Multiplicam-se os avistamentos de Big Foots nos EUA

O famoso filme Patterson: Ainda hoje a melhor prova da existência do Big Foot…

Durante o passado mês de julho de 2009 foram registados várias dezenas de avistamentos do elusivo primata mítico (?) Big Foot. A maioria ocorreu naquela região que se supõe ser o seu habitat preferencial, o sudoeste do Oklahoma.

Alem dos avistamentos, foram também encontrados pelos que parecem coincidir com os que são descritos como cobrindo completamente essa criatura. Os pelos foram encontrados perto da localidade Ludlow por um certo Odell Rose e esperamos agora que sejam submetidos a uma análise de DNA que poderá esclarecer muitos dos mistérios desta criatura, nomeadamente, p.ex. Se tem relação com o DNA já identificado em fósseis chineses do Gigantopitecus o que permitiria dar um argumento muito credível a favor da existência desta furtiva criatura, da qual nunca foram encontradas ossadas, fezes ou mesmo pelos. Algo muito estranho se existem mesmo Big Foots nas florestas norte-americanas em número suficiente para sustentar uma população biologicamente estável.

Fonte:

Mas Alla, junho de 2009

Categories: Mitos e Mistérios | Etiquetas: , | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Multiplicam-se os avistamentos de Big Foots nos EUA

  1. assim como dos discos voadores,da iacumana e de mt outros q

  2. ainda não perdi a esperança de antes de morrer, viver a exposição de um desses grandes mitos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: