A Easyjet recusa reclamações em língua portuguesa para bagagem perdida em… Portugal

Easyjet: Aqui não se gosta de português.

Easyjet: Aqui não se gosta de português.

A DECO, a Associação para a Defesa do Consumidor, acusou a Easyjet de não cumprir a Lei de Defesa do Consumidor quando recusa receber reclamações em língua portuguesa. A companhia aérea opera a partir de Lisboa, Porto, Faro e Funchal, mas quando alguém tem o azar – não muito raro – de perder as bagagens, então, tem que preencher a sua reclamação em língua inglesa, alemã ou até, em castelhano, apesar destes aeroportos estarem (ainda) em território português!!!…

Da última vez que vi, não era ainda obrigatório a um português dominar uma dessas línguas dos europeus do norte. Mas para a empresa britânica é. Como é possível receberem licença para operarem em Portugal e depois recusarem-se a usar o português? Como poderão dar seguimentos às reclamações dos clientes que não tiverem acesso a um tradutor ou a uma dessas línguas estrangeiras? Querem saber? Se não, como se aceita que continuem a operar nestas condições no nosso país?

Onde está a vigilância e ação do Instituto Nacional de Aviação Civil a conhecida (nem sempre pelas melhores razões) Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE)? Se estes ingleses não querem falar português na nossa terra, então que arrumem as malas (se também não as perderem) e que voltem lá às paragens da “Pérfida Albion”.

Fonte:
http://www.pglingua.org/index.php?option=com_content&view=article&id=1153:companhia-aerea-recusa-reclamacoes-em-lingua-portuguesa&catid=2:informante&Itemid=74

Categories: Lusofonia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “A Easyjet recusa reclamações em língua portuguesa para bagagem perdida em… Portugal

  1. HSMW

    Uma companhia que jurei nunca mais voar tal foi o atraso.

  2. mais uma razão para evitar esses britânicos de um raio…

  3. carildaleitao

    Eu também irei perante a Agência Abreu apresentar a minha reclamação pelo mau serviço prestado pela companhia na hora do embarque no aeroporto da portela pois não percebo o motivo que na hora do embarque foi abordada por uma tripulante que me fez pagar 50€ para poder transportar a mala que levava comigo . e mais ainda tive que ser eu a transportar ate a entrada do avião na ida para a madeira pois na vinda fiz-me acompanhar pela mesma bagagem e nada se passou pelo contrario ficaram indignados com o sucedido pois gostaria de ser esclarecida do mesmo pois acho que tenho o direito de ser reembolsada do meu dinheiro que paguei pois eu acho, que isso deu.se derivado a greve e a tripulante não gostou de estar a trabalhar
    foi para a madeira no dia 15 no voo 7603- 7, 10 vim no dia 21 de Agosto no voo 7608 21, 10
    a única coisa que me deram foi o recibo n 977041
    Carilda leitao

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: