Daily Archives: 2009/09/23

COMUNICADO DO MIL SOBRE AS PRÓXIMAS ELEIÇÕES LEGISLATIVAS EM PORTUGAL

A governação de um país, qualquer que ele seja, deve obedecer sempre a uma visão estratégica. Na perspectiva do MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO, conforme resulta da nossa “Declaração de Princípios e Objectivos”, bem como de outros documentos que temos emitido, essa visão estratégica para Portugal passa por uma progressiva convergência entre todos os países lusófonos, para benefício de todos eles, de todos nós.

Após o estudo dos programas eleitorais dos partidos concorrentes às próximas eleições legislativas, bem como das respostas ao inquérito que realizámos aos mesmos, constatamos que nenhum deles assume essa convergência lusófona como o eixo da sua visão estratégica para Portugal. Há apenas algumas medidas avulsas, como, por exemplo, no Programa do Partido Socialista, a criação do Estatuto de Cidadão da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa), que vai, em parte, ao encontro da petição da MIL que defende o “Passaporte Lusófono”.

Dizemo-lo, note-se, sem com isso querermos entrar no jogo partidário. Do mesmo modo que nos assumimos como trans-nacionalistas, em prol dessa convergência lusófona, assim também nos assumimos como trans-partidários, na premissa de que essa visão estratégica para o país deverá ser assumida, ainda que de forma diversa, por todos os partidos. Difundir essa visão estratégica, eis, tão-só, o que o MIL pretende.

MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO

www.movimentolusofono.org

O MIL: MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO é um movimento cultural e cívico que conta já com cerca de um milhar de adesões, de todos os países lusófonos.
MIL-COMISSÃO EXECUTIVA:
António José Borges, Casimiro Ceivães, Eurico Ribeiro, José Pires F., Renato Epifânio (porta-voz) e Rui Martins.
MIL-CONSELHO CONSULTIVO:
Alexandre Banhos Campo (Galiza), Amândio Silva (Portugal), Amorim Pinto (Goa), Artur Alonso Novelhe (Galiza), Carlos Frederico Costa Leite (Brasil), Carlos Vargas (Portugal), Fernando Sacramento (Portugal), Francisco José Fadul (Guiné-Bissau), Jorge Ferrão (Moçambique), Jorge da Paz Rodrigues (Portugal), José António Sequeira Carvalho (Portugal), José Jorge Peralta (Brasil), José Luís Hopffer Almada (Cabo Verde), José Manuel Barbosa (Galiza), Lúcia Helena Alves de Sá (Brasil), Luís Costa (Timor), Manuel Duarte de Sousa (Angola), Miguel Real (Portugal), Miriam de Sales Oliveira (Brasil), Nuno Rebocho (Cabo Verde), Octávio dos Santos (Portugal), Paulo Daio (São Tomé e Príncipe), Paulo Pereira (Brasil) e Vitório Rosário Cardoso (Macau).

Categories: Movimento Internacional Lusófono, Política Nacional, Portugal | 7 comentários

A decisão do F-X2 foi adiada até 2 de outubro

A força aérea brasileira (FAB) concedeu aos três finalistas do programa F-X2 (Boeing, Dassault e Saab) mais dez dias para apresentarem as suas propostas finais dos 36 caças para a FAB.

A atividade dos representantes da Boeing, Dassault e Saab em Brasília (onde todos têm estado nas últimas semanas) vai então intensificar-se… Até 2 de outubro. Este prolongamento parece resultar das novas propostas – muito competitivas – de norte-americanos e suecos e é surpreendente porque todos esperavam que o F-X2 terminasse em 7 de setembro. Especialmente quando nesse dia Lula e Sarkozy anunciavam publicamente a vitória do Rafale! Mas logo no dia seguinte, Jobim vinha desmentir Lula e garantir que o concurso continuava aberto! Que confusão!… Terá Lula falado cedo demais, ou estarão os brasileiros à procura de obterem mais vantagens da França? Saberemos alguma vez o que realmente se passou?

Fonte:
http://www.flightglobal.com/articles/2009/09/22/332588/brazil-extends-final-bid-deadline-for-fx-2-fighter-deal.html

Categories: Brasil, DefenseNewsPt | Etiquetas: , , , | 5 comentários

Quids S16: Que filme é este?

ssss222

1. Todos os quids valem um ponto.

2. Os Quids são lançados pela manhã. Entre as 6:00 e as 10:00 (Hora de Lisboa)

3. As pistas só serão dadas à hora de almoço (12:30-14:30). Contudo, nesse período do dia seguinte podem ser dadas várias pistas, desde que pedidas por um (qualquer) dos participantes.

4. Só há quids entre 2ª e 6ª (incluindo feriados). Salvo imprevisto…

5. Os Quids terminam quando um concorrente chegar aos 30 pontos.

6. É vivamente desencorajado o uso de vários nicknames para o mesmo concorrente, já que desvirtua o espírito do jogo. Lembrem-se que o IP tudo revela…

Categories: Quids S16 | 7 comentários

Recessão Mundial: O princípio do ocaso dos Cartões de Crédito?

Todos nós já fomos abordados por um daqueles incómodos, mas esforçados, vendedores de cartões de crédito, que pululam nos supermercados e grandes superfícies… Não há muitas pessoas que – como eu – não tenham um ou mais, desses cartões, tal tem sido a pressão mediática e das máquinas de marketing. E se há país no mundo onde esses cartões são mais hiperabundantes, este é os EUA…

A crise nos EUA teve muito a ver com padrões excessivos de Consumo, não sustentados na produção de riqueza e assentes em níveis de endividamento insustentáveis a curto prazo. As empresas financeiras responderam ao quase colapso do mercado dos empréstimos de consumo aumentando o nível de exigência, aumentado as taxas e reduzindo os plafounds dos cartões de crédito. De forma tardia, a indústria do Crédito lá se vai adaptando aos excessos do passado recente…

Até ao final do anos, um corte total de 20% nos plafounds dos cartões de crédito disponíveis nos EUA será feito e mais de metade destes cartões – contas inativas – será cancelado até 2010. Em fevereiro de 2010, entra em vigor a lei que obriga as empresas de crédito a serem mais transparentes e aumentarem as taxas, cobrando obrigatoriamente anuidades… Estima-se que estas medidas – já antecipadas por boa parte das empresas do ramo – reduzam para metade o número de cartões disponíveis nos EUA, que atualmente corresponde a uma absurda proporção de… Cinco para cada norte-americano!

Um tal caminho, sempre em direção a níveis de endividamento crescentes, teria que inevitavelmente acabar por dar na crise financeira e, depois, na recessão atual. É impossível continuar a viver neste tipo de sociedades onde o consumo crescente é alimentado pelo endividamento constante. O Ocidente tem vivido desde a década de 90 de endividamento das famílias e das empresas, para suportar as importações do Oriente. A recessão atual, com a consequente retração do crédito pode criar agora condições para interromper este ciclo vicioso: consumo – dívida. Nos EUA estes sinais são encorajadores… Talvez agora os consumidores ganhem consciência de que não podem continuar a consumir aquilo que não podem pagar com os seus rendimentos… As empresas de crédito, essas, parecem ter já percebido que se querem sobreviver, têm que ser mais contidas… Esperemos agora que o exemplo frutifique no resto do mundo.

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/o-fim-dos-cartoes-de-credito=f533277

Categories: Economia, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | 1 Comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade