Angola torna-se num dos maiores fornecedores de petróleo aos EUA

Atualmente e segundo as últimas estatísticas do governo norte-americano, a Nigéria (com 769 mil barris/dia) e a lusófona Angola (com 400 mil barris/dia) seriam respetivamente o quinto e oitavo maiores exportadores de petróleo para os EUA.

Esta origem africana de uma parcela crescente do petróleo consumido pelos EUA revela uma inclinação para quebrar as dependências tradicionais de países do Médio Oriente – que tanto têm condicionado a política externa dos EUA nos últimos anos – e reforçam a influencia internacional de Angola, estando na base de um novo interesse americano pelo país e inclusivamente a recente visita de Hillary Clinton e o seu discurso de “promoção da democracia”, num país onde esta é ainda severamente condicionada pelo predominância social, política e económica do antigo Partido Único e por níveis de corrupção absolutamente incompatíveis com aqueles que se esperam de um país Desenvolvido… O aumento da exposição internacional angolana pode assim ser positivo, ao expor também as fragilidades do seu regime e ao propiciar à sua superação. Algo que, contudo, caberá inteiramente aos angolanos fazer, sendo para isso inúteis (e provavelmente contraproducentes, por invocando discursos “neocoloniais”) todas as pressões que queiramos lançar sobre os angolanos.

Fonte:
http://africasacountry.wordpress.com/2009/08/31/where-do-american-oil-imports-come-from/

Anúncios
Categories: Economia, Lusofonia | Etiquetas: , , | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “Angola torna-se num dos maiores fornecedores de petróleo aos EUA

  1. Luiz Ely Silveira

    Devem, como medida profilática e preventiva, reduzir as importações da Venezuela do caudilho Hugo Chávez. Esse mau elemento do cenário político internacional gasta em armamento absolutamente inútil as divisas obtidas com suas exportações. Enquanto isso, o analfabetismo cresce, o desemprego aparece e a economia padece.

  2. Eles sabem q os arabes esão de olho neles pela questão dos palestinos; é q a qualquer hora poderá ocorrer o bloqueio do escoamentos do mesmo p eles…é como ñ tem + condições de enfrentarem sózinhos outra\ frents de guerra, vide afeganistyão , onde os europeus estão dando o seu sangue; eles estão procurando fideliuzar-se a um só fornecedor…+ vão tomar um susto.Esperem…

  3. Renato Rodrigues da Silva

    Dizem que quando, nos anos 50, foram eufóricos avisa a Salazar de que havia petróleo em Angola, ele botou a mão na cabeça e disse: “Estamos tramados !!!”

    O que falam é que um dos motivos da Guerra Colonial foi isso: cobiça internacional pelos recursos das ex-colônias.

    Será ? A conferir…

  4. Fenix

    Pode ter certeza que estava mesmo tramado!! Para mim foi um dos motivos assim com centralização do poder em lisboa e ele ser ditador com medo do povo se revoltase podia ter criado regioes autonomas e uma união regioes autonomas portuguesas calava a onu nessa altura também teve medo da pequenês.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: