A Iberia: uma companhia aérea inimiga da língua portuguesa

As empresas de aviação civil que operam em Portugal são obrigadas a cumprir a legislação nacional e a respeitarem a cultura e a língua nacionais. Isso parece evidente a toda a gente. Para poderem realizar as suas operações entre nós recebem um alvará, emitido pela ANA e é a ASAE que é responsável pelo estrito cumprimento da lei nas suas operações.

Isso contudo não acontece sempre… O caso recente da Easyjet – que motivou uma queixa da DECO à ASAR – em que a empresa britânica recusava as reclamações de perda de bagagens que não usassem a língua espanhola ou inglesa foi amplamente discutido nos meios de comunicação. Mas a prática – ou práticas idênticas – são muito comuns em Portugal.

Na última visita que realizei à Galiza, fui forçado a recorrer aos serviços da companhia de bandeira espanhola, a Iberia. Digo forçado porque os seus preços eram inferiores aos da concorrência e porque Madrid na sua eterna sanha que tudo fazer para dificultar os contactos diretos entre a Galiza e Portugal impede qualquer voo direto entre o Porto ou Lisboa e Santiago de Compostela, obrigando todos os portugueses e galegos que se visitam mutuamente a passar antes pela capital “imperial”: Madrid. Ora bem, nessa escala de trânsito, no confuso e lotado terminal de Barajas, os nossos “amigos” castelhanos fizeram-me o favor de dar matéria a este artigo perdendo as malas na ida e depois, novamente, na volta… Depois de horas ao telemóvel, num call center ineficiente, confuso, que só falava castelhano e que me custou uns bons 20 euros em chamadas, as malas lá apareceram.

Obviamente, pelo incómodo pelo dia e meia sem bagagens, pela roupa que teve que ser comprada e pelo dinheiro gasto em chamadas, há que reclamar à Iberia. Mas. Mas esta tudo faz para bloquear qualquer reclamação.

Embora opere em Portugal e tenha que cumprir a legislação portuguesa a Iberia mantêm no nosso país apenas um escritório de vendas. Fazem reservas de segunda a domingo, em português mas – ainda que estejam a vender em Portugal e a portugueses, não se dignam a falar em português fora deste período conforme se constata na sua página web:

“Portugal
Reservas
707 200 000 (Português) De 09:00 a 20:00 horas locais de Segunda a Domingo .
(Inglês e Espanhol) 24 horas de Segunda-Feira a Domingo.”

Mas isto não é o mais grave: se um cliente português quiser apresentar uma reclamação pelo mau serviço prestado, o escritório da Iberia em Portugal não o aceita. Nem aceita um mail, nem um fax nem uma carta. Obriga os clientes portugueses, que comprem e paguem o seu bilhetes em Portugal a uma empresa certificada para operar em Portugal, a enviarem uma carta em inglês ou castelhano, para uma morada em Madrid, onde, naturalmente, a carta há de ter a desatenção merecida….

Assim, há que apresentar uma reclamação junto do Instituto do Consumidor, da ANA e da ASAE:
1. Porque a Iberia não cumpre a lei do consumidor em vigor e recua a apresentação de reclamações em língua portuguesa
2. Porque a Iberia mantém um serviço de venda (Reservas) em língua não portuguesa, em Portugal (o numero verde é de uma operadora nacional)
3. Porque ainda que sejam portugueses uma parcela muito significativa dos seus clientes, a empresa não mantêm a língua portuguesa no seu call center. Algo que seria muito fácil, tendo em conta que na própria Espanha há já 3 milhões de falantes do Português da Galiza (língua galega).

Categories: Lusofonia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Etiquetas: | 10 comentários

Navegação de artigos

10 thoughts on “A Iberia: uma companhia aérea inimiga da língua portuguesa

  1. Fred

    Ola Clavis, discordo um pouco do seu ponto de vista, faria as mesmas reclamações suas, posto que te prejudicaram e não foi pouco, porém e simplesmente não viajaria mais na iberia, em minúscula mesmo, não importando o quanto mais barato ela forneça. Afinal o preço também é um grande componente da qualidade!

    Considero-me o pior tipo de cliente, eu não reclamo nem dou segunda chance, simplesmente procuro outro.

  2. eu funciono no mesmo registo, nota!…
    nunca mais me apanharão na Iberia! raio que os parta!
    mas importa divulgar isto o mais possível e chateá-los com todas reclamações possíveis, só mesmo para os atazanar, que mais não seja!

  3. Fred

    sim sim

    incomodar é preciso, voar não é preciso 🙂

  4. Realmente um absurdo. Pelas materias que vi aqui da pra perceber que a Espanha e as suas empresas agem como uma potencia colonizadora e esmagaora sem respeito pela cultura lusitana.Os portugueses todos os lusofonos deveriam se sentir ofendidos diante dessa arrogancia e imposiçao .Clavis mas o Governo portugues ja presentou reclames ou se queixou diante desse comportmento espanhol?

  5. não que eu saiba…
    bem, o nosso pífio governo (todos) nem sequer reclamam em nome dos 3 concelhos de Olivença que Espanha ainda ocupa apesar de ter assinado a sua devolução!
    E nem mexe uma palha a favor do genocídio linguístico que ocorre hoje na Galiza!
    Então vai pronunciar-se neste caso!?
    Devia… Mas não o fará.
    Não, pelo menos enquanto a tal não for obrigado pelos portugueses.

  6. VALERIA CARVALHO

    GOSTARIA DE DIZER QUE AQUI NO BRASIL APESAR DELES FALEREM PORTUGUES, ELES NÃO TE ATENDEM E TE DEIXAM HORAS NA LINHA. PARA NADA DIZEREM. ESTOU COM UM PROBLEMA SERISSIMO. DIVULGUEM!

    Em 28 Dezembro de 2009,comprei 3 passagens pela IBÉRIA,para viajar em Julho de 2010( Nº da reserva 4N6A4H).Nesta viagem iria eu(68 anos/idosa),minha filha e neta(12anos).Um sonho que me esforcei para realizar,diante do ano difícil que tivemos.
    Só que em Fevereiro 2010,fomos acometidos por mais uma fatalidade.Minha filha no ano passado(Março) iniciou uma luta pela sua vida,fez uma Mastectomia Bilateral(retira dos 2 seios). e diversos tratamentos.Em Fevereiro de 2010 fomos surpreendidas, por um novo tumor,o qual a levou novamente(Março de 2010)a uma internação para retirar e fazer uma nova Biopsia.Nesta mesma cirurgia foi colocado um Expansor mamário.E a mesma se encontra em tratamento.Tornando IMPOSSIVEL a viagem.Pois sou mãe, e tenho que estar ao lado das minhas meninas.
    Como poderia eu/MÃE e minha neta/FILHA viajar em tal situação?
    Tentei por diversas vezes contatar a IBÉRIA,aqui no RJ,e os telefones de contado,são inviáveis.Pois ninguém aqui no RJ atende.E os demais em SP,é uma loteria…. Fora a espera, que ultrapassou mais de 45min.
    a empresa,não possui um canal de atendimento online nem fornece email, para contacto.
    Por fim,consegui contato com a IBÉRIA,expliquei toda minha situação.Pedindo para que me fosse data uma outra possibilidade de data.Pois nós não poderíamos,por motivos explicados a eles,viajar neste ano.
    Informei que disponibilizaria toda a documentação,referente ao estado de saúde de minha filha.
    E eles foram irredutíveis.Dizendo que teria que pagar uma tx se fosse transferir, e a data limite,seria ate 27 Dezembro 2010 E se fosse cancelar perderia 25% do valor da passagem por pessoa, do valor pago.
    Quando comprei os bilhetes, não supunha que tal fato fosse ocorrer.Muito pelo contrario, seria uma comemoração e um presente(surpresa) de fim de ano para elas,e o re-inicio de uma nova vida, para nós, pela vitoria da luta que vinhamos passando.
    Quando comprei o bilhete, não foi em nenhuma promoção, e muito menos com intenção de troca-los.Pois estava certa de que iríamos realizar este sonho.
    Pela posição dos médicos minha filha não poderá viajar este ano,pois seu estado requer cuidados e tratamentos, impossibilitanto o seu afastamento, dos mesmos.E será submetida a uma nova cirurgia em Agosto/Outubro deste ano.
    Como pode-se ver, não se trata de um caso deliberado, e sim de saúde.Pois somos seres humanos, e não temos o poder de evitar tais fatos.
    Eu gostaria que eles me dessem uma opção de data para depois de Março de 2011.Por motivos mais do que óbvios.
    Ninguém esta livre de fatatalidades.
    Por isso venho pedir, a ajuda de vocês.
    Leda Maria Pacheco de Pina Gouvea – valeriagold@gmail.com

  7. Odin Borson

    Prezada senhora,
    peço licença, e quero lhe passar algumas orientações.

    Não sei se a senhora já recorreu a algum desses, mas aconselho a senhora a recorrer ao PROCON, à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), ao Ministério Público, para que algum promotor de justiça abra uma ação judicial contra a ibéria, e publicar na imprensa também, para que ninguém se atreva a não atender a senhora.

    http://www.anac.gov.br/anac/ouvidoria.asp
    http://www.procon.rj.gov.br/
    http://www.mp.rj.gov.br/
    http://www.mpu.gov.br/

    Se tratassem alguém da minha família como trataram a senhora, eu não teria o mínimo de misericórdia, processaria a Ibéria sem dó. Espero tê-la ajudado.

  8. poliana dos santos

    meu deus nunca quero viajar nesta compania iberia meu deus perdi toda minha bagagem com presente roupas carissimas fiquei esperando uma resposta para ver se me dariam alguma resposta e ate agora nada ja vai pa um ano e meio sem as minhas coisas…merda grande merda por isso prefiro a tam ou a gol para voos nacionais e internacionais qualquer um outro.

  9. um ano?!
    não pode exigir o pagamento dos bens perdidos?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: