também sei que há racismo em Portugal. Pesquiso coisas portuguesas no YouTube e vejo um tal de PNR, racista e isolacionita, sendo apoiado por um tal de “Mário Malvado” (líder dos “skins” portugueses, que até andou preso).

    Não estou, como brasileiro, a jogar confete nos portugueses, pois não preciso disso. Minha esposa, também luso-brasileira, visitou Portugal quando ainda namorávamos. Gostou do país, mas trouxe relatos de discriminação, tratamento frio e, muitas vezes, informações dadas erradas de propósito.

    Cada uma que faça sua parte. Combato e desencorajo, como posso, o preconceito contra os portugueses aqui (e aqui também há portugueses que cometeram crimes, foram presos, etc – como qualquer povo, aliás); os portugueses que façam sua parte aí em relação aos brasileiros.

    E não deixem de mandar bala em cima de quem pega reféns em assaltos a bancos – não importa qual a nacionalidade. Foi tendo pena dessa gente que o Brasil hoje tem a criminalidade que tem.

  30. Fenix

    Salazar esse nunca pensou nisso esse apenas olhava para imbigo de ditado e por culpa dele estamos como estamos.Para mim até se riscava da historia o seu nome.

  31. há de facto, uma alteração do padrão migratório de brasileiros para Portugal que se observa nos últimos dois ou três anos. Os problemas que – pontualmente – têm ocorrido, são sempre com imigrantes recentes, desta leva.
    Infelizmente, a ignorância leva a confundir a parte pelo todo… é assim em toda a parte e uma das minhas missões (antes solitária, hoje solidária com o MIL) é combater este afastamento e estas ideias preconceituosas.

  32. Filipe

    Por mim, a Maitê Proença, essa nova Borat brasileira, é bem-vinda a Portugal. Bem-vinda para vir buscar as centenas de compatriotas inteligentes e bem humorados que todos os dias enchem as nossas notícias com casos de assaltos violentos e homicídios, e as milhares de não menos inteligentes e bem humoradas prostitutas que, sei de fonte segura, se sentiram profundamente inspiradas pela sua cena do lânguido cuspo na fonte.
    Do país irmão, com votos de felicidades para o seu interessantíssimo programa. Filipe

  33. oeirenses

    resposta a maitê

    Cara Maitê,

    Acabei de ver o teu vídeo a pedir desculpa aqui à malta de Portugal!!
    Tudo jóia miúda.. já vi que és uma garota “légál” e brincalhona, por isso, sei que não levas a mal se te tratar por tu…já somos amigos!!
    Sabes que há uns anos atrás, quando te vi pela primeira vez, soube logo que tu tinhas dois avôs portugueses!! Essa tua beleza tinha de vir de algum lado né?
    Neste momento sinto-me envergonhado de nós (Portugueses) termos ficado tão ofendidos com aquele documentario!! Afinal de contas, o pessoal brazuca é show de bola.. é sempre em festa!! Qual é o problema de um grupo de brasileiras brincarem e gozarem com “gajos” como o Camões e o Vasco da Gama, escarrar para um lago de um Mosteiro que é património mundial, deitar a baixo uma pessoa que não sabia resolver um problema no computador, que pelo que entendi, tu também não sabias resolver … qual é o stress?? Na boa, tudo “légál”, show de bola garota…

    Sabes o que me lembrei???
    Até era giro a malta combinar, tu falares com esse teu amigo camera man e fazemos o seguinte: Eu levo daqui o Rui de Carvalho (um conceituado actor aqui de Portugal) aí ao Brasil e a malta faz um filme caseiro com este guião:

    1º Filmamos o Rui a mijar para os pés do Cristo Redentor e a fazer um V de Vitória como que a afirmar : “estou-te a mijar para os pés e tu não podes fechar os braços para me impedir… estás a ver quem manda ó 7ª maravilha do mundo??”

    2º Outra imagem era o Rui num restaurante a fazer o seguinte pedido: “Oh garçon, arranja-me aí uma dose de Presidente recheado com arroz de coentros (caso não tenhas entendido ele iria pedir Lulas recheadas)…”

    3º Também era “légál”, o Rui gozar um bocado com a vossa história, mas infelizmente, não vai dar porque não é fácil encontrá-la… Espera lá! Já sei… arranjamos um barco e o Rui veste-se de conquistador Português a desembarcar no posto 9 em ipanema gritando o seguinte: “quem sois vós minhas popozudas de fio dental?? e vós seus boiólas de sunga?? Que estaides a fazer assim vestidos na terra que eu descobri??? ide-vos vestir e de seguida ide trabalhar para os campos a apanhar cana de açúcar que é para isso que vocês servem!! (esta é show, não é Maitê??)

    4º Para acabar, o Rui faz um discurso à frente da estátua do Pélé a dizer: “sabem para que é que este “preto” era bom?? para limpar os escarros que os vigaristas dos brazucas mandam para os lagos dos nossos mosteiros lá em Portugal!”

    Vôcê curtiu a ideia Maitê??? Pensei que seria falta de respeito e de educação fazer uma coisa deste género de um país que não é o meu, mas afinal, é uma coisa normal como tu dizes.. é brincadeira.. isto há brincadeiras do carago (como se diz no norte cá da terra)!

    Ah é verdade… muito importante…Depois vendemos isto à rede Globo e eles transmitem isto em horário nobre… Aposto que o Brasil vai ficar inundado em lágrimas de tanto rir!! Afinal de contas como tu disseste, o povo brasileiro, é muito brincalhão! De certeza que vai aceitar que um “manézinho” vá aí à tua terra gozar com a tua pátria!!

    Um beijo pá..

    E aparece mais vezes cá em Portugal. Tenho uma brincadeira que adorava fazer contigo, mas não te conto agora… pronto está bem, eu conto… era esfregar 3 pasteis de nata (aqueles que tu comeste) na tua cara!! Deve ser mesmo o teu género de brincadeira… afinal de contas tu és tão bem humorada! É verdade, traz as tuas amigas do programa porque há pasteis para todas!!

    Beijos pá

    Nota: Usei o nome de Rui de Carvalho sem qualquer desrespeito à sua pessoa, antes pelo contrário, é um símbolo do nosso país daí ser a pessoa exacta para ironizar esta situação.

    Outra chamada de atenção que quero fazer, será o facto de usar a expressão “preto” no ponto 4º. não terá qualquer intenção racial subjacente …será uma forma de ironizar a desplicência com que Maitê trata de alguns temas. Longe de mim querer magoar qualquer tipo de raça…

  34. dulce pires

    sou brasileira e moro em portugal a dez anos e fiquei muito envergonhada com o feito de maite proença so quero perguntar uma coisa , ela cospe assim no chão da casa dela tambem?????????????

  35. Lobe

    Bom dia,

    Realmente o humor da artista não foi feliz, sobretudo na imitação do sotaque, característica cultural de cada povo no uso da língua.

    Mas a afirmação desmedida “desferir um rude golpe nas relações Portugal-Brasil”, e a extrema generalização ao comentar as afirmações da artista como se fossem do povo brasileiro, mostra também intolerância e preconceito de muitos portugueses em relação ao Brasil e aos Brasileiros.

    È como se dissessem:

    – Comportem-se, Brasileiros ignorantes, ou não vamos aceitá-los mais em nossa festa!

    Tal preconceito vem de longa data como, por exemplo, no fato dos portugueses abominarem as piadas de portugueses contadas por Brasileiros como um ultraje contra a honra portuguesa, mas continuarem a fazer piadas de brasileiros, achando isto, desta vez corretamente, como algo sem importância (Lembrando que esta desqualificação do outro pelo humor tem origem na história da relação colonial).

    É um preconceito que se mostra também na sistemática depreciação da literatura brasileira e sua estética, como se os escritores portugueses tivessem a exclusividade da qualidade no uso da língua de Camões.

    É um preconceito que se mostra na crescente xenofobia Portuguesa em relação aos Brasileiros, esquecendo-se de como o Brasil sempre foi uma segunda pátria para levas de portugueses em outras épocas de menos prosperidade em Portugal. Xenofobia que leva toda Brasileira em Portugal, por exemplo, a saber que vai ser taxada de prostituta até prova em contrário.

    É um preconceito que se mostra até na reforma da língua portuguesa, que os brasileiros também não estão gostando, mas que os Portugueses creditam aos brasileiros, sendo que os maiores beneficiados com a padronização da língua serão os próprios portugueses, pela maior facilidade de inserção da língua portuguesa na Comunidade Européia.

    É um preconceito que pode ser percebido até mesmo no tratamento a portugueses que foram agentes históricos importantes para os Brasileiros e que são ignorados em Portugal, como o próprio Cabral.

    Esta desmedida reação ao vídeo revela no povo português, tal como no Brasileiro, também certa “Alma de vira-lata” que em tudo vê uma ofensa e sempre esta preparado para defender-se, até preventivamente, contra o juízo alheio supervalorizado.

    Discordo do autor e acho que as relações entre Portugal e Brasil são bem maiores que este vídeo.

    Torçamos para que deste falso conflito fique a mensagem de que devemos lutar contra os preconceitos nos dois países, para que o Atlântico seja para nós uma ponte e não um muro.

  36. as relações entre Portugal e o Brasil obviamente que não se esgotam neste vídeo. Mas ele não contribui para elas, e é neste campo, prejudicial, pelo enfoque e atenção (imerecida) dessa atriz. Importa não calar o protesto, mas também sem o exagerar, razão pela qual mantive este registo num domínio estritamente pessoal, sem recorrer às instituições em que estou inserido e que poderiam ter-se pronunciado a este propósito.

  37. Frederico

    Alguém acha, que Maitê cuspiria igualmente, como por exemplo o monumento ao Brasil do Senhor de Matosinhos ?

    Não deixa de parecer , uma prática sofista, a tentativa de inversão de papeis:
    Não é Portugal e os Portugueses, que estão em causa: É a Maité ,e o que leva a alguém, a ser assim Racista e Xenófoba.
    O Complexo Vira-lata, não podem tentar colar a Portugal.è um livro de autor Brasileiro , sobre um maneirismo complexo ao Brasil.Incrível, como agora, até isso querem imoputar aqui.

    Meus caros, quem tenta desculpar este acto, e se coloca ao lado, é igualmente Xenofobo.
    Quem aceita por normal, a ofensa a uma nação soberana, como se fora uma coisa ligeira, mostra ou uma falta alarmante de boa educação ou uma mente alienada.

    E o que se vê aqui, em muitos comentários: tentativas de aligeirar o tema.Tentativas de colar aos Portugueses ao que a BRASILEIRA Maitê fez mais suas colegas ,e toda a edição BRASILEIRA da Tv Globo.

    No fundo, tentativa de retirar a razão , por indícios de nacionalismo bacoco. Queria acreditar que um Brasileiro, refutasse se conotar ao RACISMO e XENOFOBIA :
    Mas pela quantidade de pareceres, a tentar defender o indefensável,a tentar virar a mesa ao contrário , mostra que Maitê é apenas um produto não de uma pessoa, mas de uma cultura que ainda vive com complexo Brasileiro de Vira -lata, e promove o ataque a Portugal numa clara LUSOFOBIA.

    Aqui em Portugal, consumimos Brasil de forma descomplexada.
    Perguntem-se porquê …será por vos desejar mal !!?…

    No Brasil, não consomem NADA de Portugal.
    Perguntem-se porquê….se calhar, é por desejar o bem ,e aproximação e conhecimento…não ?Deve ser..deve ser…

    O que este caso Maitê,a nós portugueses nos abriu os olhos: O RACISMO E LUSOFIA , de parte do Brasil.
    Nós que sempre os recebemos tão bem.Nós sempre apetentes ao dito “país irmão”…
    Irmão o carago, quanto muito JUDAS…se isto é povo “irmão” quem deseja a família ?Sempre de costas viradas, sempre com estereótipos.

    Este caso, ajudou e muito..a conhecer o ÓDIO que se vive ao Brasil, de uma complexa-da maneira de se afirmarem pela negação do passado, e a normalização da ofensa e falta de educação como algo normal.

  38. esse “ódio” está muito longe de ser generalizado… existe, assim como existe o “racismo” aqui exemplificado por esta “atriz”, mas é tão minoritário, quanto o é por cá o ridículo PNR…

  39. Frederico

    “esse “ódio” está muito longe de ser generalizado”

    Dou-te os parabens Clovis, por não tentares insuktar a inteligência de ninguem.
    Sabes , mais do que eu, o ODIO que há no Brasil , e LUsofobia…Obem como o tratado de teu compatriota sobre os complexos Brasileiros do Vira-Lata.

    Mais saberás, sobre a violência constante , que é feita nos midia, e no dia-a-dia numa clara Lusofobia….sºão anos e anos, sempre a bater na mesma tecla, e a servir de bode expiatória quer a todos os males do Brasil, bem como uma muleta para uma identidade Brasil acente na negação que não em factores positivos…um grande complexo.

    Percebo, que há muitos interesses , que justificam essa instigação ao ódio contra a cultura Lusa.
    è pensado e consertado.
    Um teu conterrâneo, escreveu de forma lucida sobre isso:
    sic :
    “Ela apenas colocou no vídeo toda lavagem cerebral a que quase toda a população brasileira é submetida há várias décadas, desde a escola primária até quando lê um artigo seu e de outros colegas seus que ainda escrevem para a Folha e outros jornais do gênero.

    Um processo orquestrado, coordenado, de permanente negação das origens, de ataque à auto-estima, de desprezo pelo nosso passado, que em outras palavras, nos quis sempre ensinar a odiar ter sido colônia de Portugal e não da Inglaterra.

    Para quê?

    Ora, para nos fazer aceitar, mais fácil, sermos um tipo de colônia dos Estados Unidos, que “teria tido mais sorte” em ter sido colonizado pela Inglaterra, mas que agora poderíamos “imitar”, sendo colônia da colônia dela!

    Um processo que consiste em falar mal o dia inteiro, do Brasil, pela boca de centenas de “jornalistas” e “colonistas” regiamente pagos por prêmios, concursos e convênios de universidades americanas com seus jornais de origem.

    Um processo que nos leva a odiar ter nomes como Ferreira, Lobo, Oliveira e não Smith, Lee ou Carter.”
    http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16191&alterarHomeAtual=1

    E repara Clovis, eu como Português, não vos quero mal.Mas quem me ataca a minha culta, ofende-me .Voçês ai, até poelos desenhos animados dos Simpson, fizeram um berreiro, por algo muito mais ligeiro.
    Neste caso, a Brasileira Maitê, uma figura pública, mostra a verdade sobre a Xenofobia ás elites Brasileiras, contra a cultura Lusa e contra os Portugueses.
    Penso que, deverias pedir explicações à tua conterrânea, por permitir ao mundo ver o racismo implicita na lusofobia ao Brasil, como um acto constante e não gratuiro.

    Claro está Clovies, que as pessoas simples, fazem pela sua vida e não tem tempo para estes dislates e politicas…mas como bem sabes, a tua conterrânea ao se armar em esperta…deu-se mal, e mostrou de uma forma clara o que já se suspeitava: o Odio pensado e orquestrado contra Portugal

    Ou achas, que alguem com meia dúzia de testa, não estranha o facto, deo Brasil não consumir abslutamente nada do que é feito em Portugal ?
    Só isso, e contrário que se passa em Portugal…mostra quem hage de forma neurotica e quem actua de coração aberto de forma descomplexada..o restos, são bocas de indigentes, que lhes patece aparecer por estes foruns largar veneno.
    A contatação de facto , dessa pouca apetencia de consumo ao Brasil face ao que vem de Portugal, patenteia esse desconforto, essa neuroso, e toda a xenofobia presente de forma clara ou mais subtil, que há ao Brasil faz decadas e decadas, e e´educado nas vossas escolas.
    Como diz o teu conterrâneo :

    “Um processo orquestrado, coordenado, de permanente negação das origens, de ataque à auto-estima, de desprezo pelo nosso passado, que em outras palavras, nos quis sempre ensinar a odiar ter sido colônia de Portugal e não da Inglaterra”

    Se és contra isso, mostra-te.E isso passa, por largar os preconceitos, e nãoo te juntares e defender, quem é RACISTA e LUSOFOBICO.
    OU então, caso contrário: ASSUME-TE de vez como alguem não indeferente à cultura Lusa, mas como alguem contra a mesma….porque não há meio termo.Assume-te.

    E já agora, explica lá, em tuas palavras, o que o teu conterranneo, de forma assumida e corajosa, de forma clara expõe sobre a orquestração contra a Lusofonia.

    Como deves ter percebido.Já não espaço para as ilusões, ou iludir.Está tudo a surgir à tona da água…E sim, o PRN é uma ilusão, mas o mesmo não se passa ao que não negaste: O ODIO BRASILEIRO CONTRA PORTUGAL
    Dou-te os meus parabens, pela hombridade.

  40. sem mais e não querendo dar ainda mais relevo a esta irrelevante “atriz”:
    “E repara Clovis, eu como Português, não vos quero mal”
    É Clavis de Clavis Prophetarum: http://www.portaldaliteratura.com/livros.php?livro=1360
    e sou português, de famílias nunca saídas da “terra chã” dos algarves e alentejos… pelo menos tão longe quanto pude seguir a árvore genealógica.
    e muito orgulhoso desse portento continental que é esse filho de ontem, irmão do futuro, que é o Brasil.
    Apesar de Maitê.

  41. de uma coisa tao insulsa viajaram em outra…esse frederico tà bastante complexado ..Clavis vc sem querer com essa materia piorou a situaçao
    estupidos nacionalismos: atè quando?

  42. provavelmente tem razão, Thiago…
    mas o vídeo de maitê era tão asqueroso que era impossível não ter tomado posição…

  43. Frederico

    Thiago

    Esse resumo que dita, sobre nacionalismo, não chega a ser argumento.
    Se quer trazer algo positivo, à conversa, não o faça por chavões e lugares comuns, e argumente.
    tem muito onde pegar, como por exemplo este artigo de um seu conterrâneo :

    http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16191&alterarHomeAtual=1

    Se pretende silenciar um assunto preemente, compreendo-o pelo desconforto.
    Mas não pode maneatar a discussão, quer do lançamento do artigo, quer da revolta, nem da surpresa da anti-cultura Lusa que grassa no seu Brasil.
    Dizer isso como “nacionalismo”, é tentar tapar a realidade com o eco de alguma ideia pejorativa subjacente.è vedar algo, com um chavão.
    Porque não tenta argumentar algo, e dar o seu ponto de vista, ao invêz de tentar condicionar a livre discussão de ideias com chavões ?
    o que tem a dizer sobre aformação da identidade Brasil , acente na negação de Portugal ?
    Isso sim, era interessante de ouvir .
    Ou tem medo, de revelar o que se passa?
    Acha que é assim, que se resolve algo? Escondendo ?…

    Não me parece razoavel, essa fuga .

  44. Paulo

    Sim, o vídeo foi infeliz e a MaitÊ Proença não é nada intelectual. E eu não o aprovo, de modo algum.

    Agora, eu pergunto: o que é um vídeo destes diante da torrente doentia e irracional de antibrasileirismo que há em Portugal? Diante do ódio que existe aí contra brasileiros, que sofrem coisas que nem os norte-africanos na França enfrentam?

    Antilusitanismo no Brasil? Fora as piadas e um ou outro estereótipo, nunca vi. Devo ser distraído.

    Deixo dois links

    http://aeiou.expresso.pt/e-os-olimpicos-estupido=f540197

    Imaginem se este artigo fosse publicado, com um tom semelhante, falando de Portugal. Os portugueses iriam reagir como loucos, como estão reagindo assim com o video da Maitê.

    É um texto xenófobo e marcadamente contra a união de países de lingua portuguesa. E mostra como o antibrasileirismo está incrustrado na mente e no coração dos portugueses, ao ponto de nem mais o perceberem.

    E vejam o blog do Luis Nassif:

    http://colunistas.ig.com.br/luisnassif/2009/09/21/o-antibrasileirismo-em-portugal/

    Nem é preciso dizer mais nada.

    Aliás, é de se notar que este blog – http://www.movv.org – apesar de ser “pró união lusófona”, deixa passar vários comentários anti-brasileiros, como o do tal Filipe acima.

    Interessante.

    Alguém aí disse que no Brasil não se consome nada do que é Portugues. Sim, é verdade. E os portugueses deveriam agradecer, pois, se os brasileiros em geral soubessem o que ocorre aí, aí sim teríamos ANTILUSITANISMO ferrenho por aqui.

  45. Vou encerrar a caixa de comentários deste artigo.
    Já cumpriu a sua missão e não estou a apreciar alguns rumos que por aqui tenho visto (e que tenho apagado).
    Considerem p.f. encerrada esta questão. A dita atriz acabou também por se retratar publicamente.

  46. Pingback: Maitê Proença tem razão « Ficha Corrida

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: